Nos acompanhe

Paraíba

ALPB concede medalha Margarida Maria Alves à ativista Tânia Maria de Sousa

Publicado

em

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou sessão solene, na tarde desta segunda-feira (20), para outorga da Medalha Sindicalista Margarida Maria Alves à ativista Tânia Maria de Sousa, “pela dedicação em prol do desenvolvimento social e da justiça”. O evento, proposto pelo deputado Chió, aconteceu no plenário “Deputado José Mariz” e reuniu ativistas da luta pelos direitos dos trabalhadores rurais, além de parentes e amigos da homenageada. A deputada Cida ramos secretariou os trabalhos.

Ao justificar a homenagem o deputado Chió destacou, entre outras atividades, a liderança incansável que Tânia Maria de Sousa exerce nas ações da Comissão Pastoral da Terra, um movimento social que foi instituído em um período de tensão e conflitos agrários nas regiões da Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte e Pernambuco. “A CPT Nordeste 2, sob sua orientação, acompanha atualmente a luta de mais de 300 comunidades camponesas, que representam aproximadamente 13.822 famílias e cerca de 69.110 pessoas em mais de cem municípios”, ressaltou.

“Neste ano, nós estamos completando 40 anos da morte de Margarida Maria Alves. Uma data para a gente fazer uma reflexão, para lembrar de uma mulher lutadora que deu a vida pelos trabalhadores e trabalhadoras do campo. Nada mais coerente do que homenagear outra mulher com a medalha que leva essa denominação, principalmente uma mulher que representa essa luta. E Tânia foi unanimidade na consulta que nós fizemos junto aos movimentos sociais, porque ela tem uma história muito bonita de luta, uma história de dedicação, uma história de companheirismo, uma pessoa que ao mesmo tempo é simples e é forte. Estamos continuando a luta de Margarida, que é dar dignidade aos trabalhadores e trabalhadoras do campo, mas também lutar pela reforma agrária. Isso é um legado que Margarida deixou e que Tânia está continuando”, acrescentou.

O ex-deputado e atual secretário de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido do Estado da Paraíba, Frei Anastácio, destacou o trabalho de Tânia Maria de Sousa na defesa dos trabalhadores rurais sem-terra e dos homens e mulheres do campo em geral. “Primeiro, eu quero parabenizar o deputado Chió pela propositura e a Assembleia Legislativa pela aprovação unânime. Receber uma medalha com o nome de Margarida Maria Alves é de uma importância enorme. Tem uma história. É uma pessoa que, de fato, nesse estado, e também a nível nacional, teve um papel importantíssimo. E Tânia é a pessoa mais indicada para recebê-la. Ela é mais do que merecedora dessa medalha”, observou.

O ativista Rogério Leandro de Oliveira, coordenador da Comissão Pastoral da Terra, destacou a importância da homenagem a Tânia Maria de Sousa, sobretudo porque a medalha tem um significado muita especial por homenagear Margarida Maria Alves, “que, segundo ele, começou esse belo trabalho das mulheres que lutam pelos direitos dos trabalhadores do campo e que hoje é conduzido, com muita competência, com muita luta e com muita responsabilidade por Tânia”. “Ela é muito merecedora dessa homenagem e nós nos sentimos muito orgulhosos por isso”, concluiu.

A deputada Cida Ramos destacou a presença de pessoas, homens e mulheres, com muita representatividade na homenagem a Tânia que, segundo ela, tem muitos significados, “porque ela é muito representativa”. “Todos nós estamos muito felizes e orgulhosos por esta homenagem está sendo feita a Tânia. Aqui nós sentimos isso porque ela é uma homenagem simbólica da resistência e que leva o nome de Margarida Maria Alves. Tânia é alguém que eu aprendi a conhecer; Tânia é alguém de quem eu fui me aproximando e aprendendo. Tânia tem uma firmeza, uma determinação, uma coragem enorme. Tânia é daquelas pessoas que a gente reconhece como companheira imprescindível na luta contra as injustiças sociais, porque o nome dela é coragem”, declarou.

A ativista Tânia Maria de Sousa disse que a sensação de receber a homenagem se torna “mais forte ainda quando a medalha recebe o nome de uma mulher que teve um compromisso com a classe trabalhadora do nosso estado, na defesa dos seus direitos, num tempo onde a mulher não tinha tanta visibilidade e que o povo não tinha reconhecimento dos seus direitos”.

“Para mim, é essa a responsabilidade grande que eu tenho de carregar, e que trago comigo. Fico feliz pelo reconhecimento que esta Casa, através do deputado Chió, tem para com o nosso trabalho na Comissão Pastoral da Terra, que, seguindo os passos de Margarida, defende a causa dos trabalhadores rurais, seja pela terra e seja por direitos gerais como casa, educação, saúde, etc. O direito da mulher, a visibilidade do papel da mulher na sociedade. E nós temos desempenhado esse trabalho com muita maestria. Então, eu me sinto assim, muito honrada de ser reconhecida por esse trabalho que a gente desempenha na Comissão Pastoral da Terra”, acrescentou.

Também prestigiaram o evento, a vereadora Valdirene Rosas, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Tito (PB); a ativistas Rosilda de Fátima Soares, representando a Associação de Assentamento Dona Antônia; Alane Maria, representando o Memorial das Ligas Camponesas; Joseane Souza, representando a Comissão Pastoral da Terra; Dilei Aparecida, representando o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST); e Iara Enéas, representando a Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag).

PERFIL DA HOMENAGEADA

Tânia Maria de Sousa nasceu na Fazenda Gendiroba, localizada no município de Mari (PB), em 09 de março de 1964. Sua jornada de comprometimento com a educação e a transformação social teve início como professora na Escola Rural Mista de Cipoal, onde lecionou entre os anos de 1981 e 1984. Atuou no campo da alfabetização de trabalhadores canavieiras nos anos de 1985 e 1986. Iniciou sua formação religiosa em Palmeira dos Índios (Alagoas), no período de 1989 a 1991, atestando seu profundo compromisso com valores éticos e espirituais que têm guiado sua jornada.

O marco de sua atuação junto aos frades franciscanos em Alhandra a partir de 1992 e seu engajamento subsequente na Comissão Pastoral da Terra (CPT) em 1993 revelam sua determinação em enfrentar desafios complexos em prol dos direitos humanos e Sociais.

Confira imagens:

Continue Lendo

Paraíba

Sine-PB disponibiliza mais de 530 vagas de emprego em 10 municípios paraibanos

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O Sistema Nacional de Emprego da Paraíba (Sine-PB) oferta, a partir desta segunda-feira (15), 533 vagas de emprego, em 10 municípios paraibanos. Em João Pessoa, serão disponibilizadas 202 vagas – o maior número de oportunidades – entre as quais se destacam os cargos de pedreiro, ajudante de motorista e carpinteiro com 10 vagas para cada. As demais vagas estão distribuídas nos postos das cidades de Campina Grande, Bayeux, Sapé, São Bento, Santa Rita, Patos, Cabedelo, Pombal e Guarabira.

No posto Sine-PB e nas quatro unidades de atendimento localizadas em João Pessoa ainda estarão disponíveis vagas para os cargos de trabalhador de preparação de pescados, com oito vagas; motorista entregador, seis vagas; armador de ferros, eletricista e servente de obras, com cinco vagas para cada cargo; operador de telemarketing ativo e receptivo e consultor de vendas, com quatro vagas para cada cargo, além de outras oportunidades em diversas áreas.

Na cidade de Campina Grande, serão 171 vagas, sendo servente de obras (30), servente de obras com ensino fundamental incompleto – 6 meses/CTPS (25), pedreiro, carpinteiro e auxiliar de linha de produção (10 vagas para cada cargo), auxiliar de encanador (5) e auxiliar de linha de produção (médio completo – 6 meses/CTPS), auxiliar de cozinha e servente de obras (4 vagas para cada função) as profissões com o maior número de postos de trabalho disponíveis.

Já em Santa Rita, serão ofertadas 22 vagas de emprego, com destaque para quatro vagas para repositor em supermercados, três para auxiliar de linha de produção e auxiliar de estoque (cada cargo), conferente de carga e descarga, oficial de Serv. Gerais na M. de edificações e conferente de logística, duas vagas cada cargo.

No Sine-PB em Guarabira, serão disponibilizadas 80 vagas. Somente para costureira em geral são 50 vagas, mas exige-se o ensino fundamental incompleto – 6 meses, outras 20 vagas para costureira em geral com fundamental médio incompleto e para costureira em geral com fundamental completo são 10 vagas.

O Sine estadual de Patos terá quatro vagas. As vagas de destaque são para operador de caixa, encarregado de frios, encarregado de açougue e encarregado de hortifrutigrangeiros, uma vaga para cada cargo.

Já em São Bento, das sete vagas disponíveis, duas são para atendente de lojas e mercados, duas para atendente de lanchonete; já gerente de empresas comerciais, auxiliar de estoque e vendedor no comércio de mercadorias, uma vaga para cada cargo. E no posto do Sine/PB de Pombal, uma vaga para ajudante de motorista (médio completo – 1 mês/CTPS).

Ainda há 11 vagas no posto Sine-PB – Cabedelo, que estão assim distribuídas: duas vagas para fiscal de prevenção de perdas e duas para operador de caixa; para supervisor de logística, repositor em supermercados, auxiliar de linha de produção, uma vaga para cada cargo, entre outras funções.

No município de Bayeux, serão disponibilizadas 21 vagas. Para o cargo de consultor de vendas – cinco vagas, para repositor em supermercados – quatro vagas, conferente de logística e entregador de gás (ajudante de caminhão) – duas vagas cada cargo. As outras ofertas são para os cargos de técnico em segurança do trabalho, supervisor de transportes, serralheiro de alumínio, pintor de estruturas metálicas, analista de recursos humanos, entre outras.

Já no posto de Sapé, 14 vagas são distribuídas para os cargos de recepcionista, em geral, (três vagas), operador de telemarketing ativo e receptivo (duas vagas), as outras ofertas são distribuídas em diversas áreas como balconista, biomédico, auxiliar de enfermagem, atendente de padaria, gerente comercial, pasteleiro e técnico em saúde bucal.

O Sine-PB possui atualmente 15 postos em funcionamento, e mais quatro unidades de atendimento em 15 municípios: João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras, Mamanguape, Monteiro, Pombal, Sapé, Bayeux, Conde, Guarabira, Itaporanga, São Bento, Santa Rita, Cabedelo e Patos.

O Sistema realiza o trabalho de recrutamento de pessoal para empresas instaladas ou que irão se instalar no estado. Esses serviços podem ser solicitados pelo e-mail: [email protected].

Confira aqui as vagas

Telefones do Sine-PB para contato:

João Pessoa – 3218-6617 – 3218-6600

Bayeux – 98619-1918

Cabedelo – 3250-3270

Cajazeiras -3531-7003

Campina Grande – 3310-9412

Guarabira – 3271-3252

Itaporanga – 3451-2819

Mamanguape – 3292-1931

Monteiro – 99863-3217

Patos – 3421-1943

Santa Rita – 3229-3505

Sapé – 3283-6460

Pombal – 3431-3545

Conde – 3298-2025

São Bento – 3444-2712

Continue Lendo

Paraíba

Maior festival de ciclismo do Nordeste acontece neste domingo

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O maior festival de ciclismo do Nordeste, acontece neste domingo, na Estação Ciência Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, a partir das 06 horas da manhã. A Volta Ciclística de João Pessoa | Cannondale 2024, tem a expectativa de reunir cerca de 1000 participantes e contará com três modalidades de competição: MTB, Speed e Kids.

A categoria MTB, sigla para Mountain Bike, terá um percurso de 36 quilômetros. Nesta edição o evento conta com várias novidades, inclusive a mudança de localização da arena da Volta Ciclística. Serão 3 voltas, saindo da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, seguindo para o Centro de Convenções e voltando à Estação Cabo Branco. A modalidade Speed terá 48 quilômetros no mesmo percurso. A modalidade kids, por sua vez, tem um percurso reduzido entre um e dois quilômetros.

Retirada dos Kits

– A entrega dos kits da competição acontecerá no Centro Universitário Uniesp, sábado (13), das 10h às 17h;

– Não terá entrega de kit no dia do evento;

– O kit somente poderá ser retirado pelo (a) atleta inscrito mediante apresentação do comprovante de inscrição e documento com foto;

– A retirada de kits só poderá ser efetuada por terceiros mediante apresentação de cópia impressa do comprovante de inscrição e cópia impressa do documento com foto do titular da inscrição que serão retidas pela organização;

– A inscrição da prova Volta Ciclística de João Pessoa é pessoal e intransferível, não podendo qualquer pessoa ser substituída por outra, em qualquer situação.

Realização

A competição é uma realização da Run Eventos e Zenite Esportes, responsáveis também por organizar a Maratona de João Pessoa, Meia Maratona de João Pessoa e Jampa Run.

Este ano o evento conta com os patrocínios de Cannondale, São Braz, Construtora Alliance, HB, Thule, Alares, Uniesp, Mais Cabello e Vierbrauer. A Volta Ciclística também conta com a parceria da GR8 Sports, Reabilita Fisioterapia e MBike, além do apoio da Prefeitura de João Pessoa.

Serviço – Volta Ciclística de João Pessoa

Data: 14 de julho de 2024, a partir das 6 horas (concentração e aquecimento)

Concentração e Largadas: Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes, Av. João Cirilo da Silva S/N, Altiplano Cabo Branco.

Início das Provas:

Categoria Speed – 6h00

Categoria Kids – 7h50

Categoria  MTB – 8h10

 

Valores:

ADULTO

Kit Gold – R$200 (com camisa)

Kit Básico – R$150 (sem camisa)

 

KIDS

Kit Gold – R$120,00 (com camisa)

Kit Básico – R$50,00 (sem camisa)

Continue Lendo

Paraíba

Ruy reforça importância da causa animal com destinação de emendas e autoria de projetos

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O deputado federal, Ruy Carneiro (PSC/Podemos), utilizou as redes sociais neste sábado (13/07) para destacar ações e investimentos destinados durante o mandato à promoção e melhorias da causa animal.

Além de ter encaminhado R$ 1,3 milhão em recursos para construção e compra de equipamentos ao Hospital Veterinário de João Pessoa, o parlamentar também elencou Projetos de Lei na área.

As iniciativas têm como objetivo prevê punições mais rigorosas em casos de maus tratos aos animais, como também determina a espaços que comercializem animais tenham disponíveis um médico veterinário responsável pelo ambiente.

“A causa animal pra mim tem um valor muito importante. Por isso, eu tenho dedicado tanto esforço pra defender o direito desses animais com projetos de Lei e também doando para as ONGs parte do auxílio-mudança, que a Câmara paga mas eu não aceito receber”, frisou.

Veja:

Continue Lendo