Nos acompanhe

Paraíba

Prefeitura se reúne com carroceiros para discutir alternativas de trabalho para categoria

Publicado

em

A Prefeitura de João Pessoa realizou uma reunião com representantes da Associação Beneficente de Carroceiros da Capital (ABCJP) para propor soluções para situação dos trabalhadores impedidos de circular com veículos de tração animal por determinação do Ministério Público Estadual. O encontro aconteceu na manhã desta quinta-feira (22), nas dependências do gabinete do prefeito, conduzida pelo vice-prefeito, Leo Bezerra, e contou com as presenças dos secretários Diego Tavares (Articulação Política) e Welison Silveira (Meio Ambiente).

O vice-prefeito destacou que o objetivo da gestão é manter este diálogo, tanto em relação ao cumprimento da Lei, quanto em relação às necessidades dos carroceiros.

“Nos solidarizamos com todas as famílias desses trabalhadores e propusemos a realização de um cadastro dos Carroceiros, bem como uma carta de sugestões com suas reivindicações. Nossa intenção é agir conforme a Lei, mas sobretudo mostrar nosso compromisso com ambas as partes. A conciliação traz benefício para todos nós, por isso estamos aqui propondo soluções e alternativas. Vamos marcar uma nova reunião com o Ministério Público e apresentar um cronograma de ações”, ressaltou Leo Bezerra.

Os secretário Diego Tavares reiterou sobre a necessidade de capacitar e dar apoio a esta categoria, além de encontrar alternativas que incentivem o trabalho da população de carroceiros. “Nós temos a intenção de promover cursos de capacitação para os carroceiros, além de tentar formalizar uma parceria com o Governo do Estado para habilitar condutores que queiram deixar de fazer uso dos veículos de tração animal para uso de veículos motorizados”, pontuou.

O secretário Welison Silveira sugeriu a criação de ecopontos, onde serão regularizados o recolhimento e descarte de resíduos. “Nossa intenção é seguir a Lei dialogando com a categoria. Fomos notificados pelo Ministério Público sobre os 90 dias que os carroceiros têm de limite para transitar, mas esperamos, com o cadastro em mãos, conseguir uma reunião com o MP e os carroceiros, onde poderemos apresentar alternativas”, afirmou.

O presidente da ABCJP, Paulo César, frisou sobre a busca de apoio da Prefeitura no intuito de dar-lhes mais tempo para trabalhar antes de terem as atividades impedidas por força da Lei. “Somos trabalhadores. Estamos em busca do apoio da Prefeitura e conseguimos uma resposta da parte do vice-prefeito de que não estamos sozinhos no que depender da instituição”, completou.

Entenda a Lei – A lei nº 13.170/2016 proíbe o trânsito de veículos de tração animal, a condução de animais com carga e o trânsito montado nas vias públicas asfaltadas e calçadas de João Pessoa. Além do trânsito, fica também vedada a permanência desses animais, soltos ou atados por cordas, ou por outros meios, em vias ou em logradouros públicos.

No caso do trânsito de veículos de tração animal em locais e condições permitidas, a lei ainda regulamenta o uso. Condições como o registro do animal, limitação do trabalho do animal, espaço de pastagem distante de vias asfaltadas e a proibição do uso de chicote ou qualquer instrumento que gere sofrimento ao animal. A lei determina também que o animal não carregue mais que 20% do seu peso, nem preso a um veículo, nem com carga ou pessoa montada.

Continue Lendo

Paraíba

Senado aprova ‘PEC Kamikaze’ com voto de todos os senadores paraibanos

Publicado

em

O Plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira (30), com o voto de todos os senadores paraibanos, Daniella Ribeiro (PSD), Nilda Gomdim (MDB) e Veneziano Vital do Rêgo (MDB), a proposta de emenda à Constituição (PEC) que institui estado de emergência até o final do ano para ampliar o pagamento de benefícios sociais (PEC 1/2022). Os dois turnos de votação dessa proposta foram cumpridos no mesmo dia, e ela segue para a Câmara dos Deputados.

De acordo com a Agência Senado, a PEC prevê R$ 41,25 bilhões até o fim do ano para expansão do Auxílio Brasil e do vale-gás de cozinha; para a criação de auxílios aos caminhoneiros e taxistas; para financiar a gratuidade de transporte coletivo para idosos; para compensar os estados que concederem créditos tributários para o etanol; e para reforçar o programa Alimenta Brasil.

Esse valor não precisará observar o teto de gastos, a regra de ouro ou os dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal que exigem compensação por aumento de despesa e renúncia de receita.

O reconhecimento de estado de emergência serve para que os pagamentos não violem a legislação eleitoral. A criação de benefícios destinados a pessoas físicas é proibida em ano de eleições. A única exceção é a vigência de estado de emergência (Lei 9.504, de 1997).

Todas as medidas têm duração prevista até o final do ano de 2022.

Dólar

A aprovação da PEC, que foi apelidada de ‘Kamikaze’ por representar forte risco de desmantelo fiscal e econômico no Brasil às vésperas das Eleições 2022, já provocou o aumento no valor do dólar que, nesta sexta-feira (01/07) passou a operar em forte alta.

Às 12h40, o G1 registrou que a moeda norte-americana subia 1,44%, vendida a R$ 5,3078. Na máxima até o momento, chegou a R$ 5,3381.

O dólar turismo, preço de referência para casas de câmbio, tem alta de 1,96% e é vendido por R$ 5,5117.

A última vez que o dólar superou o patamar de R$ 5,30 foi no dia 4 de fevereiro, quando fechou a R$ 5,3206.

Justificativa

A senadora Daniella Ribeiro justificou o voto favorável à PEC da gestão do atual presidente Jair Bolsonaro (PL) dizendo esperar que as Eleições não sejam prioridade sobre as necessidades reais da população brasileira.

O comentário da parlamentar foi registrado pelo programa Correio Debate, da 98 FM, de João Pessoa, nesta sexta-feira (01/07).

Confira o áudio:

 

Já o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) que é vice-presidente do Senado justificou o seu voto dizendo que o fez por força da realidade da crise econômica no Brasil e, ao mesmo tempo lamentou que o Governo Federal da gestão do atual presidente Jair Bolsonaro (PL) só tenha iniciativas dessa natureza com fins eleitoreiros.

Confira o áudio:

 

A senadora Nilda Gondim, que é mãe do senador Veneziano, preferiu não se manifestar sobre o seu voto que também foi favorável à chamada ‘PEC Kamikaze’.

Continue Lendo

Paraíba

Pedro recebe título de cidadão guarabirense e reforça compromisso em trabalhar pela cidade

Publicado

em

Na tarde desta sexta-feira (1) o deputado federal e pré-candidato ao Governo da Paraíba, Pedro Cunha Lima (PSDB), recebeu o título de cidadão guarabirense, propositura do vereador Júnior Ferreira. Com a presença de importantes lideranças da região, como o prefeito Marcus Diogo e a deputada estadual Camila Toscano, Pedro, que já destinou mais de R$ 13 milhões em emendas para a cidade, reforçou seu compromisso com Guarabira e sua gente.

“É uma honra e uma alergia imensa receber esse título, sobretudo porque minha relação com Guarabira não é de hoje. Foi aqui que nasceu meu avô, o poeta Ronaldo Cunha Lima, e daqui vieram duas grandes referências políticas da minha vida: o saudoso ex-prefeito Zenóbio Toscano, e Tia Léa, essa mulher de garra que é amada pela população de Guarabira. Enquanto deputado federal, trabalhei muito para trazer os recursos para essa terra, que sempre foi muito generosa comigo. Agora como cidadão guarabirense a responsabilidade é ainda maior e prometo dar o melhor de mim para ver Guarabira e sua população crescer e desenvolver”, disse Pedro.

Antes da cerimônia de recebimento do título de cidadão guarabirense, que aconteceu na Câmara Muncipal, Pedro participou da entrega do Castra-Móvel, que vai potencializar o serviço de castração de animais da cidade. O equipamento foi adquirido com recursos provenientes da emenda parlamentar. No total Pedro destinou R$ 13,2 milhões em emendas para Guarabira, dos quais R$ 5,8 milhões foram para a saúde da cidade.

Continue Lendo

Paraíba

Napoleão Laureano lança campanha “Julho Verde” para conscientizar sobre câncer de cabeça e pescoço

Publicado

em

A partir desta sexta-feira (1), o Hospital Napoleão Laureano (HNL) inicia a campanha ‘Julho Verde’, que visa a Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, durante todo esse mês. Até o dia 29, haverá programação especial com realização de palestras, orientações e divulgação para pacientes, visitantes e população em geral. Além de treinamento para os profissionais de saúde que cuidam de pessoas laringectomizadas.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP), o verde foi escolhido por representar a esperança de que é possível reverter os casos de câncer nesses órgãos do corpo humano. “Essa é a cor da confiança e nos próximos 30 dias estaremos intensificando ações para conscientizarmos as pessoas sobre a da importância da detecção precoce desse tipo de câncer, que pode alcançar até 90% de cura se tratado precocemente”, pontua o presidente da Fundação Napoleão Laureano, Marcelo Lucena Filho.

Esse tipo de câncer, que é lembrado mundialmente todos dia 27 de julho, é um dos mais frequentes no Hospital Napoleão Laureano; em 2021, mais de 3,3 mil pacientes foram atendidos com tumores nos órgãos da cabeça e pescoço. Para se ter uma ideia, por semana os médicos especialistas atendem cerca de 300 pacientes. Só nesse primeiro semestre de 2022, já foram realizados mais de 1,3 mil atendimentos ambulatoriais e internações em pessoas diagnosticadas com a doença.

Este ano, a campanha tem um incentivo a mais para intensificar os alertas e orientações a respeito do câncer de cabeça e pescoço, pois em 20 de abril de 2022 o mês de julho foi oficialmente instituído no Brasil, pela Lei nº 14.328, como o Mês Nacional do Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço.

A intenção do ‘Julho Verde do HNL’ é massificar as informações sobre os cuidados, tratamentos e detecção precoce do câncer de cabeça e pescoço para ajudar a salvar vidas. Toda a campanha acontece com atuação das equipes multidisciplinar que é formada por médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais. “A população paraibana precisa estar cada vez mais consciente de que as chances de cura do câncer são muito maiores quando conseguimos fazer o diagnóstico de forma precoce”, explica o médico Giovanni Simões, especialista em cirurgia oncológica de cabeça e pescoço.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca) para este ano de 2022 é de que surjam 36.620 novos casos de câncer de cabeça e pescoço, incluídos nesse total os tumores de boca (cavidade oral), laringe e tireoide.

Entre os principais tipos câncer na cabeça e pescoço que ocorrem nos pacientes do Hospital Napoleão Laureano são os que surgem na boca, na tireoide, na laringe e na pele.

No Brasil, o câncer de cabeça e pescoço é diagnosticado em cerca de 35 mil a 40 mil brasileiros. Segundo levantamento do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de boca, laringe e demais sítios é hoje o segundo mais frequente entre os homens, atrás somente do câncer de próstata. Nas mulheres, é o quinto mais comum, ficando atrás do câncer de mama, tireoide, cólon e reto.

*Confira programação do Julho Verde HNL 2022*

*01.07- 8h às 12h*
Divulgação e orientações aos pacientes, com distribuição de panfletos pela Equipe de Fonoaudiologia do HNL
Local: Ambulatório Adulto
*08.07- 8h às 12h*
Palestra: Julho Verde – prevenção e conscientização do câncer de cabeça e pescoço
Palestrante: Dr. Philipe Seixas
Local: Centro de Estudos do HNL Mário Kroeff (Cemak)
*15.07 – 8h às 12h*
Orientações aos Pacientes Laringectomizados Totais (Equipe de Fonoaudiologia)
Local: Sala de Fonoaudiologia no ambulatório
*19.07 – 8h às 12h*
Divulgação e orientações aos pacientes (Equipe de Fonoaudiologia e Equipe de CCP)
Local: Ambulatório Adulto
*20.07 – 11h às 12h*
Palestra: Cuidados com a traqueostomia
Palestrante: Dr. Francieudo Rolim
Local: Centro de Estudos do HNL Mário Kroeff (Cemak)
*22.07 – 11h às 12h*
Palestra: Tumores de Cabeça e Pescoço: prevenção e diagnóstico precoce
Palestrante: Dr. André Silveira
Local: Centro de Estudos (CEMAK)
*29.07 – 8h às 12h*
Treinamento: uso de Filtros e Adesivos (HME) em pacientes laringectomizados totais
Palestrante: Enfermeira Tássia Mirelle – PE
Encerramento
Local: Centro de Estudos (CEMAK)

Continue Lendo