Nos acompanhe

Brasil

Cartaxo apresenta Plano João Pessoa Cidade Sustentável e destaca visão de futuro

Publicado

em

Cada vez mais inserida no cenário nacional através de premiações e reconhecimentos de órgãos externos, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) participou de mais um evento de destaque nacional, na manhã desta sexta-feira (29), em Palmas, Capital de Tocantins, quando o prefeito Luciano Cartaxo apresentou o projeto ‘João Pessoa Cidade Sustentável’, que garante um aporte de U$ 100 milhões, desenvolvido em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Caixa Econômica Federal (CEF).

No 2º Encontro de Gestores que integram a Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES), Luciano Cartaxo destacou a visão de futuro da gestão que prepara a Capital paraibana para o desenvolvimento com um planejamento para os próximos 30 anos e o legado que vai além deste mandato, servindo de bússola para as intervenções dos próximos anos. Neste mês de outubro, Luciano participa de reuniões na Secretaria do Tesouro Nacional, em Brasília, para agilizar a aprovação do Plano.

A PMJP já cumpriu todas as etapas do Plano, conforme é orientado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e o prefeito Luciano Cartaxo apresentou o andamento do projeto, fruto de uma série de estudos técnicos. “O BID já liberou um empréstimo de U$ 100 milhões que deverão ser aplicados no Plano nos próximos anos. Neste mês de outubro, estarei indo a Brasília, onde terei reuniões com a Secretaria do Tesouro Nacional, para dar celeridade à aprovação e também no Senado Federal, onde já articulamos o apoio dos nossos três senadores”, disse Luciano Cartaxo.

Na oportunidade, o prefeito também destacou a missão técnica que participou, no início deste mês, em Washington, nos Estados Unidos, onde finalizou a preparação para o contrato. “Concluímos a última etapa de avaliação técnica para a minuta final de contratação com o BID e o modelo de gestão inovador e com planejamento a longo prazo que estamos implementando, tornará João Pessoa uma cidade mais sustentável e preparada para gerar ainda mais desenvolvimento preservando aquilo que consideramos mais importante que é a qualidade de vida da população. Com essa visão de futuro, João Pessoa se torna uma referência em cidade planejada”, declarou.

Além de Luciano Cartaxo, do prefeito de Palmas, Carlos Amastha, e da vice-prefeita, Cinthia Ribeiro, também participam do encontro, o prefeito de Vitória, Luciano Rezende, e o de Florianópolis, Gean Loureiro. A vice-prefeita de Rio Branco, no Acre, Maria do Socorro Neri, também foi convidada para participar do evento. Por ser a cidade onde o plano está na fase mais avançada, foi em João Pessoa onde aconteceu o primeiro encontro, em agosto passado, e que serviu de pontapé inicial para que as capitais envolvidas façam uma articulação para agilizar a aprovação dos projetos no âmbito do Governo Federal e Senado.

Reconhecimento – O prefeito anfitrião do encontro, Carlos Amastha, destacou a troca de experiências com a Prefeitura de João Pessoa e a expertise de Luciano Cartaxo, pioneiro na elaboração do plano. “O encontro que foi realizado em João Pessoa por Luciano Cartaxo foi um estímulo para que realizássemos tanto esse aqui em Palmas, como os próximos encontros de cidades emergentes e sustentáveis do Brasil. João Pessoa é hoje uma referência de crescimento no país, disparada a que mais cresce no Nordeste, basta ver os índices da cidade e estamos aproveitando destas oportunidades para já aplicar aqui em Palmas o que aprendemos com Luciano sobre João Pessoa”, declarou.

Plano – O Plano João Pessoa Cidade Sustentável prevê investimentos de habitação no Complexo da Beira Rio, que envolve oito comunidades que serão completamente urbanizadas; a Escola de Governança e Gestão, que irá qualificar cada vez mais os profissionais da PMJP; além de um investimento importante na segurança urbana e cidadã, através do Centro de Controle e Cooperação (CCC), onde será unificado todo o monitoramento da cidade, do trânsito e para a prevenção de desastres naturais, entre outras ações.

O plano prevê ainda um conjunto de contrapartidas da PMJP, o que já está sendo efetivado por meio de obras do programa habitacional, como é o caso da construção dos residenciais Vista Alegre, Colinas de Gramame, Saturnino de Brito e São José. Além dessas obras, estão incluídos também os projetos de infraestrutura nessas comunidades e na Avenida Beira Rio, por exemplo.

Continue Lendo

Brasil

Paraibano encabeça campanha contra permanência de Rodrigo Pacheco na presidência do Senado

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A eleição para a presidência e outros cargos da Mesa Diretora do Senado está marcada para a tarde da próxima quarta-feira ( 1º/2) e a disputa entre o atual presidente, Rodrigo Pacheco, e o ex-ministro Rogério Marinho segue acirrada. Na Paraíba, o deputado Cabo Gilberto encabeçou campanha contra Pacheco.

“Faltam dois dias para a decisiva votação da presidência do Senado Federal e o futuro do Brasil, precisamos tirar o Pacheco do poder, pelo bem da população! Entre no http://comovotasenador.com.br e saiba os senadores quem ainda não declararam seu voto.”, cobrou em redes sociais o deputado.

Representante da ala bolsonarista no Congresso, Cabo Gilberto destacou importância de eleger Rogério Marinho. “Cobrem dos senadores! Precisamos eleger Rogério Marinho!”.

Confira publicação

Continue Lendo

Brasil

Ruy garante mobilização nacional contra projeto que prevê desregulamentação de 30 profissões

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O deputado federal Ruy Carneiro garantiu nessa quarta-feira (25), uma grande mobilização nacional contra a aprovação do Projeto de Lei 3.081/2022, que prevê a a desregulamentação de mais de 30 profissões.

A iniciativa foi construída durante uma reunião realizada pelo Conselho Regional de Administração da Paraíba – CRA e contou com a participação de representantes de dezenas de Conselhos Profissionais e entidades de classe.

“Me comprometo com todos os conselhos de classe e garanto que vamos construir uma mobilização nacional para combater essa ideia absurda proposta pelo PL 3081/2022. Essa iniciativa não coloca apenas em risco as dezenas de categorias de trabalhadores, mas pode gerar uma infinidade de problemas graves para toda a sociedade”, argumentou Ruy.

O parlamentar citou algumas áreas que podem sofrer diretamente e de forma imediata, caso o projeto seja aprovado.

“Imagine o que pode acontecer, caso você deixe de exigir o diploma para quem atua nas áreas de fisioterapia, medicina veterinária, nutrição, administração, psicologia e tantas outras. Em algumas situações, isso coloca em risco até a vida das pessoas. Por isso, meu compromisso é confrontar esse absurdo e fortalecer ainda mais o suporte à todas essas categorias”, finalizou.

Para o vice-presidente do CRA-PB, André Coelho, o apoio do deputado Ruy Carneiro é fundamental para a defesa das prerrogativas dos profissionais.

“Está já é a 2º vez que tentam através de leis extinguirem os Conselhos de Classe. Sempre que precisamos, o deputado Ruy se uniu e liderou essa luta em prol dos Conselhos. Desta vez foram mais longe, tentaram também extinguir profissões.”, afirmou.

A matéria de autoria do deputado Tiago Mitraud está em tramitação na Câmara dos Deputados.

 

Continue Lendo

Brasil

Deputados aumentam auxílio-moradia em mais de 50%; valor chega a R$ 6 mil reais

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Um ato assinado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) nesta segunda-feira (23) e publicado hoje aumentou de R$ 4.253 para R$ 6.654 mil o valor pago aos parlamentares como auxílio-moradia.

O aumento foi de 56% e vale para a legislatura que inicia no mês de fevereiro, quando assumem os deputados eleitos em 2022.

Terão direito ao auxílio aqueles que não utilizam os imóveis funcionais oferecidos pela Câmara.

As informações foram publicadas primeiro pelo site Congresso em Foco.

Como é pago o auxílio-moradia

De acordo com o Congresso em Foco, o benefício pode ser pago em espécie, sujeito a desconto do imposto de renda com alíquota de 27,5%, ou por reembolso de despesa, mediante a apresentação de nota fiscal de hotel ou contrato de locação e recibo de aluguel. Neste caso, é isento de imposto de renda.

A Câmara tem 432 apartamentos funcionais. Atualmente, 364 estão em uso.

Corrida pela reeleição

O aumento do benefício ocorreu durante a corrida pela reeleição de Lira para a presidência da Casa. A escolha da nova mesa diretora está marcada para o dia 1º de fevereiro. O deputado já têm apoio de pelo menos 16 legendas, incluindo a federação PT, PV e PCdoB, do entorno do presidente Lula (PT).

Disputa contra o PSol

Único partido de esquerda a não declarar apoio a Lira, o PSol lançou o deputado federal eleito Chico Alencar (PSOL-RJ) para a disputa pelo comando da Câmara.

Ao anunciar a candidatura, no último domingo (22), Alencar defendeu que o Conselho de Ética apure o envolvimento de parlamentares nos atos golpistas de 8 de janeiro, quando apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro invadiram e depredaram o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Continue Lendo