Nos acompanhe

Paraíba

Hospital Edson Ramalho inaugura serviço de Alergologia e Imunologia

Publicado

em

O Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho (HPMGER) disponibiliza o serviço de Alergologia e Imunologia. O atendimento é oferecido à população exclusivamente por meio da Regulação Municipal, ou seja, o paciente é encaminhado e tem sua consulta agendada a partir da Unidade de Saúde da Família (USF). O serviço conta com duas médicas especialistas, capitã Caroline Arruda e Dra. Tâmisa Cipriano.

O atendimento presta assistência para inúmeras doenças alérgicas, entre elas a asma, rinite alérgica, conjuntivite alérgica, urticária aguda e crônica, dermatite atópica e de contato, alergias alimentares e alergia a medicamentos, além de diversas doenças da imunidade. O serviço é disponibilizado exclusivamente para adultos.

A capitã Caroline Arruda explica que a abertura desse atendimento busca dar mais conforto e qualidade de vida à população. “Conviver com uma alergia é difícil e bastante desconfortável. Identificar o agente causador desse problema e tratar da melhor maneira é uma mudança necessária para o paciente”, explica.

O serviço de alergologia do Hospital Edson Ramalho funciona às terças e quintas-feiras, no horário da manhã, e segundas e quintas-feiras à tarde. Além desse atendimento, no futuro, serão agregados ao serviço os testes alérgicos cutâneo e de contato para os pacientes, como forma de esclarecer o diagnóstico e indicar o tratamento.

Continue Lendo

Paraíba

TCE-PB rejeita contas de duas Prefeituras com imputação de débito e aprova as de outras dez

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O Tribunal de Contas do Estado, reunido em sessão ordinária híbrida, nesta quarta-feira (23), rejeitou as contas anuais das prefeituras de Santa Cruz, exercícios de 2019 e 2020, na gestão do ex-prefeito Paulo Cesar Ferreira Batista, e de Joca Claudino, remanescente de 2015, sob a responsabilidade da ex-prefeita Lucrécia Adriana de Andrade Barbosa Dantas.

Aprovadas foram as contas de 2020 das prefeituras de Monteiro, Santo André, Alcantil, São José de Espinharas, Itaporanga, Gurinhém, Joca Claudino, Itabaiana, Lagoa Seca e Solânea.

A falta de recolhimento das contribuições previdenciárias; insuficiência financeira em desrespeito à Lei Responsabilidade Fiscal; fracionamento de despesas para fraudar processo licitatório,  são algumas das irregularidades que ensejaram a rejeição das contas de Santa Cruz no exercício de 2020, conforme o voto do relator, conselheiro Nominando Diniz. O ex-prefeito também teve suas contas de 2019 reprovadas, inclusive com imputação de débito no montante de R$ 408,3 mil, mais multa de R$ 14,5 mil. Cabe recurso.

Excesso no pagamento em obras públicas; ausência de licitações obrigatórias; carência de documentos comprobatórios de despesas; mais a falta de empenhamento de valores para previdência dos servidores foram as principais irregularidades que motivaram a reprovação unânime das contas da prefeitura de Joca Claudino, remanescente de 2015 (proc. TC 04527/16). O relator do processo foi o conselheiro Renato Sérgio Santiago Melo, que ao final contabilizou um débito de R$ 239 mil, a ser ressarcido pela então prefeita Lucrécia Adriana de Andrade Barbosa Dantas no prazo de 60 dias, mais multa de R$ 9,8 mil.

Diligências – O conselheiro André Carlo Torres Pontes levou ao conhecimento do Pleno as recomendações e a instalação de diligências para apurar a execução do “Natal Iluminado”, a ser realizado pela prefeitura de Campina Grande. O relator informou que a Auditoria fará acompanhamento do projeto.  A execução do projeto está orçada em R$ 7 milhões e deverá ser acompanhada pelo TCE, segundo pontuou o relator.

Voto de Aplausos – O pleno do TCE ainda aprovou “Voto de Aplausos” ao advogado José Pereira Lima Neto, que vem a ser filho do ex-deputado Aloísio Pereira e neto do Coronel José Pereira – líder político expressivo na história da Paraíba e do Brasil, que viabilizou a instalação do memorial da família Pereira Lima na cidade de Princesa Isabel. “É um importante espaço histórico e cultural, que merece o nosso reconhecimento”, disse o conselheiro Nominando Diniz, que é filho do município e autor da propositura.

O conselheiro reiterou que fez uma visita ao memorial na cidade de Princesa Isabel e constatou a grandeza do acervo ali organizado pela professora Rosilene Leonardo da Silva, membro da Academia de Letras do município, sem apoio oficial, mesmo se tratando de um patrimônio cultural da Paraíba. “É um trabalho de altíssimo nível, bem estruturado e rico em documentos históricos que retratam a trajetória política da família”. Lembrou que no campo político foi opositor à família, mas as pazes foram seladas antes da morte do deputado Aluízio Pereira.

Pesar – Os conselheiros aprovaram “Voto de Pesar” pelo falecimento do economista Antônio Fábio Benevides Maia, ocorrido na semana passada, vítima de problemas cardíacos. A propositura foi feita pelo conselheiro Antônio Gomes Vieira Filho. Antônio Maia era filho do ex-governador João Agripino Filho e irmão dos ex-deputados Gervásio Maia e João Agripino Neto. Ele ocupou vários cargos públicos no Estado, entre os quais secretário municipal em João Pessoa, Secretário do Legislativo estadual e diretor do extinto Banco Paraiban.

Visita de Universitários – Acompanhado pelas professoras Valéria Medeiros e Marconiete Pereira, um grupo de alunos do curso de Direito da Faculdade Internacional Cidade Viva assistiu a análise das contas da prefeitura de Santa Cruz, relativas ao exercício de 2020.

A presença dos alunos nas sessões plenárias da Corte faz parte de um projeto, que tem como finalidade aproximar o TCE da academia e possibilitar aos alunos, na prática, o conhecimento das atividades do órgão fiscalizador. A matéria teve como relator o conselheiro Nominando Diniz, que fez um relatório didático, explicando as etapas de tramitação do processo no TCE.

Composição – O Pleno do Tribunal de Contas realizou sua 2377ª sessão ordinária híbrida. Na formação do quorum estiveram presentes os conselheiros Fernando Rodrigues Catão (presidente), Nominando Diniz, Fábio Túlio Nogueira, André Carlo Torres Pontes e Antônio Gomes Vieira Filho. Também os conselheiros substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sérgio Santiago Melo. O Ministério Público de Contas esteve representado pelo procurador geral Bradson Tibério de Luna Camelo.

SESSÃO NA ÍNTEGRA: https://youtu.be/TwXCwGp5mIg

Continue Lendo

Paraíba

Gervásio cobra do Governo Federal continuidade da Operação Carro-Pipa no Nordeste

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O deputado federal Gervásio Maia (PSB) cobrou respostas objetivas do governo Bolsonaro quanto às providências tomadas para a continuidade da Operação Carro-Pipa no Nordeste. O questionamento aconteceu durante reunião do Grupo de Transição com o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, no Senado.

“Em mais um ato perverso, o governo Bolsonaro decidiu cortar a verba e a água potável de 1,6 milhão de brasileiros no Nordeste. O ministério do Desenvolvimento Regional precisa resolver esse problema urgentemente”, afirmou Gervásio Maia durante a reunião, realizada na quarta-feira (23) .

O secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil justificou que a operação foi suspensa por problemas orçamentários. Alexandre Alves informou ainda que o ministério solicitou suplementação ao Ministério da Economia para que o programa seja retomado.

A Operação Carro-Pipa, é responsável por ações complementares de apoio às atividades de distribuição de água potável às populações atingidas por estiagem e seca. Implementada há mais de 20 anos, a operação atende 468 municípios.

Continue Lendo

Paraíba

CNPq libera R$ 701 mil para laboratório da UFPB realizar projeto pioneiro em aviação e robótica

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O Laboratório de Engenharia de Sistemas e Robótica (Laser) do Centro de Informática (CI) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e laboratórios de outras instituições de ensino foram contemplados com recursos da ordem de R$ 701.540,00, em duas chamadas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Os recursos serão destinados à compra de insumos para pesquisas com drones, com vistas ao desenvolvimento de um sistema embarcado inédito para análise e diagnóstico de motores de aviões de passageiros de pequeno porte, capaz de alertar o piloto, no ato da partida, sobre a necessidade de manutenção.

Os editais nos quais o Laser concorreu são: Chamada CNPq/MCTI/FNDCT/ Nº 17/2022 – Desenvolvimento de CT&I ao Setor Aeronáutico e a Chamada CNPq/MCTI/FNDCT Nº 15/2022 – Desenvolvimento de CT&I para o Setor de Transporte.

Segundo o professor Alisson Brito, da coordenação do Laser, esse montante vai possibilitar a aquisição de sensores, computadores e um motor de avião para ensaios no laboratório, viabilizando uma demanda do mercado a que o Laser vai atender com sua reconhecida expertise no segmento de sistemas embarcados e robótica.

“Nenhum dos aviões de passageiros possui hoje um sistema como o que está sendo proposto. A ideia é que o sistema faça, instantaneamente, um diagnóstico do motor do avião, assim que for dada a partida, alertando o piloto se é seguro decolar ou se deve levar a aeronave para a manutenção”, explica o Prof. Alisson Brito.

O projeto pioneiro será desenvolvido em parceria com a fábrica de aviões Stratus, de Campina Grande, com a colaboração de pesquisadores da UFPB das áreas de Física e Engenharia Mecânica, além da participação de um professor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB).

O Prof. Alisson Brito avalia que a partir desse incentivo financeiro o Laser vai dar continuidade a um trabalho que já tem cinco anos de duração. “Avançamos muito na parte teórica e em experimentos em laboratório e agora vamos avançar para o desenvolvimento de uma aplicação prática com potencial para uma tecnologia que deverá ser patenteada”, completa.

Segundo o professor Tiago Nascimento, também da coordenação do Laser, além da compra de peças de reposição para drones, parte dos recursos serão aplicados na aquisição de computadores e robôs. Ele ressalta que o laboratório continua realizando pesquisas com drones, mas, devido à escassez de verbas, a área de robôs de logística teve suas atividades interrompidas e agora serão retomadas.

Com esse aporte de recursos provenientes do CNPq, a área de drones do Laser será beneficiada. O laboratório, criado há mais de dez anos, realiza pesquisas com drones em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) e a  Universidade Técnica Tcheca em Praga (CVUT), a qual já oferece suporte financeiro em bolsas.

O Laser se consolidou na UFPB como um case de sucesso, por meio de parcerias com mais de 14 empresas que atuam em conjunto com pesquisadores e alunos bolsistas do Centro de Informática (CI), na pesquisa e desenvolvimento de soluções que atendem às demandas tecnológicas do mercado e melhoram a formação dos alunos. Essa cooperação entre o CI e empresas vem favorecendo a concessão de bolsas para estudantes e a prática laboratorial avançada, em áreas como Inteligência Artificial, Robótica, Cloud, Sistemas embarcados, Otimização e Logística.

Confira imagens:

Continue Lendo