Nos acompanhe

Paraíba

Manoel Isidro lamenta morte do jornalista e auditor fiscal aposentado Sitônio Pinto

Publicado

em

O ex-presidente do Sindifisco-PB (Sindicato dos Auditores Fiscais do Estado da Paraíba) e atual pré-candidato à Câmara Federal, Manoel Isidro, lamentou a morte do jornalista, escritor e publicitário paraibano, Otávio Augusto Sitônio Pinto, que partiu na terça-feira (21/06), aos 77 anos de idade, em decorrência do Mal de Parkinson.

Sitônio registrou passagens em vários veículos de Comunicação na Paraíba, tinha vários livros publicados e era membro da Academia Paraibana de Letras (APL).

Isidro, através das redes sociais, homenageou ao jornalista, que também era historiador e auditor fiscal aposentado.

Perdemos ontem Sitônio Pinto, este grande escritor e jornalista que contribuiu com a imprensa paraibana.

Sitônio também era Auditor Fiscal aposentado, além de historiador e membro da Academia Paraibana de Letras. Seu legado na comunicação, na literatura e na cultura e história paraibana jamais será esquecido!

Meus sentimentos aos familiares.

Confira imagem:

Continue Lendo

Paraíba

Chió comemora parceria com Prefeitura de Pilões e o Governo da PB que rende frutos para populares

Publicado

em

O deputado estadual Chió (REDE) comemorou os resultados da parceria realizada com o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Pilões para levar benefícios para o povo pilonense.

De acordo com o parlamentar, a parceria rendeu a a construção de uma nova escola no valor de R$ 1 milhão; a aquisição de um ônibus escolar que custou R$ 250 mil; e, o investimento no valor de R$ 240 mil para a aquisição de tablets para estudantes da rede municipal de ensino.

“Ao todo, já são mais de R$ 2 milhões destinados para educação dos Pilonenses”, afirmou Chió.

Confira o vídeo:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Chió (@eusouchio)

Continue Lendo

Paraíba

Convênio entre BNB e UEPB viabiliza pesquisa sobre uso de coagulante orgânico no tratamento da água

Publicado

em

Por meio do Edital Água e Saneamento, do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci), do Banco do Nordeste, a Universidade Estadual da Paraíba recebeu apoio para iniciar, ainda esse mês, pesquisa para análise da recuperação de águas do reservatório do Açude Epitácio Pessoa. O diferencial do estudo será o uso de compostos químicos orgânicos (coagulantes) derivados de plantas da Caatinga, como Jurema Preta, Angico e Cajueiro. A pesquisa ocorrerá num período de 24 meses e recebeum aporte de R370 mil, em recursos não reembolsáveis do Fundeci, para realização das análises e custeio de bolsas de estudo.

O projeto “Recuperação de Reservatório de Abastecimento Eutrofizado do Semiárido: Produção e Aplicação de Coagulantes Orgânicos Derivados do Bioma Caatinga” será conduzido pela professora Weruska Brasileiro, do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e conta também com a participação da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). As atividades da pesquisa serão realizadas na Bacia do Rio Paraíba, nas cidades de Boqueirão, Cabaceiras e Campina Grande.

A eutrofização das águas resulta de processos de poluição com despejo de resíduos provenientes de atividades humanas, que deixam a água de rios e lagos com coloração turva e com baixos níveis de oxigênio, comprometendo todo o ecossistema aquático. O grupo de pesquisa da UEPB é o único do Nordeste que possui a expertise em coagulantes orgânicos com o bioma da Caatinga. Com a proposta, pretende atuar para a recuperação da qualidade das águas por meio do uso de novos coagulantes.

“Já temos duas patentes de coagulantes e, durante a pesquisa, pretendemos obter outras duas. Serão realizadas ações bastante inovadoras, além de utilizarmos materiais que não agridem a natureza, como é o caso do uso de metais pesados comumente utilizados em casos de combate à eutrofização”, explicou a professora Weruska Brasileiro.

Para o Banco do Nordeste, a pesquisa deve contribuir para ações inovadoras e sustentáveis que possam ser replicadas em áreas de enfrentamento de processos semelhantes. “O projeto prevê a divulgação dos resultados em comunidades rurais. Nossa expectativa é de que surjam novas oportunidades de negócios para produtores no semiárido, com o fornecimento de matéria-prima originada da Caatinga para empresas que fabricam coagulantes orgânicos”, explica o gerente José Rubens, do Ambiente de Programas Especiais e de Fundos de Pesquisa.

A assinatura do convênio foi realizada no mês de junho (15) em Campina Grande, com presença da reitora Célia Regina Diniz, equipe de pesquisadores e do agente de desenvolvimento, Artur Luiz Cordeiro, representando a Superintendência Estadual do Banco do Nordeste.

Continue Lendo

Paraíba

Guarda Municipal reforçada garante abertura do São João Multicultural de JP sem ocorrência policial

Publicado

em

A abertura do São João Multicultural de João Pessoa, nesta terça-feira (21), não registrou ocorrências policiais. O saldo positivo se deve ao reforço da atuação da Guarda Municipal, por meio da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb) que, juntamente com outras forças policiais, está atuando na segurança dos festejos juninos na Capital.

O esquema de segurança para a festa foi planejado com antecedência pela Semusb em parceria com Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), conforme reforça o secretário de Segurança Urbana e Cidadania do Município, João Almeida.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado do primeiro dia de festa, zeramos qualquer ocorrência policial, nenhum tipo de violência foi registrada, isso se deve ao esquema de segurança que montamos em parceria com a Secretaria de Segurança do Estado. Quero parabenizar todos os servidores envolvidos neste trabalho, em especial ao efetivo da Guarda que tem se empenhado mais e mais em cada missão” disse João Almeida.

Nos três pontos de abertura e saída do evento as equipes da Guarda realizavam a vistoria com detector de metal, evitando a entrada de objetos cortantes ou mais letais, garrafas de vidro também foram recolhidas, dentro da arena a maior presença do efetivo dos agentes de segurança, bem como em todo o entorno do evento, fizeram o diferencial na festa.

“Contamos com a experiência do nosso secretário João Almeida que não mediu esforços para pensar e fazer acontecer esse esquema de segurança que resultou numa festa linda e segura como tem que ser e como o cidadão merece” concluiu Vitor Freire, comandante da Guarda Civil Metropolitana de João Pessoa.

Confira imagens:

Continue Lendo