Nos acompanhe

Paraíba

Aplicativo incorporado pela CMJP fica entre os três melhores em prêmio nacional

Publicado

em

A iniciativa do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS Rio) ao criar o aplicativo Mudamos, que permite a coleta de assinaturas para fazer valer projetos de iniciativa popular, ficou entre as três finalistas do Prêmio Empreendedor Social 2017, promovido pelo jornal Folha de São Paulo em parceria com a Fundação Schwab, na noite desta segunda-feira (6), em São Paulo (SP).

Ao agradecer o prêmio conquistado, o diretor do ITS Rio, Ronaldo Lemos, lembrou do pioneirismo da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), que foi a primeira Casa Legislativa do País a abraçar o aplicativo para smartphones e tablets.

“João Pessoa teve um papel fundamental porque foi a primeira cidade a olhar o Mudamos e ver que a tecnologia pode trazer um novo tipo de legitimidade para a gente pensar o processo legislativo no Brasil”, discursou Ronaldo Lemos.

“Geralmente, quando o povo se manifesta, ele faz as coisas certas. João Pessoa abraçou isso de uma forma pioneira”, acrescentou, agradecendo ao presidente e ao 1º vice-presidente da Câmara, Marcos Vinícius (PSDB) e Lucas de Brito (PSL), respectivamente, ambos presentes na cerimônia.

Trocar de experiências

Para Marcos Vinícius, a cerimônia foi uma grande oportunidade para conhecer os projetos mais eficientes no país na solução de problemas sociais, haja visto que a premiação reuniu alguns dos melhores projetos do Brasil na área.

“Foi um ótimo momento para trocar experiências e saber, com detalhes, o que empreendedores de todo o Brasil têm feito para tornar o país melhor e que boas ideias podem servir para nossa João Pessoa, a exemplo do Mudamos”, comentou o presidente da CMJP.

Uma dessas iniciativas que Marcos Vinícius conheceu de perto foi o trabalho voluntário de Valdeci Ferreira na ressocialização de presos através de uma metodologia inovadora, que lhe deu o grande prêmio da noite, o de Empreendedor Social do Ano, disputado por cerca de 160 inscritos.

Ferreira disputou o prêmio principal da noite com Bernardo Bonjean, líder da Avante, uma fintech (termo utilizado para o uso de novas tecnologias por empresas do setor financeiro para a entrega de serviços do ramo) que oferece crédito e serviços humanizados para microempreendedores desassistidos pelos bancos, e Ronaldo Lemos, com o Mudamos.

“Tríplice pioneirismo”

Para Lucas de Brito (PSL), a participação da Câmara de Vereadores junto ao Mudamos coroa um “tríplice pioneirismo”: “Primeiro, em 2015, com a Lei 13.041/2015 (de iniciativa do próprio Lucas de Brito), que estipula que Projetos de Iniciativa Popular podem ser feitos de forma eletrônica. Agora, com a nova gestão, encabeçada por Marcos Vinícius, que tirou a lei do papel ao adotar o Mudamos. E também foi pioneira ao realizar, em parceria com o ITS Rio, a primeira Virada Legislativa do país, cujo resultado são os projetos que colhem assinaturas atualmente no aplicativo”, enumerou o 1º vice-presidente da CMJP.

“Tudo isso só vem sendo possível devido ao empenho de cada vereador, cada servidor e da imensa rede de amigos que apoiam essa revolução através da democracia direta. O Mudamos não substitui o parlamento, mas dá legitimidade e fortalece a atuação dos agentes públicos”, conclui Marcos Vinícius.

Continue Lendo

Paraíba

Fora da Assembleia, Raniery não garante disputar a prefeitura de Guarabira em 2024

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Em entrevista ao @portaldacapital, o ex-deputado Raniery Paulino não confirmou que seus planos sejam disputar a prefeitura da cidade natal, Guarabira, nas eleições municipais de 2014. Na suplência do mandato de deputado federal, Raniery destacou que momento é de reestruturação.

Paulino assegurou que irá manter uma agenda em favor das demandas do povo paraibano que ofertou mais de 33 mil votos na disputa por uma vaga na Câmara Federal. “A luta continua, continuo a disposição. Mas, o momento é de gratidão.”, disse ao se despedir das atividades na Assembleia Legislativa.

Ao ser questionado sobre a preparação para disputar a prefeitura de Guarabira, Raniery foi ponderado: “Eu não vou pensar nisso agora. Não seria responsável pensar nisso agora. Eu não assumo e nem nego.”, enfatizou.

Confira áudio

Continue Lendo

Paraíba

TCE responsabiliza ex-prefeitos de Santa Rita por prejuízos de R$ 2.4 milhões aos cofres públicos

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas/PB, reunida em sessão ordinária híbrida, nesta quinta-feira (02), sob a presidência do conselheiro Fernando Catão, julgou irregulares – após análise de inspeção especial, várias obras de engenharia realizadas no município de Santa Rita em 2015, durante a gestão dos ex-prefeitos Reginaldo Pereira da Costa e Severino Alves Barbosa Filho. Eles foram responsabilizados por prejuízos aos cofres públicos na ordem de R$ 2.460.422,94, conforme o voto do relator, conselheiro Fábio Nogueira. Cabe recurso.

A inspeção especial no município de Santa Rita (proc. nº 08203/16), in loco, analisou os aspectos técnicos e financeiros que envolveram a execução de obras e serviços em reformas de escolas e creches da rede pública municipal, bem como drenagem, capeamento e recapeamento asfáltico em diversas ruas da cidade, incluindo na imputação os valores referentes à não comprovação da realização de controle tecnológico de concreto.

Os débitos apurados pelo órgão técnico do TCE e reiterados pelo Ministério Público de Contas foram atribuídos de forma individualizada a cada gestor, ou seja, ao ex-prefeito Reginaldo Pereira da Costa coube a responsabilização pelo montante de R$ 1.587.110,82. Para Severino Alves Barbosa Filho os prejuízos atingem a quantia de R$ 873.312,12. Os valores devem ser ressarcidos aos cofres públicos.

Denúncia – Os membros da Câmara julgaram procedente denúncia formulada por vereadores (proc. nº 16664/20), contra a ex-prefeita de Areia de Baraúna, Maria da Guia Alves, acerca de supostas irregularidades na realização de despesas com auxílio financeiro, referido em doações com base em lei municipal. Por falta de comprovação dos beneficiados, o órgão julgador responsabilizou a gestora e a ex-secretária de Assistência Social, Volffraniad Pinheiro Dias de Sá, pelo montante de R$ 195.211,84. Cabe recurso.

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas/PB é composta pelos conselheiros Fernando Rodrigues Catão (presidente), Fábio Túlio Nogueira, Antônio Gomes Vieira Filho e Renato Sérgio Santiago Melo (substituto). Em sua 2940ª sessão ordinária híbrida apreciou uma pauta de julgamento com 118 processos. Pelo Ministério Público de Contas atuou o procurador Marcílio Franca Filho.

Continue Lendo

Paraíba

Bruno Cunha Lima revela disposição para apararar arestas com vice-governador Lucas Ribeiro

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, afirmou, na tarde desta terça (02/02), em entrevista ao Correio Debate, que irá buscar o Governo do Estado para firmar parcerias em benefício da cidade. O gestor municipal destacou que está em busca de audiência para debater a proposta de um polo logístico para a região.

Em bora tenha sido oposição durante o período eleitoral, o prefeito destacou que o momento é de trabalho e união. “Por parte da prefeitura sempre houve ponte. Nós sempre estivemos abertos e vamos continuar abertos. Até porque todos os municípios precisam de parceria. Infelizmente, nunca houve ponte de lá pra cá”, afirmou Bruno.

Uma audiência já está sendo buscada pela prefeitura de Campina. “A gente vai propor audiência com o governo para apresentar uma proposta de polo logístico para Campina Grande”, revelou.

Confira áudio

Continue Lendo