Nos acompanhe

Negócios

Renúncia de diretor da Oi colabora para intervenção, diz presidente da Anatel

Publicado

em

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, afirmou nesta terça-feira (3) que a renúncia na véspera do vice-presidente financeiro da Oi é preocupante e agrava a situação da operadora na autarquia, que avalia hipótese de cassar as concessões e autorizações para prestação de serviços da empresa, segundo o G1.

“Preocupa porque o diretor financeiro também tem responsabilidade fiduciária. É um agravante e sendo um agravante colabora para intervenção”, afirmou Quadros a jornalistas durante evento de telecomunicações em São Paulo.

A Oi anunciou na segunda-feira a renúncia de Ricardo Malavazi Martins aos cargos de diretor de finanças e de relações com investidores.

Créditos ficam na RJ

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, negou nesta terça-feira um recurso da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que pretendia ser excluída do processo de recuperação judicial da operadora Oi.

Laurita Vaz nem sequer conheceu o pedido de suspensão de uma decisão anterior, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que incluiu cerca de 10 bilhões de reais devidos pela Oi à Anatel.

Detalhes da decisão ainda não foram disponibilizados pela assessoria de imprensa do STJ.

Mais prazo para assembleia

Na semana passada, a Justiça concedeu à Oi mais prazo para realizar a assembleia de credores para tentar prosseguir com o processo de recuperação judicial. A reunião, que inicialmente estava marcada para 9 de outubro, foi a adiada para o dia 23. Já a segunda convocação acontecerá em 27 de novembro.

A expectativa era de que a empresa apresentasse seu novo plano de recuperação judicial ainda na semana passada, data que também foi prorrogada.

“Alguns pontos ainda estão indefinidos e há grande esforço para buscar uma conciliação, entre esses pontos está a questão dos créditos da Anatel”, afirmou a Oi em nota.

Entenda o impasse

Com dívidas de R$ 65 bilhões, a Oi pediu recuperação judicial em junho do ano passado e até o momento não conseguiu aprovar um plano de reestruturação.

Em setembro do ano passado, a empresa entregou um plano à Justiça, mas ele desagradou os credores. A visão deles era que a empresa exigia um desconto muito alto na dívida e evitava a diluição dos acionistas da empresa.

Desde então, credores e acionistas estão em um impasse. Diversas propostas alternativas foram avaliadas nesse período, sem sucesso.

Recentemente, o presidente da Oi vinha defendendo como solução um aumento de capital de R$ 8 bilhões para a empresa, com aporte financeiro dos acionistas. Ele afirmou, no entanto, que a proposta ainda estava em negociação e que a versão final só estaria pronta “na noite do último dia”.

As ameaças de intervenção da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) na Oi aceleraram as negociações entre acionistas e credores, disse Schroeder em evento na semana passada.

Sem perspectivas de acordo entre credores e acionistas, a agência reguladora poderá retomar a concessão da empresa.

No fim de agosto, a Anatel deu os primeiros passos nesse sentido. Um dos conselheiros da agência propôs ao conselho diretor da Anatel a abertura de um “processo de caducidade das concessões e de cassação das autorizações do Grupo Oi”.

Como o sistema de telecomunicações é uma concessão, a agência pode cassar a autorização da empresa para atuar no setor.

Tanto o presidente da Oi quando o ministro de Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, já disseram publicamente que a possibilidade de a Anatel intervir na companhia cresce a cada dia.

Continue Lendo

Negócios

ParaíbaRádioBlog agora é o ‘Portal da Capital’…

Publicado

em

O ParaíbaRádioBlog, canal de notícias online que existe há cerca de dez anos… ao longo de sua história evoluiu, cresceu e mudou para melhor.

E foi pensando no profissionalismo e numa melhor experiência para os leitores e internautas que, a partir de agora, o seu canal de informações sobre a Paraíba, o Brasil e, também, negócios, se chama ‘Portal da Capital – ONDE O ESTADO SE ENCONTRA‘.

A proposta do ‘Portal da Capital‘ é a de oferecer a você melhorias na experiência do bem informar através de um Jornalismo Investigativo, bem como, da realização de Podcasts e entrevistas com os grandes nomes dos universos político e empresarial, unindo a Paraíba, do Litoral ao Sertão, trazendo, ainda, as notícias mais relevantes de Brasília, a Capital Federal, reforçando a agilidade noticiosa, sem perder o olhar crítico para manutenção da qualidade.

O ‘Portal da Capital‘ está presente nos canais mais relevantes (Facebook, Twitter e Instagram), percorrendo os melhores caminhos e comprovando dia a dia que é neste veículo online onde o acontecimento encontra notoriedade, a notícia encontra a verdade… e onde você encontra a informação!

Sejam todos muito bem-vindos a esta nova era da informação -que começa aqui!, no Portal da Capital!

 

 

Continue Lendo

Negócios

Projeto paraibano fica em 3º lugar nacional no Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora

Publicado

em

O projeto ‘InSocialTec’, aplicado de forma on-line com foco em estudantes dos últimos anos do Ensino Médio da Paraíba, foi um dos vencedores da segunda edição do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora. O anúncio foi feito na noite dessa quinta-feira (12) durante a solenidade de premiação, realizada dentro do Congresso BETT Educar 2022, considerado um dos mais importantes eventos de educação e inovação da América Latina.

Desenvolvido por nove professores, a iniciativa tem o objetivo de aplicar uma metodologia orientada ao empreendedorismo com foco no desenvolvimento de competências na área de tecnologia. Para isso, foram envolvidos conteúdos de áreas como Design, Administração e TIC para capacitar os estudantes em tecnologia e, de quebra, ganharem uma formação empreendedora.

De acordo com o professor de Engenharia Elétrica da UFCG, Danilo Santos, que coordenou o projeto e representou a equipe de professores ao receber o prêmio, mais de 290 alunos concluíram o curso, oriundos de diferentes escolas, cidades e níveis de educação, e mais de mil foram impactados. “Estamos felizes com o reconhecimento estadual e nacional, principalmente porque vemos o empreendedorismo como ferramenta de capacitação, capaz de levar novos saberes e aprendizados aos estudantes. Além disso, comprovamos que a metodologia aplicada foi eficaz e os resultados foram ótimos”, afirmou.

Além do conteúdo didático, foi aplicada uma metodologia de imersão através do método ‘from zero to hero’, no qual os alunos foram incentivados a terem uma ideia utilizando os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU e, em oito semanas, sair da ideia para um conceito ou protótipo funcional. O projeto foi premiado em terceiro lugar na categoria Ensino Médio.

Reconhecimento – Segundo a gerente da Unidade de Educação Empreendedora do Sebrae Paraíba, Humara Medeiros, o prêmio é importante justamente por reconhecer histórias de professores que buscam transformar a vida dos alunos por meio do empreendedorismo. “A Paraíba vem fazendo história. Novamente somos pódio na premiação e isso nos envaidece. É uma grande vitória e reconhecimento do trabalho desenvolvido, além das histórias contadas por esses professores”, avaliou.

O Sebrae, em parceria com o Ministério da Educação, reconheceu o trabalho de educadores que se destacaram na adoção de práticas e metodologias inovadoras de ensino do empreendedorismo para jovens e adolescentes. Em sua segunda edição (a primeira foi realizada em 2020), o Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora se consolida entre educadores como uma oportunidade de desafiar os alunos a enxergarem além do que se vê, com criatividade.

Criado com o objetivo de reconhecer professores de todo o Brasil que incentivem experiências, práticas e iniciativas empreendedoras entre os alunos, o Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora é dividido em cinco categorias: Ensino Fundamental – Anos Iniciais, Ensino Fundamental – Anos Finais, Ensino Médio, Educação Profissional e Educação Superior. Os projetos são classificados por nível – ouro, prata e bronze. No total, foram inscritas cerca de 700 iniciativas.

Sebrae 50+50 – Em 2022, o Sebrae faz 50 anos, depois de percorrer uma história que se confunde integralmente com a evolução dos pequenos negócios no Brasil durante meio século. Para celebrar a data, a instituição realiza a campanha 50+50, em comemoração aos 50 anos e preparação para os próximos 50, na busca de, cada vez mais, fazer o Sebrae que o Brasil precisa e de ser a força do empreendedor brasileiro. Para mais informações, acesse o site www.sebrae.com.br/50mais50.

Continue Lendo

Negócios

Inep e MEC divulgam tendência de procura por EAD e instituição criada na Paraíba é destaque

Publicado

em

Pela primeira vez, o Brasil registrou preferência por cursos a distância. A tendência havia sido prevista, ainda em 2019, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), juntamente com o Ministério da Educação (MEC). Segundo os órgãos, 3,7 milhões de estudantes ingressaram no ensino superior em 2020 e mais de 2 milhões (correspondentes de 53,4% do total) optaram pela metodologia EaD.

Diante dessa nova realidade, é natural que surjam, cada vez mais, instituições focadas na modalidade a distância, conhecidas como ‘Edtechs’. Tratam-se de empresas que usam tecnologia para criar soluções inovadoras na área da educação. No Nordeste, por exemplo, o Grupo Nexus vem se consolidando como um dos maiores da região. “Com oferta de vários cursos, nosso grupo passou a se configurar como o maior em se tratando de empresas e serviços educacionais. Com origem na Paraíba, hoje a empresa é destaque nacional e até internacional, o que nos enche de orgulho”, declarou o CEO do grupo, Alcimar Martins.

Ele destaca que o grupo não trabalha apenas com graduação, mas também com pós-graduação, Educação de Jovens e Adultos (EJA), cursos profissionalizantes e técnicos, por meio de parceria com a instituição internacional Enber University, dos Estados Unidos. Mais de 500 alunos estão fazendo as suas pós internacionais de maneira remota, pela Enber University e a Educa Nexus já conta com mais de 4 mil novos alunos, só no ano de 2022. Na parte de ensino técnico o Educa Nexus trabalha com mais de 20 cursos nas mais diversas áreas, como: Contabilidade, Administração, Edificações, Computação Gráfica, Eletrônica, Eletrotécnica, Marketing, Mecânica, entre outros.

“Não dá para deixar as oportunidades passarem por falta de qualificação acadêmica e na Educa Nexus, você pode pode fazer isso direto da sua casa”, finaliza Alcimar.

Continue Lendo