Nos acompanhe

Negócios

33° Salão do Artesanato é lançado com megaestrutura à beira-mar de Cabo Branco, em João Pessoa

Publicado

em

O Governo do Estado, por meio do Programa do Artesanato Paraibano (PAP), promoveu, nesta sexta-feira (7), em João Pessoa, o lançamento da 33ª edição do Salão do Artesanato Paraibano. O evento, que tem como tema “Toda Arte que Vem do Mar”, vai reunir 400 expositores, de 12 de janeiro a 6 de fevereiro, em uma megaestrutura montada na Orla de Cabo Branco, na Capital. O lançamento foi prestigiado por diversas autoridades e parceiros.

Nesta edição, artesãs que trabalham com matérias-primas do ambiente marinho, como escamas de peixe e cascalho de marisco, serão as homenageadas, conforme o governador João Azevêdo prometeu. As artesãs são dos municípios de Pitimbu, Cabedelo e João Pessoa.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, que representou o governador João Azevêdo e a primeira-dama do Estado e presidente de Honra do PAP, Ana Maria Lins, disse que a retomada do Salão do Artesanato de forma presencial traz boas expectativas. “A retomada desse Salão de maneira presencial é um sopro de esperança,  cria uma expectativa de que dias melhores virão, fortalecendo cada vez mais a produção artesanal aqui na Paraíba”, disse, elencando as ações do Governo do Estado em outros setores e agradecendo a parceria com a Prefeitura Municipal de João Pessoa.

A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, destacou a importância do Salão no calendário de eventos do Estado. “Cada Salão é esperado com muita expectativa, principalmente depois da pandemia. É um momento do contato entre o artesão e o público, gerando boas vendas e valorização de seu trabalho. Quero parabenizar o governador João Azevêdo e a presidente de Honra do Programa do Artesanato, Ana Maria Lins, pelas ações em prol do segmento e também ao nosso artesão, à nossa artesã, por ter entendido a necessidade das restrições por conta da Covid-19 e por ter acreditado que este momento chegaria”, destacou.

Por sua vez, o coordenador do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Curimataú e Seridó (Procase), Aristeu Chaves, comentou que a realização presencial do 33° Salão representa um momento de felicidade para o segmento. “A pandemia trouxe um momento muito difícil para o artesão e artesã do nosso Estado. Na produção, até ele os artesãos conseguiam. No entanto, a restrição sanitária tornou muito difícil a comercialização. E é por isso que este momento está sendo tão comemorado”, afirmou.

O secretário executivo do Empreender-PB, Fabrício Feitosa, parabenizou as ações do Governo do Estado em prol do artesanato e também os artesãos que participam do Salão. “É um momento de celebração depois de tudo que enfrentamos por conta da pandemia. Parabenizar o governador João Azevêdo pelas ações que adotou a favor do segmento”, comentou.

Já o secretário executivo de Turismo de João Pessoa, Ferdinando Lucena, disse que, ao mesmo tempo em que fomenta renda, o Salão do Artesanato ajuda na divulgação das riquezas da Capital, fato evidenciado pelo tema desta edição do evento. “A temática desta edição é o mar, e nada mais importante que esta parceria com o Governo do Estado, oferecendo ao artesão a possibilidade de grandes vendas no mês de janeiro”, afirmou.

O diretor financeiro do Sebrae-PB, Neto Franco, falou da importância da parceria com o Governo do Estado. “O Sebrae está de mãos dadas com o Governo do Estado, visando o sucesso desse evento, que começa nesta quarta-feira, dia 12. Esse Salão é um momento ímpar tanto para nós que fazemos o Sebrae quanto para os empreendedores”, observou.

Prestigiaram ainda o lançamento a curadora do Programa do Artesanato Paraibano, Janete Lins; a presidente da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), Naná Garcez; o presidente da Cagepa, Marcos Vinícius, entre outros auxiliares do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Homenagens e novidades – Com O tema “Toda Arte que Vem do Mar”, a 33ª edição do Salão do Artesanato Paraibano vai homenagear artesãs que produzem a partir de matérias-primas do ambiente marinho, a exemplo de conchas de marisco e escamas de peixe, conforme promessa do governador João Azevêdo ainda no primeiro ano à frente do Governo do Estado.

Oriundas dos municípios de Pitimbu, Cabedelo e João Pessoa, o que não falta é expectativa nas artesãs e sentimento de gratidão, como ressaltou a artesã de Cabedelo Teresa Júlio: “A gente sempre teve vontade de ser homenageada. Foi quando, no último Salão presencial, sugeri ao governador João Azevêdo e ele prometeu que na próxima edição as artesãs marisqueiras ganhariam essa homenagem. Estamos muito felizes e nos sentindo ainda mais valorizadas”, disse.

Outra artesã que não esconde a alegria pela homenagem é Lia Caju, do município de Pitimbu. “O nosso artesanato, feito a partir da nossa primeira fonte de sustento, que é o mar, ser homenageado num evento desse tamanho não tem palavra que explique. Somos só alegria”, ressaltou.

A temática desta edição criou oportunidades para a participação de novos talentos, como Josicleide Francelino, do bairro Renascer, em Cabedelo. “A responsabilidade veio em dobro: participar do Salão e ser homenageada junto com as minhas colegas. Vou oferecer o melhor a quem visitar o Salão”, disse.

Além da ambientação por conta do tema, o Salão do Artesanato Paraibano vai contar ainda com um espaço em homenagem à renda renascença, que vai ser decorado com uma grande réplica do Centro  de Referência da Renda Renascença e do Artesanato (Crença), localizado em Monteiro, no Cariri paraibano, e entregue pelo governador João Azevêdo, em parceria com a Prefeitura do município, em novembro do ano passado.

Com uma megaestrutura à beira-mar de Cabo Branco, o 33° Salão do Artesanato Paraibano será um grande local de encontro entre famílias e amigos, sejam paraibanos ou apenas que visitam a cidade.

O horário de visitação será das 16h às 22h, de 12 de janeiro a 6 de fevereiro. A entrada será  gratuita mediante a apresentação da carteira de vacinação contra a Covid-19, sendo facultativa a doação de 1 kg alimento não perecível, resultado de uma parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Humano e o Hospital Padre Zé.

O Salão do Artesanato Paraibano é uma realização do Governo da Paraíba e do Sebrae-PB em parceria com o Empreender-PB; Empresa Paraibana de Comunicação (EPC); Companhia de Água e Esgotos da Paraíba  (Cagepa); Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB); Junta Comercial do Estado da Paraíba (Jucep); Procon-PB; Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc); Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep); Prefeitura Municipal de João Pessoa; e Arquidiocese da Paraíba.

Continue Lendo

Negócios

Unimed Dia a Dia faz uma surpresa para clientes; veja como foi

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Saborear um sorvete contemplando o mar ou assistir a uma apresentação musical. Essas experiências simples e corriqueiras podem ser difíceis de realizar, principalmente, para quem está se tratando de um problema de saúde.

Pensando nisso, o serviço de atenção domiciliar da Unimed João Pessoa, o Dia a Dia, está ajudando os pacientes a realizarem pequenos desejos. Tudo isso com autorização médica, muita cautela e segurança.

REALIZAÇÃO DO DESEJO

Recentemente, Maria Solange Freire, 58 anos, que está acamada por conta de uma escoliose grave e desde dezembro precisou ser traqueostomatizada, realizou o desejo de ver o mar. A equipe do Dia a Dia providenciou tudo para que ela fosse para a calçadinha de Tambaú, acompanhada da sua irmã, Rosângela Duarte, 64 anos. Lá, juntamente com a equipe de saúde, elas ficaram contemplando o mar por uma hora.

Segundo Rosângela, a sua irmã ficou muito emocionada. “Foi uma excelente iniciativa até para a saúde mental. Minha irmã estava há quase um ano sem sair de casa e sem ver o mar que ela tanto ama”, afirmou.

AGRADECENDO A VIDA

Outro desejo atendido foi da paciente Maria Delza de Macedo, 82 anos, que estava se recuperando de uma cirurgia no fêmur. No encerramento do tratamento, dona Delza pediu para que tocassem uma música no violão para ela. A música escolhida representa toda a alegria de viver “O que é, o que é?”, de Gonzaguinha. Muito grata pela assistência, a paciente agradeceu a toda a equipe do Dia a Dia.

MAIS DO QUE REABILITAÇÃO

Pequenas atitudes como estas fazem a diferença na atenção e no cuidado com o paciente. Para o gestor do Unimed Dia a Dia, o médico Marcelo Gentil, cuidar da saúde não diz respeito apenas à reabilitação de um estágio de doença ou alcançar a cura do paciente. “Medicina é muito mais do que remédio ou realizar uma cirurgia. O alvo da equipe de saúde deve ser devolver à vida, em todos os sentidos, ao paciente”, enfatizou.

Sempre que um paciente expressa a sua vontade e tem condições clínicas para que seja realizada, a equipe do Dia a Dia não mede esforços para que o desejo do paciente se torne realidade.

Continue Lendo

Negócios

Procon-JP fiscaliza lojas dos shoppings na Operação Brinquedo Seguro

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A Operação Brinquedo Seguro da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor fiscalizou, nesta terça-feira (04), as lojas que comercializam brinquedos e artigos infantis instaladas em shoppings da Capital. A inspeção se estende até a próxima sexta-feira (07) e vai visitar diversos estabelecimentos comerciais localizados em diferentes bairros.

O objetivo da fiscalização é verificar se os produtos destinados ao público infantil, bastante procurados neste mês de outubro devido à comemoração do Dia das Crianças, estão em conformidade com o que prevê a legislação. O Procon-JP inspeciona a aplicação de um check list de leis, a exemplo das especificações que devem conter nas embalagens e que são previstas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A operação também está fiscalizando a precificação dos produtos.

De acordo com o secretário Rougger Guerra, é imprescindível verificar, além do selo de qualidade do Inmetro, se o brinquedo traz na embalagem informações como a faixa etária a que se destina o artigo. “As informações que devem constar nas embalagens devem estar escritas em português, ainda que o produto tenha sido fabricado no exterior. As instruções de montagem e de uso devem ser legíveis e compreensíveis. Se isso não ocorrer, é uma irregularidade”, ressaltou.

Rougger Guerra salienta que a fiscalização de artigos infantis é uma necessidade nessa época do ano porque algumas irregularidades podem, inclusive, afetar a segurança e a saúde das crianças. “Como se trata de produtos destinados ao público infantil, inclusive os da primeira idade, todo cuidado é pouco para que não se torne um problema. A operação é uma questão de segurança”, frisou.

Atendimentos do Procon-JP

Sede: Avenida Pedro I, nº 473, Tambiá;
Telefones para orientação e dúvidas: 0800 083 2015
Procon na sua mão: (83) 98665-0179
Transporte público: (83) 98873-9976

Confira imagens:

Continue Lendo

Negócios

Neste final de semana: Zé Lezin chega ao Teatro Paulo Pontes dias 07, 08 e 09

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O humorista Nairon Barreto leva seu personagem Zé Lezin para a copa do mundo com três apresentações nos dias 07, 08 e 09 de outubro às 20h no Teatro Paulo Pontes em João Pessoa. Ele interpreta o personagem Zé Lezin há 33 anos, contudo, a cada espetáculo, ele incorpora novidades. Neste show, intitulado de “Zé Lezin na Copa e na Cozinha”, o humorista pretende brincar com a Copa do Mundo. Os ingressos podem ser adquiridos no site Ontickets com valores a partir de R$ 50 e na loja Herrero (Manaíra Shopping).

No show Zé Lezin colocará o em sua forma mais poderosa de humor, brincando com o tema do momento: A Copa do Mundo. E o “matuto” vem com bagagem suficiente para falar do assunto, porque seu intérprete Nairon gostava de jogar futebol na sua infância, no bairro dos Expedicionários. “Era um tempo dos melhores, jogávamos em campos de chão batido, com bola de plástico, e descalços”, comenta saudoso “Zé Lezin”.

Para estas apresentações ele redigiu causos e piadas com temas relacionados à Copa do Mundo, mas podendo passar pela cozinha, com anedotas que resvalam do tema central do espetáculo. “Acho que este show será ótimo como aperitivo e como relaxante para quem fica tenso esperando os jogos do Brasil”, explica Nairon.

Zé Lezin é um dos recordistas de público aqui no Nordeste, e já tem uma relação de amor com seu público. Com seus cinco CD’s e dois DVDs, o personagem de Nairon Barreto já chegou a TV Globo, quando foi destaque no programa “Escolinha do Professor Raimundo”, produzido e apresentado por Chico Anysio, padrinho e mestre de Nairon e fez participações especiais na Rede Record, no “Show do Tom” e no programa da Ana Hickmann.

“Zé Lezin, na Copa e na Cozinha” | Data, hora e valor
Local: Teatro Paulo Pontes / Espaço Cultural
Endereço: Rua Abdias Gomes de Almeida, 800 – Tambauzinho, João Pessoa
Programação: sexta-feira (07), sábado (07) e domingo (08) às 20h
Ingressos: R$ 100 (inteiro) e R$ 50 (meia entrada)
Vendas: https://www.bilheteriadigital.com/ze-lezin-na-copa-e-na-cozinha-07-de-outubro
loja Herrero (Manaíra Shopping)
Informações: (83) 9888-4845

Continue Lendo