Nos acompanhe

Brasil

Operação Sorriso comemora 20 anos com procedimentos de enxerto ósseo gratuito

Publicado

em

Nos últimos anos, muitos pacientes saíram da Paraíba em busca das operações. Seleção de pacientes acontecerá no próximo dia 28 de outubro; Cirurgias estão marcadas para o período de 30 de outubro à 02 de novembro; Operados em 2016 têm direito a retorno médico. 

A Operação Sorriso volta à Fortaleza pela 22ª vez para a realização de suas primeiras cirurgias com enxerto ósseo. A missão humanitária na capital cearense deve realizar cerca de 30 cirurgias em pacientes com fissura labiopalatina, que além do novo procedimento – mais complexo – , também incluirá operações regulares de lábio e palato.

A equipe vai fazer a triagem dos pacientes no dia 28 de outubro, a partir das 8h, e as cirurgias acontecem de 30 de outubro a 2 de novembro, no Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS). Para participar, basta comparecer à seleção no dia indicado levando documentos de identificação do paciente e também do responsável (caso o paciente seja menor de idade).

Pacientes e mais um familiar que residem fora de Fortaleza poderão solicitar hospedagem gratuita no dia da seleção. Para eles, a Operação Sorriso também oferecerá transporte do local da hospedagem à instituição de saúde, além de alimentação sem custo. No mesmo dia, os 70 pacientes operados em 2016 poderão retornar para a consulta pós-operatória de 1 ano.

Ao todo, 60 voluntários do Brasil e de outros países, como Estados Unidos e Venezuela, estarão envolvidos no programa. Todos os selecionados possuem experiência em outros programas humanitários da organização e são profissionais de saúde especializados em fissuras labiopalatinas aptos a prestar assistência a pacientes em diversas especialidades, como Cirurgia Plástica, Fonoaudiologia, Anestesia, Psicologia e Odontologia.

Novo procedimento utiliza enxerto ósseo

Há mais de 20 anos, as cirurgias de enxerto ósseo, realizadas a partir da extração de pequenas partes dos ossos da bacia, não integravam a rotina de centros especializados em fissurados. Hoje, elas são procedimentos padrão para casos em que há falta de estrutura óssea próxima à gengiva em pacientes com idade a partir de sete anos que possuem dentição mista.

“Além de ter um protocolo diferente do habitual e de média complexidade, o procedimento exige um pré-preparo ortodôntico para que seja realizado”, explica Dr. Marco Aurélio Gamborgi, cirurgião plástico e presidente do Conselho Médico Multidisciplinar da Operação Sorriso.

A escolha de Fortaleza para a realização das primeiras operações com enxerto ósseo feitas pela Operação Sorriso no Brasil não foi por acaso. “Nossa história no Brasil começou aqui, quando grandes mentes pensaram em grandes soluções. Hoje, nos sentimos orgulhosos e realizados de estarmos concluindo essa etapa final do tratamento com o enxerto ósseo nos pacientes que acreditaram no nosso trabalho, seguiram nossas orientações e chegaram até aqui em condições de realizá-lo”, comemora Ana Stabel, diretora executiva da Operação Sorriso.

Ao todo, já foram atendidas mais de 3,6 mil pessoas em Fortaleza. Os programas realizaram mais de 36 mil consultas e 2,5 mil procedimentos cirúrgicos. Ao longo das 21 missões, a Operação Sorriso construiu uma parceria sólida com o HIAS, que nos intervalos entre os programas humanitários cuidou dos pacientes e proporcionou o tratamento complementar necessário para a reabilitação completa.

“Ficamos muito satisfeitos de ver que os pacientes fissurados de Fortaleza têm uma referência e que os novos nascidos já estão sendo encaminhados diretamente ao HIAS. Porque é somente assim, construindo e fortalecendo a autossuficiência local, que teremos a certeza do encaminhamento correto e poderemos mudar os polos das missões para outros locais, de forma a atingir os mais necessitados no estado”, completa Ana Stabel. A construção dessa força de trabalho foi feita após a Operação Sorriso disponibilizar treinamentos para os médicos locais, que agora passarão a receber conhecimentos para essa nova etapa do tratamento.

Parcerias são fundamentais para que o trabalho seja realizado com sucesso. A Operação Sorriso é patrocinada por empresas como Azul Linhas Aéreas, Johnson&Johnson, White Martins, Abbvie, Alfacomputer, Approach Comunicação Aumund, Bradesco Seguros, Citi, Associação Citi Esperança, Comerc, Comunicare Consultoria de Comunicação, Cristália, Day Pharma, Eu amo papelão, F/Nazca S&S, Hasbro, Icatu Seguros, Infobip, LDS Church, Medtronic, Mundotraduz, Pepsico, Rastru, Rei do Malote, Repsol Sinopec Brasil, Rotary Club – Chácara Flora, Seteco, Schivartche Advogados, The British School e Way Models.

A Associação Brasileira de Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial (ABCCMF), Projeto Genoma, Marinha do Brasil, Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Governo do Estado do Ceará – Secretaria de Saúde, Hospital Infantil Albert Sabin, Associação Beija-Flor/Funface e Lar Amigos de Jesus também são parceiros institucionais da organização. Veja a lista completa no site www.operacaosorriso.org.br.

Continue Lendo

Brasil

Ruy garante mobilização nacional contra projeto que prevê desregulamentação de 30 profissões

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O deputado federal Ruy Carneiro garantiu nessa quarta-feira (25), uma grande mobilização nacional contra a aprovação do Projeto de Lei 3.081/2022, que prevê a a desregulamentação de mais de 30 profissões.

A iniciativa foi construída durante uma reunião realizada pelo Conselho Regional de Administração da Paraíba – CRA e contou com a participação de representantes de dezenas de Conselhos Profissionais e entidades de classe.

“Me comprometo com todos os conselhos de classe e garanto que vamos construir uma mobilização nacional para combater essa ideia absurda proposta pelo PL 3081/2022. Essa iniciativa não coloca apenas em risco as dezenas de categorias de trabalhadores, mas pode gerar uma infinidade de problemas graves para toda a sociedade”, argumentou Ruy.

O parlamentar citou algumas áreas que podem sofrer diretamente e de forma imediata, caso o projeto seja aprovado.

“Imagine o que pode acontecer, caso você deixe de exigir o diploma para quem atua nas áreas de fisioterapia, medicina veterinária, nutrição, administração, psicologia e tantas outras. Em algumas situações, isso coloca em risco até a vida das pessoas. Por isso, meu compromisso é confrontar esse absurdo e fortalecer ainda mais o suporte à todas essas categorias”, finalizou.

Para o vice-presidente do CRA-PB, André Coelho, o apoio do deputado Ruy Carneiro é fundamental para a defesa das prerrogativas dos profissionais.

“Está já é a 2º vez que tentam através de leis extinguirem os Conselhos de Classe. Sempre que precisamos, o deputado Ruy se uniu e liderou essa luta em prol dos Conselhos. Desta vez foram mais longe, tentaram também extinguir profissões.”, afirmou.

A matéria de autoria do deputado Tiago Mitraud está em tramitação na Câmara dos Deputados.

 

Continue Lendo

Brasil

Deputados aumentam auxílio-moradia em mais de 50%; valor chega a R$ 6 mil reais

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Um ato assinado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) nesta segunda-feira (23) e publicado hoje aumentou de R$ 4.253 para R$ 6.654 mil o valor pago aos parlamentares como auxílio-moradia.

O aumento foi de 56% e vale para a legislatura que inicia no mês de fevereiro, quando assumem os deputados eleitos em 2022.

Terão direito ao auxílio aqueles que não utilizam os imóveis funcionais oferecidos pela Câmara.

As informações foram publicadas primeiro pelo site Congresso em Foco.

Como é pago o auxílio-moradia

De acordo com o Congresso em Foco, o benefício pode ser pago em espécie, sujeito a desconto do imposto de renda com alíquota de 27,5%, ou por reembolso de despesa, mediante a apresentação de nota fiscal de hotel ou contrato de locação e recibo de aluguel. Neste caso, é isento de imposto de renda.

A Câmara tem 432 apartamentos funcionais. Atualmente, 364 estão em uso.

Corrida pela reeleição

O aumento do benefício ocorreu durante a corrida pela reeleição de Lira para a presidência da Casa. A escolha da nova mesa diretora está marcada para o dia 1º de fevereiro. O deputado já têm apoio de pelo menos 16 legendas, incluindo a federação PT, PV e PCdoB, do entorno do presidente Lula (PT).

Disputa contra o PSol

Único partido de esquerda a não declarar apoio a Lira, o PSol lançou o deputado federal eleito Chico Alencar (PSOL-RJ) para a disputa pelo comando da Câmara.

Ao anunciar a candidatura, no último domingo (22), Alencar defendeu que o Conselho de Ética apure o envolvimento de parlamentares nos atos golpistas de 8 de janeiro, quando apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro invadiram e depredaram o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Continue Lendo

Brasil

Alexandre de Moraes mantém prisão do ex-deputado Roberto Jefferson

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu nesta terça-feira (24) manter a prisão preventiva do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ). As informações foram publicadas pelo portal G1.

Jefferson foi preso em outubro porque não cumpriu medidas cautelares e também por ter resistido a ordem de prisão, disparando tiros de fuzil contra policiais federais.

De acordo com o ministro do STF, a lei determina a revisão das condições da prisão a cada 90 dias. “A prisão preventiva, portanto, se trata da única medida razoável, adequada e proporcional para garantia da ordem pública, com a interrupção da prática criminosa reiterada”, disse.

O ministro lembrou que investigadores encontraram armas com Roberto Jefferson no momento da prisão. “A gravíssima conduta do preso por ocasião da efetivação de sua prisão nestes autos revela a necessidade da manutenção da restrição da liberdade, eis que Roberto Jefferson mantinha em casa, mesmo cumprindo medidas cautelares, armamento de elevado potencial ofensivo, além de vultosa quantidade de munições, efetivamente utilizadas para atentar contra a vida de policiais federais”, afirmou.

Continue Lendo