Nos acompanhe

Paraíba

Funjope confirma Henri Castelli, Ingrid Trigueiro e Danny Barbosa no elenco da Paixão de Cristo

Publicado

em

A Prefeitura de João Pessoa, por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), confirmou, nesta sexta-feira (17), o ator Henri Castelli para viver o papel de Jesus no espetáculo ‘A Paixão de Cristo’. O elenco conta ainda com nomes como Ingrid Trigueiro, Dany Barbosa, Mika Barros, Nelson Alexandre e Vitor Blam, que estão entre os 40 artistas locais selecionados em edital, além de 40 técnicos. O musical será encenado no Adro do Centro Cultural São Francisco, Centro Histórico da Capital, entre os dias 6 e 9 de abril.

Este ano, o espetáculo ‘A Paixão de Cristo’ envolve atores e atrizes locais, com a participação da atriz Érika Januza interpretando uma Maria negra, a Companhia Municipal de Dança, músicos locais, alunos bailarinos da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), totalizando mais de 60 pessoas em cena, entre elas 40 atores selecionados em edital que teve mais de 170 inscritos.

“A nossa Paixão de Cristo é um espetáculo que está se consolidando a cada ano na cidade. Temos uma experiência belíssima do ano passado e estamos voltando a valorizar os nossos artistas e técnicos de João Pessoa, formando uma equipe de quase 80 profissionais para a montagem do espetáculo”, avalia o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

Com isso, segundo ele, a Prefeitura está sempre valorizando o Centro Histórico, o Museu de São Francisco, que ele considera uma peça rara da arquitetura e da nossa história da cidade, combinando com a tradicional Paixão de Cristo, o que coloca João Pessoa no cenário nacional. “Certamente, isso atrai o olhar dos turistas, mas principalmente dos moradores locais que se sentem orgulhosos de termos um espetáculo com essa dimensão e essa característica criativa e forte”, acrescenta.

Direção e produção – A Paixão de Cristo tem texto do ator e professor de teatro Everaldo Vasconcelos e direção geral do ator Edilson Alves. Durante o espetáculo serão executadas oito músicas tradicionais religiosas.

O espetáculo tem cenografia e adereços do ator Dadá Venceslau; figurino de Nelson Alexandre; assessoria de Sânzia Márcia e Adriana Germano; os assistentes são Edvânia Maria, Washington Serafim, Rogério Gomes; direção musical do maestro Rogério Borges, além do assistente de direção José Maciel.

Ano II – Este é o segundo ano em que a Funjope organiza o espetáculo. Em 2022, a encenação foi bem aceita pelo público, que lotou o adro do Centro Cultural São Francisco. Este ano, a Fundação pretende repetir o sucesso, ressaltando a cena do teatro e da música de João Pessoa e garantindo um espetáculo de beleza única.

Apresentações – A primeira noite de apresentação será 6 de abril, quinta-feira, às 19h. Na sexta-feira (7) e sábado (8), serão duas apresentações, às 18h e 20h30. Já no domingo (9), o espetáculo será a partir das 19h.

Até a estreia do espetáculo, os ensaios acontecem todas as segundas, quartas e sextas-feiras, no Teatro Lima Penante, no Centro da Capital.

Continue Lendo

Paraíba

Aliado de Cícero admite abandonar projeto para apoiar pastor Sérgio na disputa pela PMJP

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O vereador Coronel Sobreira (MDB), da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), admitiu, nesta quinta-feira (22/02), a possibilidade de abandonar o projeto de apoio à reeleição do prefeito Cícero Lucena (PP), migrar para o Partido Novo e apoiar o pastor Sérgio Queiroz, caso ele resolva entrar na disputa pelo comando da Prefeitura Municipal nas Eleições 2024.

Sobreira adiantou que deverá participar da consulta interna na Cidade Viva e dirá “sim” à iniciativa da pré-candidatura de Queiroz a prefeito da Capital paraibana.

O MDB, na CMJP, conta atualmente com uma bancada formada, ao todo, por três vereadores que fazem parte da base aliada de Cícero: Coronel Sobreira, Marcelo da Torre e Mikika Leitão. Sobreira, no entanto, aparentemente por identidade religiosa, se mostrou eufórico com a possibilidade de ter um evangélico à frente da Administração Pública Municipal pessoense.

Os comentários do vereador foram registrados pelo programa Correio Debate, da 98 FM, de João Pessoa, nesta quinta-feira (22/02).

Confira o áudio:

Continue Lendo

Paraíba

Eleições 2024: MDB segue ‘sem rumo’ na disputa pela Prefeitura de João Pessoa

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O presidente estadual do MDB, senador Veneziano Vital do Rêgo, afirmou nesta quinta-feira (22/02) que o rumo da legenda com vistas às Eleições 2024 ainda não está definido.

Segundo Veneziano, não há uma data marcada, mas, uma reunião deve ser realizada até meados do próximo mês de março.

O senador assegurou, porém, que não há razão para precipitação.

Os comentários de Veneziano foram registrados no programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan, de João Pessoa, nesta quinta-feira (22/02).

Confira o áudio:

 

Obstáculo

O vereador Marcelo da Torre (MDB), da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), em entrevista recente, afirmou que tanto dele como os vereadores Mikika Leitão e Coronel Sobreira faziam coro junto à torcida dos que querem que o MDB permaneça ao lado da gestão do prefeito Cícero Lucena (PP).

Leia também: Emedebista ameaça deixar partido caso Veneziano não formalize apoio à reeleição de Cícero

Marcelo chegou a afirmar que caso o apoio político ao prefeito de João Pessoa não seja confirmado por Veneziano, uma “debandada” poderia ser registrada na legenda em João Pessoa.

Continue Lendo

Paraíba

Vereador apresenta Projeto de Lei para multar usuários de drogas em João Pessoa

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O vereador bolsonarista, Tarcísio Jardim (PL), apresentou um Projeto de Lei (PL) que prevê aplicação de multa aos usuários de drogas em João Pessoa, Capital paraibana.

O PL nº 1631/2024, apresentado na terça-feira (20/02), e que “Institui sanções administrativas a serem aplicadas pelo Município às pessoas que forem flagradas em áreas e logradouros públicos fazendo uso de drogas ilícitas, e dá outras providências” é, porém, similar ao apresentado no dia 29 de janeiro de 2024, pelo deputado estadual bolsonarista Wallber Virgolino (PL), que “Dispõe sobre as sanções administrativas aplicadas às pessoas que forem flagradas em áreas e logradouros públicos fazendo uso de drogas ilícitas em desacordo com determinação legal ou regulamentar, no âmbito do Estado da Paraíba“.

As iniciativas, porém, são avaliadas por especialistas como inconstitucionais uma vez que a Lei de Drogas (11.343/2006) já trata a questão em âmbito federal, também em desfavor de “quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar“, como diz o “Art. 28.“, prevendo, inclusive, multa, não cabendo, portanto, aos municípios legislar sobre o tema.

Clique aqui e confira a íntegra do PL apresentado por Tarcísio Jardim em 20 de fevereiro de 2024.

Clique aqui e confira a íntegra do PL apresentado por Wallber Virgolino em 29 janeiro de 2024.

Clique aqui e confira a íntegra da Lei Federal em vigor desde 23 de agosto de 2006.

O vereador argumenta que a iniciativa é uma “tendência que já vem ao redor do país“.

Confira o áudio:

 

Continue Lendo