Nos acompanhe

Paraíba

Cabedelo inicia elaboração do Plano de Mobilidade Urbana

Publicado

em

A Prefeitura Municipal de Cabedelo, por intermédio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), promoveu, nessa terça-feira (30), no auditório do Instituto Paraibano de Educação de Tecnológica (IFPB) no bairro Jardim Camboinha, a 1ª Audiência Pública para o desenvolvimento do Plano de Mobilidade Urbana do município.

A elaboração do documento servirá de base para o planejamento de ações na área de mobilidade urbana em todo município e essa iniciativa visa elaborar o instrumento que servirá de guia para o planejamento de curto, médio e longo prazo e visa a melhoria da mobilidade urbana na cidade e da qualidade de vida dos cidadãos cabedelenses.

Esse conjunto de objetivos e metas buscam estratégias, recursos materiais e humanos que se engajem na promoção de efetivas transformações locais, visando o desenvolvimento da cidade e satisfazendo as necessidades da população residente. A participação popular ligada aos vários segmentos administrativos e econômicos é de imprescindível importância, como destacou o secretário de Mobilidade Urbana, Inácio de Morais.

“Esta audiência pública é motivada pelo desenvolvimento. A lei 12.587 de 2021, que ficou conhecida como Lei de Mobilidade Urbana, determina a elaboração desses planos para cidades com o nosso porte até abril de 2023 e, a rigor, nós já estamos em plena elaboração. E não estamos apenas cumprindo um requisito legal, essa é uma ferramenta importantíssima para o desenvolvimento urbano. Cabedelo cresce a olhos vistos com componentes que serão pesados para compor esse plano. Esperamos ter a contribuição da sociedade civil, da classe política e de todos no acompanhamento da aplicação destas ações independentemente das mudanças nas gestões municipais”, destacou Morais.

A empresa responsável pelo desenvolvimento do plano é a Líder Engenharia & Gestão de Cidades, de Ribeirão Preto (SP), que foi contratada mediante licitação e já possui larga experiência em diversas cidades espalhadas pelo país.

Etapas – Essa etapa inicial da elaboração do plano é o momento onde se faz todo o processo de avaliação da estrutura que existe no município, identificando junto com a população e os técnicos da Prefeitura quais são os principais problemas na área de mobilidade urbana na cidade para se chegar a um diagnóstico.

Será realizada uma série de pesquisas e a partir da conclusão delas e da sistematização desses dados será obtido um raio X do município. Em seguida, na fase de prognóstico, serão indicados projetos e obras que serão necessários em cada área.

Na ocasião desta primeira audiência, foi também lançada uma plataforma chamada Espaço Cabedelo em Movimento, que permite o acesso de técnicos da Prefeitura e da empresa, a todo material informativo, a uma agenda de atividades, bem como, a um espaço de perguntas, considerações e sugestões que facilitam o diálogo entre a população e empresa.

Representante da empresa Líder Engenharia & Gestão de Cidades, Robson Ricardo Resende ficou responsável pela explanação das etapas do Plano durante a audiência pública. O engenheiro sanitarista ambiental também evidencia que a sensibilização da população para participação efetiva no Plano de Mobilidade Urbana é essencial.

“Embora tenhamos uma equipe técnica muito qualificada, a população tem um papel fundamental ao longo do desenvolvimento de todo trabalho, e isso precisa ser feito de forma efetiva, pois quem realmente conhece o município são as pessoas que vivem nele e os técnicos que nele trabalham. Também será muito importante a participação dos vereadores, pois depois das fases de diagnóstico e prognóstico, será elaborada uma minuta de lei que será encaminhada para Câmara juntamente com todos os estudos desenvolvidos, apresentados e aprovados em audiência pública. Vamos frisar o tempo todo que as cidades deverão ser projetadas para as pessoas e não para veículos”, finalizou Robson.

Presenças – A audiência pública contou com a participação de autoridades e de representantes da sociedade civil organizada. Estiveram presentes também o secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Rodrigo Martinez; o diretor do IPFB Campus Cabedelo, professor Lício Romero; representantes da Companhia Docas da Paraíba (Porto de Cabedelo); Marx Castro, representante da Associação dos Condutores de Transporte Complementar de Veículos de Aluguel de Cabedelo (ACTCVAC); Suênio Soares, representante da Associação dos Moradores do Renascer II (ASMORE); e Epitácio Ferreira, Líder comunitário do Jardim Jericó.

Continue Lendo

Paraíba

Deputado Gervásio Maia denuncia golpe aplicado pelo Whatsapp usando sua imagem

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Criminosos estão usando um número de telefone de Brasília e a imagem do deputado federal Gervásio Maia para pedir transferência de dinheiro. O deputado tomou conhecimento do golpe e alertou familiares e conhecidos que não façam depósitos para o número.

“Estão utilizando o número 61 9620-6466 e minha imagem indevidamente para contactar pessoas. Informo que, em nenhuma hipótese, mantenham contato com esta pessoa. É golpe. NÃO respondam, não transfiram valores!
Já acionei a polícia para localizar e punir este golpista.”, registrou o deputado.

Confira publicação

Continue Lendo

Paraíba

Guarda Civil: Prefeitura de Campina garante condições necessárias para a prestação de serviço

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A Prefeitura de Campina Grande ampliou os investimentos na Guarda Civil Municipal (GCM) e vem assegurando as condições necessárias para a prestação de serviço da corporação à comunidade. A garantia foi dada pelo comandante da GCM-CG, Rodolfo Emanuel.

Durante sua recente participação na audiência de discussão da Lei do Orçamento Geral 2023, na Câmara de Vereadores, Rodolfo Emanuel destacou que a Guarda, instalada em nova sede, na Vila do Artesão, dispõe de dois alojamentos com banheiros, cozinha, recepção, almoxarifado, setor administrativo com sala de Coordenação, Gerência Administrativa e Gerência Operacional. A sede atual funciona desde o final da gestão do então prefeito Romero Rodrigues.

O comandante também revelou, aos vereadores e integrantes do Orçamento Participativo, que a base de operações da GCM passará por novas reformas. O objetivo é atender aos pré-requisitos, estabelecidos pela Polícia Federal, no tocante ao armazenamento de armamento letal, já que a Prefeitura está na fase final do processo de aquisição destes armamentos.

Atualmente, o efetivo da GCM/CG possui 46 agentes ativos e 67 alunos que estão passando pelo Curso de Formação da Guarda Civil Municipal, oriundos do concurso realizado pela Prefeitura de Campina Grande, em 2021.

Para a realização do serviço externo e apoio logístico, segundo Rodolfo Emanuel, a Guarda Municipal dispõe de cinco viaturas caracterizadas, sendo duas caminhonetes modelo Ford Ranger e três carros, dois dos quais modelo Renault Fluence e um carro modelo Renault Kwid.

Além disso, a Guarda Municipal realiza seu trabalho diário munida dos equipamentos necessários para o risco derivado de sua atuação: espargidores, algemas, coletes balísticos, fardamento fino e fardamento de serviço, coturnos e já concluindo o processo de armamento com material bélico letal, adquirido diretamente com a fabricante Glock. Serão 100 unidades de arma de fogo modelo G22, calibre 40.

A Prefeitura de Campina Grande está disponibilizando o Curso de Armamento e Tiro, necessário para obter a autorização de utilização das armas letais que estão sendo adquiridas.

Educação

Rodolfo Emanuel pontuou ainda, que GCM está em fase de conclusão de convênio com a Secretaria de Educação (Seduc) para a consolidação do projeto Rondas Preventivas Escolares (ROPE), que consiste no patrulhamento ostensivo com viaturas, além de um trabalho com a comunidade escolar através de palestras, panfletagens e orientações.

Continue Lendo

Paraíba

Efraim comemora nova estação de trem em Cabedelo: “Uma reivindicação que foi atendida”

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Foi inaugurada nesta segunda-feira (5), para fase de testes, a nova estação de trem, chamada de Jardim Camboinha, da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) no município de Cabedelo, em uma ação do mandato parlamentar do deputado federal e senador eleito, Efraim Filho (União-PB), em parceria com a gestão do prefeito Vitor Hugo (União).

Efraim comemorou essa grande conquista para a região. “É uma excelente notícia, que vai garantir qualidade e segurança no serviço para os paraibanos que se utilizam deste modal de transporte diariamente. É essencial para a Cabedelo e região, que tem como meta não deixar ninguém para trás no seu desenvolvimento”, comenta.

A obra é um pedido antigo da população, principalmente dos estudantes do Instituto Federal da Paraíba, que se beneficiarão de mais essa opção de mobilidade urbana local. “Parabéns à gestão do prefeito Vitor, que está sempre pensando em melhorias para o município. Que bom finalizar 2022 com uma novidade tão esperada em Cabedelo”, concluiu Efraim.

A vantagem do trem em relação a outros meios de transporte público é sua regularidade, cumprido o horário integralmente. Os passageiros terão segurança, conforto e, sobretudo, economia de tempo, que se reflete diretamente na melhoria da qualidade de vida, uma conquista que significa mais desenvolvimento e integração para a Região Metropolitana.

Horários de funcionamento:
Esta será a 13ª estação do sistema ferroviário da Região Metropolitana da capital, que fará rotas entre as cidades de Santa Rita, Várzea Nova, Bayeux, Alto do Mateus, Ilha do Bispo, João Pessoa, Mandacaru, Renascer, Jacaré, Poço, Jardim Manguinhos e Cabedelo. O primeiro horário dos trens e VLTs da viagem Cabedelo-Santa Rita, de segunda a sexta, será às 5h49 e a última às 18h55.

Continue Lendo