Nos acompanhe

Paraíba

Barraqueiros destacam expectativa para principal semana da festa no ‘Maior São João do Mundo’

Publicado

em

O Parque do Povo (Quartel General do Forró) chegou ao momento mais esperado do evento: a semana de São João. Há toda uma expectativa para o ápice d’O Maior São João do Mundo, não apenas para os organizadores, mas também para os barraqueiros e ambulantes que fazem parte da festa.

Para uma semana com uma programação que passa por Dj Alok, Assisão, Juliette, Mari Fernandez, Biliu de Campina e o tradicional show de Elba Ramalho, a expectativa é a melhor possível em termos de público e faturamento.

Os barraqueiros e ambulantes presentes no Quartel General do Forró aguardam animados a grande movimentação na principal semana d’O Maior São João do Mundo.

“A ‘Cada Mergulho é Flash’ está há quase 30 anos aqui no Parque do Povo, nesse mesmo local. Preparamos um bom estoque das bebidas que têm mais saída aqui. O faturamento está ótimo!”, comentou Vera, proprietária da barraca.

O empresário Marcelo, dono do tradicional restaurante Manoel da Carne de Sol, que existe na cidade há seis décadas e está presente no Parque do Povo há 17 anos, comemorou os resultados d’O Maior São João do Mundo.

Segundo ele, depois de dois anos de pandemia, a cidade está mais do que preparada para fazer O Maior e Melhor São João do Mundo de todos os tempos.

“Campina Grande se preparou, Campina Grande está bonita, Campina Grande está recebendo as pessoas com carinho, o Parque do Povo está lindo e nós vamos fazer o maior São João da história de Campina. Nossos preparativos começaram no mês de maio e estamos prontos para receber as pessoas que vêm ao Parque do Povo, com muito zelo e carinho, e proporcionar o que temos de melhor na nossa culinária. O movimento está excelente, não poderia ser melhor do que isso”, comemorou Marcelo.

O tradicional Point do Caldinho também está preparado para receber o grande público nesta semana de véspera de São João. Elielva Lucena, proprietária da barraca, afirmou que espera bater todas as metas.

“Dobramos a quantidade de material para os caldinhos, porque a demanda essa semana é bem maior, Desde o início do São João está muito bom, não só para mim, mas para todos os comerciantes”, reforçou.

A baiana Jari, do Acarajé da Jari, também fez tudo em dobro para a véspera de São João. “Sempre achei que seria um super São João. Esta semana a gente faz tudo em dobro, traz mais gente pra trabalhar e se prepara mesmo. A expectativa de público é o dobro do que vem costumeiramente. Desde o primeiro dia eu já notei a diferença. Foi um ‘boom’ e já disse para que veio”.

Fábio Cardoso, dono da barraca BarRil, parabenizou a Medow Entretenimento e Cultura pelo empenho em montar a estrutura do Parque do Povo em tempo hábil e proporcionar aos barraqueiros as condições para o trabalho.

“A Medow está de parabéns. Não falta nada! O que falta para mim é espaço, porque todo dia, graças a Deus, a minha barraca está lotada”, brincou Fábio.

Confira imagens:

Continue Lendo

Paraíba

Estado destina R$ 1,9 mi para São João de Bananeiras, Patos, Monteiro e Santa Luzia, mas zera em CG

Publicado

em

A destinação de recursos estaduais para festas juninas, na Paraíba, sempre foi motivo de polêmica. Historicamente algumas prefeituras reclamam da falta de incentivos, enquanto outras comemoram. Este ano, o Governo do Estado destinou R$ 1,9 milhão para quatro cidades paraibanas que realizam tradicionais festejos juninos.

Mas, de acordo esta matéria originalmente publicada pela coluna Pleno Poder, que é assinada pelo jornalista João Paulo Medeiros, o ‘Maior São João do Mundo’, de Campina Grande, não recebeu patrocínio estadual.

Extratos dos contratos publicados no Diário Oficial mostram que o São João de Bananeiras, por exemplo, recebeu R$ 700 mil em patrocínio. Já em Patos e Monteiro o valor é de R$ 500 mil para cada um dos eventos. Nos três casos, os festejos são gerenciados por empresas privadas, assim como ocorre em Campina.

 

 

Já para o São João de Santa Luzia, no Sertão, foram R$ 200 mil investidos – conforme a Secretaria de Cultura do Estado. Nesse caso, um convênio foi firmado diretamente com o município.

 

Diante da falta de recursos destinados ao Maior São João do Mundo, o Governo tem dito que investe nos serviços de segurança, saúde e também através do Programa Empreender.

Foram R$ 2 milhões disponibilizados em forma de empréstimo para os barraqueiros do Parque do Povo. Dinheiro que será pago, posteriormente, pelos barraqueiros. Em Campina o Governo também realiza o Salão do Artesanato, assim como faz em João Pessoa.

As duas teses, cá entre nós, não justificam a falta de patrocínio para a maior festa de São João do país. Primeiro porque os serviços de segurança e saúde também estão presentes nas demais festividades (Bananeiras, Patos, Monteiro e Santa Luzia). Depois, é preciso considerar que os recursos do Empreender, como já disse, serão pagos pelos barraqueiros. Ou seja: não podem entrar na ‘conta’ de investimentos.

E mais: o Governo do Estado, independente das cores das gestões envolvidas, dá um tiro no pé ao não apoiar com recursos a festa de Campina. O ‘Maior São João do Mundo’ é quem leva, de forma bem mais significativa, o nome da Paraíba para o restante do país. E é quem, também, impulsiona mais substancialmente a economia paraibana.

A festa, portanto, precisa ser tratada como um patrimônio do Estado!

Assim como fazem os pernambucanos…

Em Caruaru, este ano, são R$ 3,5 milhões investidos pelo Governo do Estado na festa. Por aqui, ficaremos com os serviços de segurança e saúde.

Outro lado

Ao Blog, o secretário de Cultura do Estado, Damião Ramos Cavalcanti, disse que a destinação dos recursos atendeu a critérios técnicos e considerou as necessidades de cada cidade.

“Foi criada uma Comissão técnica para avaliar. No caso de Campina o Estado entra com recursos bem mais significativos, do que nas outras cidades, para manter a Segurança e na área da Saúde”, justificou o secretário.

Além das cidades tradicionais, o Estado também destinou R$ 433 mil para o São João na Rede. O evento aconteceu em 12 cidades paraibanas. “Não houve São João tão bem apoiado como este deste ano”, lembrou Damião Ramos.

Continue Lendo

Paraíba

Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em 53 cidades da PB atingidas pela estiagem

Publicado

em

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), reconheceu a situação de emergência em 53 cidades da Paraíba que enfrentam a estiagem. A portaria com os reconhecimentos foi publicada na edição desta quinta-feira (2) do Diário Oficial da União (DOU). Clique aqui para acessar.

A medida é válida para as seguintes cidades:

Água Branca
Aparecida
Barra de Santana
Belém do Brejo do Cruz
Bernardino Batista
Boa Ventura
Bom Sucesso
Bonito de Santa Fé
Brejo dos Santos
Cachoeira dos Índios
Cajazeiras
Cajazeirinhas
Carrapateira
Catolé do Rocha
Conceição
Condado
Coremas
Curral Velho
Diamante
Emas
Imaculada
Jericó
Joca Claudino
Juru
Lagoa
Lastro
Mãe D`Água
Marizópolis
Monte Horebe
Nazarezinho
Nova Olinda
Olho D’Água
Pedra Branca
Piancó
Poço Dantas
Poço de José de Moura
Pombal
Riacho dos Cavalos
Santa Cruz
Santa Helena
Santana dos Garrotes
São Bentinho
São Bento
São Domingos
São Francisco
São João do Rio do Peixe
São José da Lagoa Tapada
São José de Caiana
São José de Piranhas
Sousa
Triunfo
Uiraúna
Vieirópolis

Como solicitar recursos

Após a concessão do status de situação de emergência pela Defesa Civil Nacional, os municípios atingidos por desastres estão aptos a solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada. As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Capacitações da Defesa Civil Nacional

A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD, a partir do Plano de Capacitação Continuada em Proteção e Defesa Civil. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo. Confira neste link a lista completa dos cursos de capacitação.

Continue Lendo

Paraíba

Prefeitura realiza obras e garante ações nas áreas da Saúde, Educação, Social e Agricultura em Sapé

Publicado

em
A Prefeitura de Sapé vem desenvolvendo intervenções de infraestrutura por todo o município com o objetivo de garantir melhorias no dia a dia da vida dos sapeenses. Nos últimos 30 dias, a gestão municipal transformou a cidade em um verdadeiro canteiro de obras e desenvolveu ações importantes nas áreas da saúde, educação, social, agricultura, além de garantir um reforço na economia local com o pagamento antecipado da folha de junho e a previsão do pagamento da primeira parcela do décimo terceiro no mês de junho.

Para o prefeito Major Sidnei, o trabalho na gestão municipal não para e acontece por todo o município. “Temos o compromisso de garantir uma vida cada vez melhor para nosso povo e só conseguiremos se unirmos infraestrutura com as de ação sociais, bem como garantindo assistência aos sapeenses nas áreas de educação, saúde e também da nossa agricultura. A gestão é compromissada com a população e com o trabalho realizado sempre forma transparente e cada vez mais perto do povo”, disse.

Na Infraestrutura, a gestão garantiu a aquisição de uma Motoniveladora que contou com investimento de R$ 800 mil, sendo R$ 500 mil de emenda do deputado estadual Felipe Leitão, e uma contrapartida de R$ 300 mil do Tesouro Municipal. Também acontecem no município obras de travessias urbanas e pavimentação asfáltica de 2 km que contaram com a ajuda do deputado Felipe Leitão e dos deputados federais Efraim Filho e Gervásio Maia, além do Governo da Paraíba.

Ainda na infraestrutura, a gestão faz a reforma da Escola de Marau, na zona rural, realiza Operação Tapa Buraco e faz a adequação de ruas para iniciar o asfalto com apoio do Governo do Estado. Já são 12 ruas concluídas e uma em fase de conclusão. O município também conta com mais R$ 228 mil para iniciar o calçamento de mais duas ruas no Portal 2.

Na Saúde, a Prefeitura realizou a requalificação da Recepção do Hospital Sá Andrade e Base Centralizada do Atendimento de Urgência e Emergência (Samu), garantiu a instituição do Previne Brasil, que aumenta o acesso e o atendimento nas unidades de saúde no município, e ainda entregou equipamentos e dois veículos para serem utilizados em prol da população.

Na Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer a gestão municipal garantiu a realização do Festival de Quadrilhas Juninas da Zona da Mata e do Vale do Mamanguape – Parceria com Liga das Quadrilhas da Zona da Mata e do vale do Manguape (Com os municípios de Jacaraú, Rio Rinto, Mamanguape, Itapororoca, Marí e Sapé), além da abertura do Programa Tempo de Aprender e o planejamento didático escolar.

As ações da Secretaria de Desenvolvimento Social têm garantido a melhoria da qualidade de vida dos sapeenses que necessitam de um olhar especial do poder público. Entre as ações desenvolvidas pela pasta estão: o Auxilio Brasil, o PAA, o combate ao Trabalho Infantil, promoção do Dia D contra exploração ao trabalho infantil e do Dia D contra Contra Violência a idosos. A secretaria também foi responsável em garantir a Integração Sedes e Patrulha Maria da Penha, além de participar do XXII Encontro do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social.

Agricultura – A agricultura também recebeu atenção especial da gestão municipal, sobretudo durante os últimos 30 dias. A Secretaria de Agricultura garantiu, em parceria secretaria de Desenvolvimento Social, a instituição do Programa Alimenta Brasil (PAB) e ainda a liberação de tratores para ajudar no corte da terra. A pasta também está concluindo, junto com o Incra, o georeferenciamento onde será feito a titularização das áreas rurais, além de garantir o suporte na distribuição de sementes para os agricultores.

Administração e Finanças – Na Secretaria de Administração e Finanças, o trabalho também não para. A pasta tem trabalhado no controle sistemático dos contratos para chegada dos recursos e sua devida execução e também na garantia do pagamento das folhas de pessoal. Este mês, o prefeito Major Sidnei determinou o pagamento da folha antecipadamente, injetando R$ 8 milhões na economia local, e ainda anunciou a antecipação da primeira parcela do 13° salário para o dia 12 de julho, injetando mais R$ 4 milhões na economia.

Controle Interno – Pasta importante para o bom funcionamento da gestão de forma transparente, o Controle Interno, também realizou ações que beneficiam o município e sobretudo a gestão. Participou do Primeiro Encontro da Controladoria Geral; de Capacitação de servidores em Workshop sobre pesquisa de preço em licitações; elaboração dos manuais para contratação de bens e serviços comuns  (Compras comuns de todas as secretarias), de manuais de contração para obras e serviços de engenharia (padronização de contratos).

A pasta também foi responsável pelo treinamento e auditoria das secretarias de Saúde, Administração e Infraestrutura com objetivo de verificar procedimentos e criar mecanismos de controle para garantir a economicidade dos recursos públicos. Também criou um Comitê gestor para que todas as licitações e contratações sejam analisadas de modo que as contratações observem as leis orçamentárias e atendam ao cumprimento de metas de cada secretaria.

Confira imagens:

Continue Lendo