Nos acompanhe

Paraíba

Empresário querem subsídios para evitar aumento da passagem de ônibus na Capital

Publicado

em

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de João Pessoa (Sintur-JP) reforça a necessidade de implementação de subsídios do governo à tarifa para que o valor não seja repassado aos passageiros. Atualmente, o preço da passagem está em R$ 4,15 e não sofre reajuste há 24 meses. Em João Pessoa, o transporte público (ônibus coletivo) é custeado apenas por quem usa o serviço, o que não é mais realidade em diversas cidades do país.

Segundo dados atualizados neste mês pela Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU), 56 sistemas já aportaram subsídios para reduzir o desequilíbrio econômico financeiro dos contratos e evitar o encarecimento da tarifa. No Nordeste, capitais como Fortaleza-CE (R$ 32 milhões repassados durante o período de maio a dezembro de 2021, além de R$ 2 milhões mensais), Recife-PE (até R$15 milhões mensais) e Teresina-PI (1,2 milhão mensais) já contam com subsídios.&nbsp ;

A forma atual de custeio do transporte coletivo vem sendo questionada e discutida há tempos. Com a implementação de subsídios, que são apoios monetários para o desenvolvimento da atividade, seria possível investir num sistema de transporte mais eficiente e benéfico para a sociedade.

De acordo com o Sintur-JP, não é justo que o passageiro pagante arque sozinho com a tarifa do setor.

“Este modelo de custeio do transporte coletivo em vigor aqui em João Pessoa, em que apenas os passageiros pagantes arcam com todos os custos, já não se sustenta mais, principalmente após a pandemia, quando a queda no número de passageiros foi acentuada. O poder público tem de agir de forma urgente, reconhecendo que é o principal agente responsável pela viabilidade do sistema, sob pena do transporte por ônibus não mais se recuperar. O transporte coletivo é o único modal capaz de prover as necessidades de deslocamentos da população com volume, capilaridade e modicidade, com impactos mínimos no trânsito e n o meio ambiente”, afirmou o Isaac Moreira, diretor institucional do Sintur-JP.

As empresas de ônibus estão sendo pressionadas pelos custos da atividade. Com os constantes aumentos do diesel, reajustes salariais dos trabalhadores do setor e arcando com as gratuidades do sistema, as empresas ainda operam no prejuízo agravado pela pandemia, pois os passageiros ainda não voltaram a usar o serviço como antes. Em João Pessoa, o número de passageiros transportados era de 5,58 milhões/mês antes de pandemia e agora é de 3,20 milhões/mês, uma queda de 43%.

Na capital paraibana, o transporte coletivo atualmente está contando com uma redução tributária, que é importante. A Prefeitura Municipal concedeu desconto de 50% no valor do Imposto Sobre Serviço (ISS), mas que não é suficiente para conter a grave crise econômica e financeira pela qual passam as empresas de ônibus, de acordo com o Sintur-JP.

Prefeitos vão em busca de subsídios federais

Em ofício da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), vários gestores de capitais e grandes cidades pediram uma reunião com o presidente da Jair Bolsonaro para tratar sobre proposta de subsídios para socorrer o sistema de transporte público, que se encontra em crise em todo o país. O objetivo é evitar que as tarifas subam e onerem o bolso do passageiro. Uma das propostas é a criação de um subsídio para a gratuidade dos idosos.

A NTU estima que os prejuízos acumulados conjuntamente pelas empresas que operam os serviços de transporte público por ônibus urbano em todo o país e pelos poderes públicos concedentes já alcançam R$ 21,37 bilhões desde março de 2020.

 

Continue Lendo

Paraíba

São João de Cabedelo terá como atração o Trem do Forró, em 2022

Publicado

em

O prefeito de Cabedelo, no Litoral Norte da Paraíba, Vitor Hugo, vai anunciar, nesta quinta-feira (19), a programação dos festejos juninos da cidade. Na oportunidade, será lançado o Trem do Forró, um projeto fechado com a agência Nova Receptivo, empresa com sede em Campina Grande.

De acordo com esta matéria publicada pelo Turismo em Foco, a CBTU-JP – Companhia Brasileira de Trens Urbanos deve disponibilizar uma locomotiva com quatro vagões, que passarão por um processo de caracterização a exemplo da Locomotiva do Forró, um dos principais atrativos do São João de Campina Grande, que partia aos sábados para o distrito de Galante. Esse roteiro era comercializado pela Nova Receptivo.

A saída do Trem do Forró será na Estação Ferroviária, no Varadouro, em João Pessoa, seguindo para Cabedelo, onde será montada uma estrutura para atender os turistas e paraibanos, com shows e quadrilhas juninas, além de venda de bebidas e comidas típicas. O passeio deve ter uma duração de cerca de 50 minutos. Estão reservadas três sábados para esse roteiro. A hora de saída e retorno, assim como o preço do ingresso ainda não estão fechados.

A Nova Turismo também já está comercializando passaportes para o Ônibus do Forró, em Campina Grande, para o período junino. Esse roteiro tem características culturais e turísticas, já que, durante o passeio, as pessoas receberão informações sobre os roteiros pela cidade.

Continue Lendo

Paraíba

Calvário: STJ concede benefício a Gilberto Carneiro e Coriolano Coutinho para se ausentar sem aviso

Publicado

em

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu conceder habeas corpus ao ex-procurador-geral da Paraíba, Gilberto Carneiro, ao irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, e ao ex-secretário de Educação do Estado, Arthur Viana, para se ausentarem da capital paraibana sem pedir autorização à Justiça.

A decisão foi proferida pelo relator da Operação Calvário no STJ, ministro Sebastião Reis. Os três conseguiram o benefício que já foi dado a outros investigados na Operação Calvários, como o ex-governador Ricardo Coutinho.

Confira decisão

Continue Lendo

Paraíba

Tenente Rebeca acredita que sertão da Paraíba será decisivo nas eleições deste ano

Publicado

em

A Tenente Rebeca, pré-candidata à deputada estadual na Paraíba, declarou, nesta semana, que acredita no poder decisivo do sertão do estado em relação às eleições deste ano. Para ela, o povo sertanejo está, cada vez mais, consciente e vê o processo eleitoral de forma mais madura. “Os moradores estão desconfiados e descrentes com os políticos que, ainda, tentam ganhar credibilidade com falsas promessas”, declarou. Desta quinta-feira (19) ao domingo (22), a Tenente estará em algumas cidades do sertão, com intuito de ouvir as pessoas e produzir conteúdo para o seu canal do Youtube e as redes sociais.

“Só o povo pode dizer o que é melhor para ele e ele está cansado de falar, de criar esperanças e depois ficar desiludido”, complementou. A Tenente passará pelas cidades de Itaporanga, Coremas, Texeira, Princesa Isabel, Cajazeiras, Sousa e Patos. “Tenho ido muito ao sertão e vejo que, aos poucos, as pessoas estão mudando em relação à política. Sou criada no sertão e percebo um comportamento diferente quando comparo há 10 ou 15 anos”.

Evento esportivo
No último fim de semana, um dos compromissos da Tenente Rebeca foi acompanhar o Campeonato Norte-Nordeste da Associação Liga de Futebol dos Advogados do Brasil (ALIFA), que levou a Paraíba a subir no pódio duas vezes, uma com o time masculino da CAAPB (1º lugar) e outra com o feminino (2º lugar geral). Mais de mil advogados e advogadas participaram do torneio que teve cinco categorias: Livre; Master; Super Master; Legends; e Feminino.

Continue Lendo