Nos acompanhe

Negócios

Assaí Atacadista apoia empreendedoras com cursos de qualificação e premiações

Publicado

em

Celebrado no mês de novembro, o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino (19/11) foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) debater a equidade no mercado de trabalho e estimular a criação de negócios geridos por elas. De acordo com o IBGE, no 3º trimestre de 2020, 8,6 milhões de mulheres lideravam empreendimentos no Brasil, o que constitui 34% dos proprietários de negócios ؘ– com variações nos estados entre 25% (em Rondônia) e 39% (em Sergipe).

Empreendedorismo feminino no Nordeste

Segundo informações da Be.labs, primeira aceleradora de empreendimentos femininos do Nordeste, em pesquisa de março deste ano com mais de 600 mulheres de seis estados na região revelou que apenas 8% aceitariam uma vaga de trabalho CLT no lugar do negócio próprio. O resultado demonstra que, mesmo com a sobrecarga de empreender, a autonomia e a liberdade proporcionadas são mais atrativas.

Ter o próprio negócio importa sobretudo para as mulheres nordestinas. Enquanto no Brasil, 48,7% das mulheres empreendedoras são chefes de família, localmente, este percentual sobe para 52%. Além disso, a média de empreendedoras que também são mães é de 53%, enquanto 71% das nordestinas se encaixam neste perfil. Os números enfatizam a importância do empreendedorismo feminino na região para a economia das famílias, conforme apontam os dados sociodemográficos abaixo:

Números do empreendedorismo feminino no Nordeste
(Fonte: Be.labs)

Idade média: 38,5 anos
Casadas: 41%
Com filhos: 71%
Chefes de Família: 52,3%
Com 1 a 3 salários-mínimos/Mês: 56%
Menos de 1 salário-mínimo mês: 28%
segmento de produção (artesanal, confeitaria, alimentação): 41,6%
Faturamento anual de R$ 1 mil até R$ 50 mil: 82,9%

Comparado aos homens, mulheres empreendedoras têm maior escolaridade, são mais jovens, ganham menos, trabalham mais sozinhas, tem estruturas de negócio mais simples e contribuem mais à previdência. Apesar das desigualdades persistentes, 49% das donas de negócio são chefes de domicílio. Setorialmente, as mulheres predominam em serviços, notadamente em alojamento e alimentação, representando 25% dos empreendimentos no setor.

Esse é o caso de Vanessa Lima de Almeida, proprietária do Bolos da Nêssa na cidade de Santa Rita (PB), uma das vencedoras da etapa regional da 6ª edição do Prêmio Academia Assaí. “Não se trata apenas do valor financeiro que recebemos como prêmio, que, sem dúvida, será de grande auxílio, mas sobretudo da riqueza de conhecimento adquirida. Um reconhecimento de todo o esforço dedicado ao longo do processo e uma validação de nossa trajetória como empreendedores”, destaca a empreendedora.

A edição de 2023 do Prêmio selecionou 570 pessoas da região Nordeste, dentre essas, 6 comerciantes que avançaram para etapa nacional, em São Paulo, que aconteceu em outubro. Todas as vencedoras da região Nordeste eram mulheres, autodeclaradas como pretas e pardas. Além da empreendedora da Paraíba, outras três vieram de Salvador (BA), uma do Crato (CE) e outra de Paulista (PE).

Reconhecido como parceiro dos(as) pequenos empreendedores, especialmente do setor de alimentos (como restaurantes, pizzarias e lanchonetes), o Assaí é o ponto de apoio e abastecimento das mulheres empreendedoras que têm negócios no Nordeste.

A Academia Assaí é um programa de empreendedorismo do Instituto Assaí, organização social do Atacadista, que visa oferecer capacitação aos micros e pequenos negócios do ramo alimentício – sejam eles formalizados ou não – em qualquer região do Brasil. Ele funciona como uma plataforma completa de conteúdos, cursos on-line e oportunidades. Por lá, empreendedores(as) de todo Brasil encontram treinamentos gratuitos destinados a(à) aqueles(as) que desejam entender os processos de uma empresa, administrar melhor os recursos financeiros e humanos do negócio, assim como aprender a gerenciar questões relativas à fidelização de clientes, por exemplo.

Continue Lendo

Negócios

Rede Nord lança ‘Nord em Movimento’ para incentivar a prática de esportes e qualidade de vida

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A Rede Nord de Hotéis lançou, na manhã deste sábado (02), o Nord Movimento, ação que visa melhorar a qualidade de vida dos colaboradores e oferecer práticas esportivas para os seus clientes. O movimento tem a parceria da Sílvia Beach Tênis e da Faculdade Uniesp e acontece nas unidades de João Pessoa e Patos, na Paraíba, e Juazeiro do Norte, no Ceará.

De acordo com Patrícia Cantalice, diretora da Rede, a ação acontecerá sempre aos sábados e faz parte do projeto da Nord de melhorar a qualidade de vida dos seus colaboradores e tornar a estada dos clientes ainda mais participativa e dentro do espírito de melhor prestação de serviços e atendimento da rede.

A executiva destaca que a Nord, no ano de 2019, foi a considerada a terceira melhor empresa para se trabalhar na Paraíba e a sétima no Brasil no segmento do Turismo, segundo o GPTW – Great Place To Work®️ – consultoria global que apoia organizações a obter melhores resultados por meio de uma cultura de confiança, alto desempenho e inovação.

Durante as atividades, houve aula de Beach Tennis, treino funcional, dança e alongamento, além de um café da manhã saudável! Para Carlos Gabriel, um dos colaboradores da Nord, a ação é boa para o corpo, para a mente e para recarregar as energias! “O melhor de tudo isso, é que o projeto é contínuo e não se limita somente aos funcionários. Orgulho de ser Nord!”, expressou o colaborador.

“Desde que entrei na Nord pude perceber que existe um trabalho interno muito ativo para os funcionários. Em todas as ações que participamos sempre saímos melhores, com aprendizados, novas técnicas e nova visão de futuro. Dessa vez a ação implantada foi para cuidar do corpo, e que momento incrível!”.

Continue Lendo

Negócios

Sine-PB disponibiliza mais de 400 vagas de emprego em onze cidades

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O Sistema Nacional de Emprego da Paraíba (Sine-PB) disponibiliza, a partir desta segunda-feira (4), 436 vagas de emprego em dez municípios, além da Capital. Em João Pessoa há 203 oportunidades, entre elas, 39 para pedreiro e 10 para manobrista. Também há vagas nas cidades de Campina Grande, Santa Rita, Patos, Conde, Mamanguape, Cabedelo, Guarabira, São Bento, Monteiro e Sapé.

Na Capital ainda há vagas para operador de máquinas fixas em geral (18), motorista de ônibus urbano (15), ajudante de carga e descarga de mercadoria (10), pintor de obras (nove), atendente de lanchonete (duas), revisor gráfico (duas), assistente de cobrança (uma) e assistente administrativo (uma).

Campina Grande dispõe de 139 vagas. Entre elas: consultor de vendas (20), carpinteiro (sete), técnico em acupuntura (duas), garçom (duas), porteiro (duas), jardineiro (uma) e locutor anunciador (uma).

A cidade de Santa Rita tem 34 vagas de emprego. Ente as opções estão: auxiliar de linha de produção (11), vendedor interno (cinco), mestre caldeireiro (duas) e recepcionista (duas).

No Sertão, em Patos, são 22 vagas de emprego pelo Sine-PB, para vendedor de comércio varejista (cinco), pedreiro (duas), auxiliar de cozinha (duas) e esteticista corporal (uma), entre outras.

Na cidade de Conde há 13 oportunidades para quem busca emprego. São elas: auxiliar de logística (cinco), operador de empilhadeira elétrica (quatro) e encarregado de almoxarifado (uma).

No posto do Sine-PB de Mamanguape estão em oferta nove vagas, das quais seis são na área de vendas.

Cabedelo oferece oito vagas de emprego pelo Sine estadual nos cargos de arquivista de documentos, gerente de restaurante e técnico na manutenção de ferramentas.

No Brejo, em Guarabira, há apenas três vagas. Todas para promotor de vendas. No Sine-PB de São Bento conta com três vagas para esteticista, gerente de loja e supermercado e operador polivalente da indústria têxtil.

Em Monteiro o Sine da Paraíba tem uma vaga para motorista de caminhão e em Sapé uma para auxiliar financeiro.
O Sine-PB possui atualmente 15 postos em funcionamento, e mais quatro unidades de atendimento em 15 municípios: João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras, Mamanguape, Monteiro, Pombal, Sapé, Bayeux, Conde, Guarabira, Itaporanga, São Bento, Santa Rita, Cabedelo e Patos.

O Sistema realiza o trabalho de recrutamento de pessoal para empresas instaladas ou que irão se instalar no estado. Esses serviços podem ser solicitados pelo e-mail: [email protected].

Confira as vagasTelefones do Sine-PB para contato:
João Pessoa – 3218-6617 – 3218-6600
Bayeux – 3253-2818
Cabedelo – 3250-3270
Cajazeiras -3531-7003
Campina Grande – 3310-9412
Guarabira – 3271-3252
Itaporanga – 3451-2819
Mamanguape – 3292-1931
Monteiro – 99863-3217
Patos – 3421-1943
Santa Rita – 3229-3505
Sapé – 3283-6460
Pombal – 3431-3545
Conde – 3298-2025
São Bento – 3444-2712

Continue Lendo

Negócios

Obras do OMNI Life & Health impulsionam setor e oferecem oportunidades de emprego

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital
Nos pilares da economia, a indústria da construção civil é uma das forças vitais. Nos últimos anos, o setor na Paraíba tem testemunhado uma ascensão significativa, refletida não apenas em novos empreendimentos e projetos, mas também no expressivo aumento do número de postos de trabalho disponíveis.
Em 2023, a Paraíba registrou um saldo positivo de 5.210 novos trabalhadores no setor da construção, marcando o quarto ano consecutivo de crescimento, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgados pelo Sinduscon João Pessoa.
Na capital, os resultados são ainda mais promissores. O saldo de empregos pulou de 632 postos em 2022 para 1.829 em 2023, representando um aumento de aproximadamente 200% em relação ao ano anterior. “Esse crescimento reflete principalmente o aumento populacional em João Pessoa e Cabedelo, observado nos últimos anos. É um cenário bastante positivo para o mercado”, avaliou Lucas Silveira, gestor de comercial da Massai.
O OMNI Life & Health, em andamento no bairro de Manaíra, é atualmente a maior construção de João Pessoa e a maior do Nordeste no segmento medical. O local conta com 108 colaboradores em seu canteiro de obras. José Neto, engenheiro civil responsável, afirma que a previsão é de aumentar o quadro de colaboradores gradativamente durante o ano, abrindo novas frentes de trabalho. “Além de estarmos sempre selecionando novos colaboradores, também priorizamos avaliar e capacitar os bons colaboradores que já temos em casa”, contou.
Vagas abertas – Atualmente, o OMNI Life & Health dispõe de 13 vagas em aberto, sendo cinco para carpinteiros e oito para ajudantes de obras. Experiência na área é requerida para as vagas de carpinteiro. As entrevistas de emprego e mais informações sobre as vagas estão sendo realizadas diretamente no canteiro de obras, localizado na rua Juvenal Mário da Silva, 710 – Manaíra, João Pessoa.
Sobre o OMNI Life & Health – Maior Medical Center do Norte/ Nordeste, o OMNI Life & Health está em fase de construção em um terreno de mais de 5.600m² em João Pessoa (PB). Com entrega prevista para 2027, o OMNI já é referência em inovação e tecnologia construtiva. O empreendimento terá 33 pavimentos em um único complexo, serviços de saúde, mall e moradia. Para conhecer mais sobre o OMNI Life & Health, o site é https://www.omnipb.com.br/ , o telefone (83) 99138-1352 e o Instagram @omni.pb.

Continue Lendo