Nos acompanhe

Paraíba

Protocolos de Segurança do Paciente são focos de treinamento no ‘Trauma’ da Capital

Publicado

em

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, deu início ao treinamento sobre Protocolos de Segurança do Paciente, que será ministrado pelo coordenador de Enfermagem do Centro de Imagens, da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) móvel e dos maqueiros, o enfermeiro Manoel Alves. Com uma abordagem diferenciada, essa capacitação ocorrerá diretamente nos diferentes setores da unidade de saúde.

O enfermeiro explicou que a iniciativa surgiu da necessidade de abrir um espaço para a discussão de questões relativas aos serviços prestados, durante o período de trabalho dos colaboradores. “Precisamos ouvir os profissionais, afinal de contas eles são a ponte e sabem quais são as dificuldades. Então, já aproveitamos esse horário, para que o funcionário não precise sair do seu repouso ou lazer, mas, estando no ambiente de trabalho, possa sentar conosco e discutir, trazendo também sugestões”, pontuou.

Além disso, ele afirmou que essa capacitação visa envolver todos os profissionais, independente da função que exerçam. “Pretendemos conscientizar, orientar e sensibilizar todos os colaboradores, tendo em vista que, tanto a área administrativa como a assistencial são importantes, porque estão inseridas nos protocolos. Isso só vem contribuir para a questão da segurança do paciente, que é um dos objetivos que tentamos atingir, minimizando os riscos de acontecimentos adversos ou falhas”, enfatizou Manoel.

Adriana Dutra, auxiliar administrativa da Gerência de Enfermagem, comentou sobre os benefícios que esse treinamento pode trazer para todos os envolvidos. “Pode resultar em uma equipe mais capacitada, mais consciente e capaz de resolver intercorrências sem que algum superior imediato lhe peça. A capacitação aprimora o conhecimento, assim, todos saem ganhando, inclusive o paciente, pois, como o próprio nome diz, é a segurança dele que está envolvida”, salientou.

Continue Lendo

Paraíba

Aliado de Cícero admite abandonar projeto para apoiar pastor Sérgio na disputa pela PMJP

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O vereador Coronel Sobreira (MDB), da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), admitiu, nesta quinta-feira (22/02), a possibilidade de abandonar o projeto de apoio à reeleição do prefeito Cícero Lucena (PP), migrar para o Partido Novo e apoiar o pastor Sérgio Queiroz, caso ele resolva entrar na disputa pelo comando da Prefeitura Municipal nas Eleições 2024.

Sobreira adiantou que deverá participar da consulta interna na Cidade Viva e dirá “sim” à iniciativa da pré-candidatura de Queiroz a prefeito da Capital paraibana.

O MDB, na CMJP, conta atualmente com uma bancada formada, ao todo, por três vereadores que fazem parte da base aliada de Cícero: Coronel Sobreira, Marcelo da Torre e Mikika Leitão. Sobreira, no entanto, aparentemente por identidade religiosa, se mostrou eufórico com a possibilidade de ter um evangélico à frente da Administração Pública Municipal pessoense.

Os comentários do vereador foram registrados pelo programa Correio Debate, da 98 FM, de João Pessoa, nesta quinta-feira (22/02).

Confira o áudio:

Continue Lendo

Paraíba

Eleições 2024: MDB segue ‘sem rumo’ na disputa pela Prefeitura de João Pessoa

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O presidente estadual do MDB, senador Veneziano Vital do Rêgo, afirmou nesta quinta-feira (22/02) que o rumo da legenda com vistas às Eleições 2024 ainda não está definido.

Segundo Veneziano, não há uma data marcada, mas, uma reunião deve ser realizada até meados do próximo mês de março.

O senador assegurou, porém, que não há razão para precipitação.

Os comentários de Veneziano foram registrados no programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan, de João Pessoa, nesta quinta-feira (22/02).

Confira o áudio:

 

Obstáculo

O vereador Marcelo da Torre (MDB), da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), em entrevista recente, afirmou que tanto dele como os vereadores Mikika Leitão e Coronel Sobreira faziam coro junto à torcida dos que querem que o MDB permaneça ao lado da gestão do prefeito Cícero Lucena (PP).

Leia também: Emedebista ameaça deixar partido caso Veneziano não formalize apoio à reeleição de Cícero

Marcelo chegou a afirmar que caso o apoio político ao prefeito de João Pessoa não seja confirmado por Veneziano, uma “debandada” poderia ser registrada na legenda em João Pessoa.

Continue Lendo

Paraíba

Vereador apresenta Projeto de Lei para multar usuários de drogas em João Pessoa

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O vereador bolsonarista, Tarcísio Jardim (PL), apresentou um Projeto de Lei (PL) que prevê aplicação de multa aos usuários de drogas em João Pessoa, Capital paraibana.

O PL nº 1631/2024, apresentado na terça-feira (20/02), e que “Institui sanções administrativas a serem aplicadas pelo Município às pessoas que forem flagradas em áreas e logradouros públicos fazendo uso de drogas ilícitas, e dá outras providências” é, porém, similar ao apresentado no dia 29 de janeiro de 2024, pelo deputado estadual bolsonarista Wallber Virgolino (PL), que “Dispõe sobre as sanções administrativas aplicadas às pessoas que forem flagradas em áreas e logradouros públicos fazendo uso de drogas ilícitas em desacordo com determinação legal ou regulamentar, no âmbito do Estado da Paraíba“.

As iniciativas, porém, são avaliadas por especialistas como inconstitucionais uma vez que a Lei de Drogas (11.343/2006) já trata a questão em âmbito federal, também em desfavor de “quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar“, como diz o “Art. 28.“, prevendo, inclusive, multa, não cabendo, portanto, aos municípios legislar sobre o tema.

Clique aqui e confira a íntegra do PL apresentado por Tarcísio Jardim em 20 de fevereiro de 2024.

Clique aqui e confira a íntegra do PL apresentado por Wallber Virgolino em 29 janeiro de 2024.

Clique aqui e confira a íntegra da Lei Federal em vigor desde 23 de agosto de 2006.

O vereador argumenta que a iniciativa é uma “tendência que já vem ao redor do país“.

Confira o áudio:

 

Continue Lendo