Nos acompanhe

Paraíba

Procon-JP fiscaliza aumento oficial dos combustíveis e encontra gasolina entre R$ 6,950 e R$ 7,490

Publicado

em

O preço da gasolina comum nos postos da Capital está oscilando entre R$ 6,950 (Ferrari – Centro) e R$ 7,490 (Big – Tambaú), com diferença de R$ 0,54, variação de 7,8% e média de R$ 7,193 para pagamento à vista. Foi o que registrou pesquisa de combustíveis realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, nesta terça-feira (21), em 109 postos da Capital. Em comparação com a pesquisa do último dia 15, o menor preço subiu R$ 0,01 e o maior R$ 0,20.

O Procon-JP também está fiscalizando a aplicação dos índices de reajustes anunciado pela Petrobras para o dia 18 de junho (com a gasolina subindo 5,18% e o diesel 14,26% nas refinarias), a fim de evitar aumentos irregulares e a cobrança antecipada em estoques antigos.  “O Procon-JP está verificando a aplicação desses aumentos no preço praticado junto ao consumidor. Os postos que estiverem cometendo alguma abusividade responderão às sanções previstas na lei, a exemplo de multas”, informa o secretário Rougger Guerra.

Ainda em relação à gasolina comum, o preço praticado na modalidade cartão de crédito está oscilando entre R$ R$ 6,970 e R$ 7,490. A pesquisa ainda constatou que o produto aumentou de preço em 102 estabelecimentos e se manteve em sete em relação ao levantamento da semana passada. Já a gasolina aditivada, o preço oscila entre R$ 6,980 (Extra Petróleo – Mangabeira) e R$ 7,690 (Shopping Bessa – Bessa), diferença de R$ 0,71, variação de 10,2% e média de R$ 7.373.

Álcool – O preço do álcool também registrou aumento, saindo de R$ 5,430 para R$ 5,450 (Ferrari – Centro), com o maior se mantendo em R$ 5,990 (Setta – Alto do Mateus), com média de R$ 5,687, diferença de R$ 0,54 e variação de 9,9%. Se comparado à pesquisa do dia 15 de junho, o preço do etanol aumentou em cinco postos, reduziu em seis e se manteve em 95.

Diesel – Se comparado à semana passada, o menor preço do diesel S10 subiu R$ 0,10 e está sendo praticado a R$ 6,890 (Estrela – Geisel), com o maior aumentando R$ 0,70, sendo comercializado a R$ 7,990 em 29 postos, com média de R$ 7,657, variação de 16% e diferença de R$ 1,10. Treze estabelecimentos mantiveram o preço do produto e 87 aumentaram em comparação com a pesquisa anterior.

O preço do diesel comum também registrou alta, com o menor saindo de R$ 6,690 para R$ 6,790 (Raniere Mazzili – Cristo) e o maior de R$ 7,090 para R$ 7,690 (Elesbão – Água Fria e Pichilau Gauchinha – Distrito Industrial), com média de R$ 7,283.

GNV – O Gás Natural Veicular (GNV) vem mantendo a oscilação desde o último mês de maio e está sendo praticado entre R$ 5,350 (em 8 postos) e R$ 5,490 (Bancários – Bancários), com diferença de R$ 0,14, variação de 2,6% e média de R$ 5,370. Todos os 11 postos que revendiam o produto mantiveram o preço em relação à pesquisa anterior.

Clique aqui ou aqui e confira a íntegra da pesquisa.

Continue Lendo

Paraíba

Fundac realiza ação integrativa nas unidades socioeducativas para comemorar o São João

Publicado

em

Forró, quadrilha junina, comidas típicas, declamações, pescarias, brincadeiras e decoração temática deram o tom da alegria dos festejos juninos para jovens e adolescentes, seus familiares, direção, servidores, técnicos, docentes e agentes nas unidades socioeducativas do Estado. Esta ação integrativa junina junto às famílias visa, principalmente, o fortalecimento dos vínculos familiares  e acontece aliada a um calendário integrado das unidades à Diretoria Técnica da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice de Almeida’ (Fundac).

O presidente da Fundac, Flávio Moreira, em visita à unidade Semiliberdade, durante a celebração junina, expressou carinho por todos enfatizando a responsabilidade que tem com a socioeducação no sentido de trazer de volta o interno ao convívio familiar. “Espero que estejamos irmanados na missão de socioeducar e devolver para a sociedade e para as famílias os seus filhos e suas filhas”, pontuou. Para Moreira, essa é a função da Fundac e sua missão confiada pelo governador João Azevêdo, que é a socialização de comunidade, socioeducandos, socioeducadores e todo corpo técnico da Fundação.

Para a coordenadora do setor de Abordagem Familiar e Comunitária (responsável pela ação), Taíza Gomes, famílias e internos presentes numa ação dessas de reintegração social significa o êxito desse processo socioeducativo e isso só se faz junto dos familiares. “Então vocês são o motivo de hoje estarem aqui reunidos”, disse para as famílias.

Taíza também destacou o empenho e o compromisso dos professores e a gestão das três escolas socioeducativas cidadãs (Almirante Saldanha, Mestre Julio Sarmento e a Escola Cidadã Integral Técnica Francisca Martiniano da Rocha, de Lagoa Seca), que executam em conjunto com a Fundac esse projeto, que tem por objetivo o fortalecimento dos vínculos familiares. “A gente sabe que não é fácil, mas é necessário para que seja trilhado um novo caminho”, afirmou. Aos familiares ela falou da importância de tê-los juntos, “porque de nada adianta o empenho de todo mundo se o compromisso maior não for com os familiares”.

De acordo com o calendário da ação integrativa, a primeira unidade a realizar a festa foi o Centro Educacional do Adolescente-Internação Provisória – CEA/JP, seguido do Centro Socioeducativo Edson Mota (CSE) e Centro Socioeducativo Rita Gadelha. O encerramento se deu nesta quarta-feira (22), no Centro Educacional do Jovem-CEJ. Todas as unidades ofereceram um café regional contendo comidas típicas comuns neste período junino ao som de trios de forró compostos por professores e internos das várias unidades. No domingo último, os festejos tomaram conta dos internos, familiares e servidores do Complexo Lar do Garoto e Internação Provisória, em Lagoa Seca, e na terça-feira também aconteceram as celebrações juninas com familiares no Centro Educacional do Adolescente/CEA/Sousa e Semiliberdade.

Cada unidade contou também com a presença das direções, corpo técnico (Assistentes Sociais, Psicólogos), servidores, agentes socioeducativos, professores (as), coordenadores pedagógicos, ECIS e convidados.

Confira imagens:

Continue Lendo

Paraíba

Gripe canina: saiba como proteger o seu pet no período de inverno

Publicado

em

Com a chegada do inverno, muito se fala sobre o aumento dos casos de gripe na população, mas um outro grupo que também é afetado pelas consequências das baixas temperaturas, são os cães, com a gripe canina. Os donos dos cãezinhos devem observar os sintomas, assim como estarem sempre auxiliando o bem-estar e a saúde do animal por meio de uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos, por exemplo. Por isso, é preciso estar atento aos principais sintomas, que são: febre, apatia, coriza, tosse insistente e espirro, perda de apetite, olhos avermelhados, cansaço e dores no corpo.

O coordenador do curso de Medicina Veterinária do UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau em João Pessoa, Eulâmpio Neto, enfatizou a importância da vacinação e dos cuidados necessários para evitar que os pets fiquem doentes nesta época do ano. “A gripe canina é transmitida pelo vírus Influenza A, por meio do contato com um animal doente. Neste período de inverno, é mais propenso desenvolver a doença devido à queda da imunidade e a facilidade da proliferação do vírus com a umidade do ar. Por isso, a vacina é essencial. A primeira deve ser feita com 80 dias de vida do bicho, depois deve ser realizada anualmente. Isso não significa que ele não será infectado, mas auxilia a não desenvolver algo grave”, pontuou.

Além disso, o coordenador ainda explica que a gripe canina não é transmissível para os humanos. Segundo ele, isso não acontece, pois são hospedeiros diferentes, não havendo transmissão entre as duas espécies. 

Confira imagens:

Continue Lendo

Paraíba

Vila do Artesão: PMCG e Campina FM apresentam Johnny Garotinho e Seu João, nesta sexta-feira

Publicado

em

Em mais uma programação do Estúdio 93, da Campina FM em parceria com a Prefeitura de Campina Grande por meio da Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde), a animação nesta sexta-feira, 24, fica por conta de Johnny Garotinho e Seu João. A apresentação está prevista para começar a partir das 17h, na praça de alimentação da Vila do Artesão, localizada na avenida Almeida Barreto, s/n, no bairro de São José.

Para atender melhor o público, a programação na praça de alimentação da Vila do Artesão teve seu horário ampliado. A animação começa a partir das quintas-feiras, sempre com a apresentação de dois trios de forró tradicional, com início a partir das 14h e vai até o domingo. Todas as programações são abertas ao público gratuitamente.

Os chalés da Vila do Artesão também sofreram alteração em seu horário de funcionamento neste período junino, para melhor atender aos turistas. O espaço estará aberto das 10h às 19h. Além do forró, que está ocorrendo na praça de alimentação, os visitantes poderão conhecer o artesanato campinense, experimentar comidas típicas e registrar fotos nas reproduções da Casa de Taipa e da Igrejinha.

O local também oferece uma exposição sobre o Maior São João do Mundo que está funcionando na galeria da Vila do Artesão, aberta diariamente.

Continue Lendo