Nos acompanhe

Paraíba

Desembargador desmembra ação, mantém RC, Estela e Cida no TJ e envia demais réus à 1ª instância

Publicado

em

O desembargador Ricardo Vital, relator dos feitos da Calvário junto ao Tribunal de Justiça, determinou o desmembramento dos réus de uma ações remanescentes da Operação, e  “a consequente remessa ao 1º grau de jurisdição em relação” a vários acusados nas investigações do Ministério Público.

De acordo com a matéria postada originalmente no blog do Helder Moura, em seu despacho, o desembargador observa que esta ação trata do pedido de “sequestro de bens dos denunciados para assegurar o resultado útil da tutela jurisdicional pretendida”. Foram bloqueados, como se sabe, até R$ 134,2 milhões, a título de ressarcimento pelos danos causados ao erário.

Permanecem no foro do Tribunal de Justiça, sob sua relatoria, os réus Ricardo Coutinho, as deputadas Cida Ramos e Estela Bezerra, além das ex-secretárias Cláudia Veras e Livânia Farias.

Réus – Seguem para a 1ª instância Coriolano Coutinho, Raquel Vieira Coutinho, a ex-prefeito Márcia Lucena, os ex-secretários Gilberto Carneiro da Gama, Waldson Dias de Souza, José Edvaldo Rosas, Aracilba Rocha e Ivan Burity,  além do advogado Francisco das Chagas Ferreira e o ex-senador Ney Suassuna.

Também Geo Luiz de Souza Fontes, Bruno Miguel Teixeira de Avelar Pereira Caldas, Jair Éder Araújo Pessoa Júnior,  Benny Pereira De Lima, Breno Dornelles Pahim Filho, Breno Dornelles Pahim Neto, Denise Krummenauer Pahim, Saulo Pereira Fernandes e Keydison Samuel De Sousa Santiago.

Os Leandro Nunes Azevedo e Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro, mais Maurício Rocha Neves, David Clemente Monteiro Correia, José Arthur Viana Teixeira, Vladimir Dos Santos Neiva, Valdemar Ábila, Márcio Nogueira Vignoli, Hilário Ananias Queiroz Nogueira e Jardel da Silva Aderico.

Corrupção – Em seu despacho, o desembargador Ricardo Vital lembrou que “a organização seria responsável por desvio de recursos públicos, corrupção, lavagem de dinheiro e peculato, através de atividades de organizações sociais (OSs) na saúde e da adoção de inexigibilidades (fraudadas) na Educação”.

Continue Lendo

Paraíba

Prefeitura de Campina retira cinco mil toneladas de lixo colocado irregularmente em áreas públicas

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A falta de bom senso e de cuidados com o meio ambiente de uma pequena parcela da população campinense tem gerado prejuízos para a Prefeitura de Campina Grande. O gasto mensal é de aproximadamente R$ 400 mil, totalizando quase R$ 5 milhões por ano, na limpeza de terrenos baldios, a maioria de particulares. A retirada mensal é de cerca de cinco mil toneladas de lixo, dinheiro que poderia ser investido na saúde, educação e mobilidade urbana, entre outras ações do Poder Público.

Nesta semana foi intensificada a limpeza no Complexo Aluízio Campos, Araxá, Tambor, Jardim Paulistano, conjunto Raimundo Suassuna, Severino Cabral, Santo Antônio, Jardim Tavares, Catingueira, Malvinas, Centenário, entre outros

Em todos os bairros da cidade e nos distritos existe este tipo de problema, obrigando a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) a organizar um cronograma para atender a demanda, além de notificar donos de terrenos e aplicar multas. “Tem locais que limpamos de manhã e à tarde já tem lixo novamente. É impossível colocar vigilantes em todas estas áreas. Nos resta apelar para bom sendo das pessoas”, afirmou o secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Geraldo Nobre Cavalcante.

Segundo Geraldo Nobre, existem atualmente, em Campina Grande, 960 terrenos baldios onde parte da população tem despejado lixo e entulho, gerando uma despesa altíssima para a gestão e transtornos para os moradores de áreas próximas.

“Este lixo causa sérios problemas, como doenças e a obstrução de canais e galerias durante o período chuvoso, resultando em diversas inundações na cidade e o serviço de limpeza tem custado caro para os cofres públicos”, destacou o titular da Sesuma.

Segundo Nobre, a Prefeitura tem três equipes, com máquinas e caminhões-caçamba, e todo o lixo é levado para o aterro sanitário. “A Prefeitura gasta hoje em torno de R$ 400 mil para fazer esta limpeza. Este dinheiro poderia ser empregado em outras coisas, dentro do município”, disse Nobre.

O Secretário afirmou, que Campina Grande tem uma coleta de lixo de excelência, feita regularmente, três vezes por semana, em todos os bairros e Distritos, sendo uma das prioridades da gestão do prefeito Bruno Cunha Lima. Para o titular da Sesuma, é desnecessário, por parte de alguns moradores, utilizar-se de terrenos baldios, calçadas e praças para depositar resíduos domiciliares e entulhos. “Temos a operação Recicla Campina, que dá o destino correto aos produtos recicláveis. Temos telefones que a população pode denunciar estes abusos, através dos números 3310-6115 ou 3310-6125”, concluiu.

Continue Lendo

Paraíba

Governador João Azevedo é convidado por Lula para participar de encontro de lideranças em São Paulo

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O governador João Azevedo (PSB) foi convidado pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva para participar do encontro, em São Paulo, que traçar estratégias para o segundo turno das eleições. João Azevedo viajou para a reunião que deve definir apoio do senador Veneziano à reeleição na Paraíba.

O encontro ocorrerá num hotel da capital paulista, a partir das 16h, e vai reunir governadores e senadores do campo democrático que já estão no mandato e também os que foram eleitos ou reeleitos no último domingo, que estão alinhados com Lula neste segundo turno da eleição presidencial.

Além de João Azevedo, Veneziano confirmou presença no evento e destacou que o MDB paraibano foi o primeiro a nunciar apoio a Lula.

Continue Lendo

Paraíba

Daniella Ribeiro celebra 34 anos da Constituição brasileira: “Um marco da nossa democracia”

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

“A Constituição certamente não é perfeita. Ela própria o confessa ao admitir a reforma. Quanto a ela, discordar, sim. Divergir, sim. Descumprir, jamais. Afrontá-la, nunca”. Essas foram as palavras do presidente da Assembleia Nacional Constituinte, deputado Ulysses Guimarães, no dia 5 de outubro de 1988.

A data e o discurso de Ulysses Guimarães foram destaque da senadora paraibana, Daniella Ribeiro. A parlamentar destacou importância da Constituição para a democracia. “Há 34 anos um marco da nossa democracia. Uma enorme conquista.”, enfatizou Daniella.

Confira publicação

Continue Lendo