Nos acompanhe

Paraíba

Alunos da Rede Municipal participam de Campeonato Latinoamericano de Robótica

Publicado

em

Trinta alunos de seis escolas da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa participam, a partir do próximo dia 7, do Campeonato Latinoamericano de Robótica. A competição será realizada em Curitiba (PR) até o dia 11 deste mês e as equipes da Capital vão disputar em seis categorias.

Entre os projetos que os alunos da Rede Municipal vão levar para a competição internacional estão três protótipos de robôs inspirados na música ‘Olha Pro Céu’, de autoria de José Fernandes e Luiz Gonzaga.

“O nosso projeto é pautado na valorização da cultura regional e a gente começou a trabalhar nele desde o período do São João. Fizemos pesquisas e queríamos homenagear Luiz Gonzaga e a nossa cultura, mostrando as nossas raízes. Para isso, trabalhamos alguns elementos que aparecem na letra da música e fizemos os robôs, que são o sanfoneiro e a bailarina”, explicou uma das monitoras do projeto, Beatriz Araújo.

Alunos da Escola Municipal Antônio Santos Coelho, no bairro da Penha, na Capital, a dupla José Fernandes e João Heslen já são experientes em criação de robôs e competição na área e estão confiantes na apresentação do projeto em Curitiba. “Tô animado porque a gente se preparou muito para essa competição e vai ser bom porque fizemos um projeto bem feito e diferente”, comentou João Heslen.

José Fernandes não esconde a animação em mais uma vez representar os alunos da Capital em um campeonato de destaque internacional. “Já é o segundo ano que participo e é muito bom. Eu tava em casa e de repente os professores ligaram para mim, falando da competição. Fiquei muito feliz e animado em participar mais uma vez”, frisou o garoto.

Projetos são aliados no aprendizado – Com dois anos participando das aulas de Robótica, os conteúdos de Matemática tornaram-se mais fáceis para José Fernandes, estudante da Escola Municipal Moema Tinoco. Ele está entre as centenas de estudantes das 98 escolas da Rede Municipal de Ensino da Capital que participam dos projetos nessa área e sabem que programar um protótipo vai além de aprender sobre programação.

“Gosto da robótica porque a gente aprende que com coisas simples, recicláveis, podemos criar brinquedos, robôs que ajudam nas aulas e também passamos para os outros alunos da escola aproveitar”, disse o garoto. É essa interdisciplinaridade, por meio do ensino da robótica, que é trabalhada nas escolas municipais da Capital.

A secretária de Educação do município, Edilma Ferreira, lembrou que as aulas de robótica são uma ferramenta importante no processo ensino aprendizagem dos alunos da Rede Municipal.

“A robótica inova as aulas e o aprendizado flui de maneira bem mais prazerosa e aí o desenvolvimento do ensino também acontece junto com esse grau de satisfação do aluno em participar dessas atividades. É algo muito importante que tem feito a diferença nas nossas escolas”, destacou a secretária.

Segundo a coordenadora de Robótica Educacional Secretaria Municipal de Educação, Sineide Andrade, os instrutores de robótica desenvolvem as atividades em conjunto com os professores de todas as disciplinas e os projetos desenvolvidos auxiliam também nas aulas dos Centros de Referência em Educação Infantil (Creis), nas atividades de alfabetização, cidadania, entre outros temas.

“Os professores ganham no conteúdo, porque as aulas ficam mais dinâmicas, com os conteúdos de robótica intercalados nas disciplinas, e os alunos ganham no aprendizado, porque a transmissão do conhecimento fica mais prática”, destacou Sineide Andrade.

Alunos da Escola Municipal Duque de Caxias, Thallyson Alexandre da Silva e Ismael Feitosa, ambos de 13 anos, melhoram o desempenho nas disciplinas depois que começaram a participar das aulas de robótica. A última criação da dupla é uma tartaruga que, por meio de um controle remoto inserido em uma lanterna ajuda em atividades lúdicas que estimulam a cidadania. “Depois que a gente participou das Olimpíadas de Robótica ficou mais legal. Esse robô ajuda a gente a aprender e também aos alunos menores do 1º e 2º ano”, afirmou Thallyson Alexandre.

Um dos instrutores de robótica das escolas municipais, Josimar Bertholdo lembra que mais do que incentivar a busca pelo conhecimento, a disciplina estimula também a criatividade dos estudantes e a autonomia deles em saber que são capazes de ir além da caneta e do papel.

“A gente começa sempre explicando o que é a robótica, como ela pode ser trabalhada na prática e, a partir desse conhecimento, os alunos vão ficando curiosos em saber como funcionam as atividades, ficam mais atentos. É um trabalho contínuo que reforça o aprendizado deles nas outras disciplinas escolares, mas também aguça a criatividade. Eles ficam livres para criar o que quiserem”, reforçou o instrutor.

Conquistas – O resultado da implementação da robótica nas escolas da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa aparece em competições nacionais e também internacionais. Desde 2013 os alunos têm se destacado nos eventos da área, como a conquista do primeiro lugar na Competição Brasileira de Robótica (CBR), na categoria “Robocup Júnior Dance Primary”, em Fortaleza (CE).

No Mundial de Robótica (RoboCup 2014), que foi realizado no Centro de Convenções de João Pessoa, a Rede Municipal foi campeã na categoria ‘Super Team’. A equipe Apolo tinha formado uma nova equipe junto com os Estados Unidos e Áustria intitulada Brazilian Circus of the Genius.

Em 2015, os alunos repetiram o mesmo resultado durante a ‘XIX Copa do Mundo de Robótica’, na cidade de Hefei, capital da província de Anhui, na China, os alunos ganharam o troféu de Melhor do Mundo no quesito ‘Interação Humano com Robô’.

No ano passado, as equipes das escolas do município conquistaram o terceiro lugar na XIV Competição Latino Americana de Robótica (Larc), em Recife (PE).

Continue Lendo

Paraíba

Após encontro com parlamentares, João Azevedo anunciará na próxima semana novo líder do governo

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O governador João Azevedo fez mistério sobre quem assumirá a liderança da bancada de situação na Assembleia Legislativa da Paraíba. Em entrevista ao @portaldacapital, João afirmou que a escolha será feita após diálogos com a base e que na próxima semana o anúncio será feito.

“Na próxima semana será  anunciado o líder”, destacou.  João não confirmou a permanência do deputado Wilson Filho na função. “Está sendo discutido, será construído com diálogo”.

Confira vídeo

Continue Lendo

Paraíba

Vereador de oposição acompanha “in-loco” ações do prefeito e reconhece avanços na gestão na Saúde

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O vereador de oposição, Marmuthe Cavalcante, acompanhou, na manhã dessa sexta-feira, as ações da Saúde realizadas pela Prefeitura de João Pessoa. Ele afirmou ao @portaldacapital, que identificou avanços na gestão municipal no Hospital de Trauma de Mangabeira.

O vereador destacou que recebe denúncias relacionadas a saúde e que, por isso, acompanhou as ações na manhã desta sexta. “É prova de que fazemos uma oposição propositiva, proativa. Porque recebemos várias denúncias e encontramos várias questões com problemas. Já checamos e vimos os avanços.”, afirmou Marmuthe.

Confira vídeo

Continue Lendo

Paraíba

PMJP entrega mais de 190 novos equipamentos médico-hospitalares para o Complexo de Mangabeira

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio Burity (CHM) recebeu, nesta sexta-feira (3), 194 novos equipamentos médico-hospitalares que proporcionarão melhorias na assistência prestada aos pacientes. A entrega foi feita pelo prefeito Cícero Lucena e faz parte da reestruturação do serviço, que compreende obras de reforma em vários ambientes, atualização de equipamentos e valorização dos profissionais.

“Estamos em meio a uma caminhada para atingir nosso objetivo de ofertar uma saúde pública de qualidade à população. Fico feliz por, passada a pandemia, estarmos vivendo esse momento de reconstrução da saúde para que ela cumpra o seu papel de cuidar de quem precisa”, afirmou o prefeito.

Ao todo, serão entregues 194 novos equipamentos, sendo: 35 AMBU (reanimador manual) adultos; cinco AMBU infantis; um aspirador cirúrgico; um carro de emergência; 50 estetoscópios adultos; 10 esfigmomanômetros adultos; cinco focos clínicos com pedestal; 30 oxímetros de pulso e 57 camas hospitalares.

O secretário municipal da Saúde, Luís Ferreira, afirmou que a ação marca a reestruturação que vem sendo feita em toda a Rede. “Pegamos uma Rede deficitária, tanto em estrutura quanto em materiais. Iniciamos um grande mutirão de reformas e agora também renovando os equipamentos”, relatou.

De acordo com o diretor geral do CHM, Alexandre César, os equipamentos contribuirão para a qualificação de diversos setores assistenciais do Complexo Hospitalar como urgência, clínica médica, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e bloco cirúrgico. “O recebimento desses equipamentos é de grande importância e impacta na melhoria da assistência ao usuário e maior conforto, bem como no aumento da capacidade instalada de alguns setores”, afirmou.

Nos últimos dois anos, o Complexo Hospitalar de Mangabeira vem passando por uma série de melhorias, que vão desde a estrutura física até o atendimento aos pacientes. Entre as melhorias estão: reforma e climatização da clínica médica e bloco Humberto Nóbrega, climatização do bloco Arnaldo Tavares, reforma do setor de urgência e do CDI (Centro de Diagnóstico por Imagem); aquisição de novos equipamentos como um moderno tomógrafo, monitor multiparâmetro, eletrocardiógrafo e outros; além das qualificações para os profissionais para acolhimento humanizado.

Serviço – O CHM é referência em cirurgia de urgência e emergência de áreas abaixo do cotovelo e abaixo do joelho, conforme pactuação firmada com o Ministério da Saúde. Além disso, também realiza pequenas cirurgias sem internamento, consultas, exames laboratoriais e por imagem, atende urgências psiquiátricas por meio do Pronto Atendimento em Saúde Mental (Pasm), que funciona 24 horas e disponibiliza o Centro Municipal de Reabilitação e Tratamento da Dor (Cendor).

Estiveram presentes à solenidade os vereadores Bruno Farias e Marmuthe Cavalcanti, a secretária executiva da Saúde, Janine Lucena; a diretora de Atenção em Saúde, Alline Grisi; entre outros auxiliares da gestão municipal.

Continue Lendo