Nos acompanhe

Negócios

O Boticário lança programa de inovação aberta em economia circular para impulso da sustentabilidade

Publicado

em

O Boticário acaba de lançar o edital de “Resíduo Extinto”, um programa de inovação aberta para selecionar um negócio de impacto com foco em economia circular. Neste edital, desenvolvido em parceria com a Artemisia, organização pioneira no Brasil no apoio a negócios de impacto social e ambiental, a gigante da beleza irá selecionar uma iniciativa voltada à redução, circularidade, logística reversa e/ou reciclagem de resíduos sólidos para receber até R$100 mil para desenvolver um projeto-piloto. A Iniciativa faz parte do projeto Extinto, movimento criado pela marca de beleza para ampliar a conscientização sobre o descarte de resíduos sólidos e a preservação ambiental.

As inscrições já estão abertas no site oficial do programa e vão até 18 de abril. Poderão participar do processo seletivo startups de impacto com modelos financeiramente sustentáveis e alinhadas aos desafios do programa. Os negócios submetidos devem estar em fase de operação, tração ou em busca de escala.

“Procuramos empresas com soluções inovadoras, que estejam alinhadas com o propósito do Extinto, que é alertar a população sobre a mudança coletiva de hábitos e a importância do consumo consciente. Nosso objetivo é gerar impacto socioambiental positivo por meio de novas tecnologias, produtos ou serviços sustentáveis e, assim, contribuir efetivamente para a mudança do cenário de gestão de resíduos sólidos, fomentando negócios com atuação perene para fortalecer essa frente”, conta Luis Meyer, Diretor de ESG do Grupo Boticário.

O negócio escolhido será anunciado até o dia 13 de junho e a previsão é que o programa tenha início em julho, com seis meses de duração. Após a seleção, Artemisia e Boticário irão desenhar, junto com o negócio, um plano de trabalho com escopo e cronograma que guiará o andamento do piloto. Durante todo o processo, a empresa selecionada receberá suporte individual de um time de especialistas em inovação, desenvolvimento de negócios, impacto socioambiental e outros temas pertinentes, que contribuírão para o fortalecimento da estratégia de negócio.

A Artemisia entra como parceira estratégica na realização e execução do edital, intermediando a relação entre Boticário e o negócio de impacto selecionado. A organização é pioneira no apoio a negócios de impacto no Brasil, fundada com a missão de potencializar empreendedores que criam soluções para problemas sociais ou ambientais.

Priscila Martins, diretora de Relacionamento Institucional da Artemisia, comenta que a organização existe para identificar e potencializar negócios de impacto que possam endereçar grandes desafios sociais e ambientais do Brasil. “No país, há muitos empreendedores liderando negócios com enorme potencial para contribuir com soluções inovadoras para problemas críticos da nossa sociedade, entretanto, há uma clara demanda por apoio para fortalecer e impulsionar o crescimento dessas empresas. Acreditamos que a inovação aberta é uma ferramenta poderosa para endereçar o suporte a esses negócios de impacto e, consequentemente, alavancar mais rapidamente as transformações positivas na ponta. Por isso, a Artemisia possui uma frente dedicada a aproximar estes empreendedores – e suas soluções –, de grandes empresas focadas em contribuir com a resolução de questões sociais ou ambientais, e que ofereçam ambiente de testes, recursos e as próprias expertises para fortalecer a inovação e a geração de impacto.

Priscila complementa que a organização se une a parceiros que têm intenção genuína e ações concretas, em busca de contribuir para a resolução de grandes desafios da nossa atualidade, como é o caso do Grupo Boticário. “Estamos juntos no desafio de identificar e alavancar inovações voltadas a uma temática urgente, que é a Economia Circular”.

Para Luis Meyer, o programa é mais uma oportunidade de fomentar a inovação aberta no Brasil, por meio da atuação responsável do Grupo Boticário, considerado a 3ª empresa de beleza mais sustentável do mundo, segundo o Corporate Sustainability Assessment (CSA) da S&P Global na categoria de Produtos Pessoais, em resultado divulgado em 22 de dezembro de 2023.

“A sustentabilidade é um pilar muito importante para nós, por isso, estamos sempre atentos a oportunidades e novas ideias e soluções que nos ajudem a expandir nossa atuação e fomentar negócios que contribuam efetivamente para a conservação ambiental. Esse é o nosso grande objetivo. Como empresa que atua há mais de 40 anos focada na construção de um mercado de beleza mais sustentável, utilizaremos toda a nossa expertise para impulsionar novas ideias de como melhorar o cenário alarmante de gestão de resíduos sólidos que vemos não só no Brasil, mas em todo o mundo”, comenta o executivo.

Conexão com Projeto Extinto

Atualmente, mais de 2 bilhões de toneladas de lixo são geradas mundialmente a cada ano, de acordo com o relatório Global Waste Management Outlook 2024, publicado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em março deste ano. Segundo a entidade, a falta de medidas eficazes pode chegar a 3,78 bilhões de toneladas de resíduos produzidos globalmente até 2050, o que representa uma alta de 56% quando comparado ao ano de 2020.

Diante deste cenário, Boticário faz um importante alerta para a sociedade: se não mudarmos os hábitos de consumo e gestão de resíduos sólidos, os cheiros originais de paraísos naturais, no Brasil e ao redor do mundo, vão desaparecer em breve. O lançamento do programa de inovação aberta marca uma nova etapa do projeto que busca, além de potencializar a conscientização e sensibilização sobre a temática junto à sociedade, impulsionar iniciativas que contribuam efetivamente para a transformação que o Boticário tanto busca e incentiva.

“Sabemos que a situação alarmante atual exige mudanças efetivas e, por isso, queremos dar o próximo passo para que o projeto Extinto, que representa um chamado urgente, seja também um impulsionador de novas ideias e soluções. Atuamos de forma consistente em torno da sustentabilidade desde o início das operações do Boticário, há mais de 4 décadas, pois esta é uma frente prioritária e que está no centro da nossa estratégia de negócio”, destaca Marcela de Masi, diretora-executiva de Branding e Comunicação do Grupo Boticário.

A marca está atenta ao cenário de descarte de resíduos sólidos de forma mais ativa desde 2006 graças ao programa Boti Recicla – o maior programa de logística reversa do Brasil em pontos de coleta. A capilaridade da varejista de beleza, que está presente em 1650 municípios brasileiros, permite otimizar os números alarmantes do cenário brasileiro – como o que revela baixo percentual (4%) de reciclagem do lixo descartado diariamente – mas depende de um chamado para que a sociedade se engaje na causa e, junto a outros agentes transformadores, possa reduzir os impactos negativos ao meio ambiente.

Além disso, algumas marcas de perfumaria possuem refil e vem para garantir a diminuição de resíduos gerados, por possibilitar ao consumidor o aproveitamento da embalagem regular com o uso do refil e reduzir, dessa forma, 89% a quantidade de resíduos gerados em relação à embalagem original, o que contribui para a redução da demanda por recursos naturais.

Sustentabilidade é uma preocupação constante do Grupo Boticário, que vive o ESG na prática e traduz a força da sigla em ações de impacto. A companhia foi pioneira nesta frente ao criar, em 1990, a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza (FBG), parceira do Boticário na construção de Extinto, e, em 2004, o Instituto Grupo Boticário – instituições atuam a partir de uma agenda positiva e mobilizam centenas de atores, de diferentes setores da sociedade, em prol da conservação de diversos biomas e espécies.

Sobre O Boticário

O Boticário é uma empresa brasileira de cosméticos e marca primogênita do Grupo Boticário. A marca de beleza mais amada e preferida dos brasileiros* foi inaugurada em 1977, em Curitiba (Paraná), e tem a maior rede franqueada** de Beleza e Bem-estar do Brasil com pontos de venda em 1.650 cidades brasileiras e com presença em 15 países. O Boticário conta com um amplo portfólio composto por itens de perfumaria, maquiagem e cuidados pessoais e está presente nos canais de loja, venda direta e e-commerce. Comprometida com as pessoas com o planeta, a marca possui o maior programa de logística reversa em pontos de coleta do Brasil, o Boti Recicla. Além de fazer parte do movimento Diversa Beleza – um compromisso com a beleza livre de estereótipos – e não realiza testes em animais. Fontes:

*Kantar, LinkQ On-line, maio de 2022. **ABF (Associação Brasileira de Franchising). Ranking das 50 maiores redes de franquias do Brasil por número de unidades de 2022.

Sobre a Artemisia

A Artemisia é a organização pioneira no apoio a negócios de impacto no Brasil. Tem como missão potencializar negócios que criam soluções para problemas sociais ou ambientais e provocam impacto positivo por meio da sua atividade principal. Para isso, lidera iniciativas de fortalecimento a negócios de impacto – via programas de aceleração, apoio em pilotos de inovação aberta e articulação de investimento –; conecta grandes empresas ao universo dos negócios de impacto; e desenvolve conhecimentos sobre o tema. Fundada em 2005, possui atuação nacional e já impulsionou mais de 770 iniciativas de impacto de todo o Brasil em seus diferentes programas.

https://artemisia.org.br/

Continue Lendo

Negócios

Restaurantes participantes da Paraíba Restaurant Week registram crescimento de até 40% nas vendas

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Os restaurantes participantes da sexta edição da Paraíba Restaurant Week registraram um crescimento de até 40% nas vendas em comparação ao período pré-festival. Os números, que consideram apenas as duas primeiras semanas de evento, têm potencial de crescimento ainda maior: a edição 2024 do festival gastronômico segue em 45 restaurantes de João Pessoa até o dia 21 de abril.

De acordo com Célio Catalan, gestor do Moman Cozinha Contemporânea, o festival ajuda a democratizar o acesso da alta gastronomia a pessoas que não costumam frequentar os restaurantes da capital.

“Quem nos visita durante a Restaurant Week fica sabendo que temos opções mais acessíveis”, explica Célio. “É como abrir as portas da nossa casa para novas oportunidades de boas experiências”, acrescenta.

Para Marina Sá, organizadora do festival, além de estimular o acesso à alta gastronomia para moradores e turistas, o festival ajuda a movimentar a economia gastronômica da cidade.

“Especialmente neste ano, estamos realizando a Restaurant Week em um período de baixo movimento para os restaurantes, atendendo a pedidos do setor”, comenta Marina. “Os meses de março e abril geralmente têm menor movimento nos estabelecimentos ao longo do ano, então o festival vem como uma ferramenta para aquecer o setor e a economia da cidade”, diz.

Festival oferece menus completos a partir de R$ 62,90

Na Restaurant Week, festival internacional criado em Nova Iorque que se transformou no maior evento da área no Brasil, os restaurantes participantes desenvolvem menus especiais a preços super atrativos, abrindo espaço para os talentos da culinária local e democratizando o acesso à alta gastronomia.

Como no ano passado, os restaurantes participantes vão oferecer dois menus para o público: o Menu Week, com almoço a R$ 62,90 e jantar a R$ 69,90; e o Menu Plus, cardápio reservado para restaurantes de ticket médio mais alto, em que o almoço custa R$ 79,90 e o jantar, R$ 89,90. Ambas as experiências incluem entrada, prato principal e sobremesa.

Além de promover o acesso à alta gastronomia por preços atraentes, a Restaurant Week mais uma vez retorna com ações de impacto social que já são marca registrada do festival. Nesta edição, o evento vai repetir a parceria de sucesso do ano passado e beneficiar a Casa da Criança com Câncer, organização fundada em 1997 que oferece suporte a crianças do interior do estado que estão em tratamento oncológico.

Continue Lendo

Negócios

Exposição imersiva “O Auto de Ariano, o Realista Esperançoso” estreia neste domingo, no Luzzco

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Experiência única que mergulha nos universos artístico e humano de Ariano Suassuna, um dos maiores ícones da literatura brasileira, a exposição imersiva “O Auto de Ariano, o Realista Esperançoso”, estreia neste domingo (14/04), no Luzzco, espaço de arte e cultura na Paraíba.

A exposição estará aberta ao público de quarta a domingo, das 14h às 21h, com duração de cada sessão de cerca de uma hora e maia de duração. Serão seis por dia. Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia) no site https://outgo.com.br/luzzco ou na bilheteria física.

Co-criada em participação com o neto mais velho de Ariano, João Suassuna, a exposição oferece aos visitantes a oportunidade de explorar as diversas facetas da vida e obra de Ariano de maneira inovadora e sensorial. Com uma combinação de tecnologia, cenografia e elementos físicos, os participantes serão transportados para o universo criativo e emocional do autor, poeta e dramaturgo.

Os participantes vão poder  explorar os diferentes aspectos da vida de Ariano Suassuna em uma viagem pelas raízes da cultura popular brasileira e pela vida e obra de um dos maiores intelectuais do país. A exposição está dividida em cinco atos imersivos, além da introdução. Ato I: Amor pela poesia; Ato II: Amor pela sua aldeia; Ato III: Amor da vida; Ato IV: Amor que contagia e Ato V: Amor imorrível.

Sobre o Luzzco — O primeiro espaço imersivo de arte, cultura e inovação da Paraíba vai além das molduras convencionais e proporciona uma experiência única e envolvente para toda a família. O Luzzco utiliza a mesma tecnologia das maiores exposições imersivas do mundo e é equipado com recursos audiovisuais que permitem a criação de obras que se modificam de acordo com o movimento, o som e o toque das pessoas. No local, as paredes, o chão e o público se tornam parte integrante das obras. O Luzzco fica localizado na Rua Severino Garcia Galvão, 161, no Altiplano, em João Pessoa. O horário de funcionamento é de quarta a domingo, das 14h às 21h. Para saber mais e informações sobre ingressos, o telefone é o (83) 98858-0015 e o Instagram é @luzzco.

Confira imagens:

Continue Lendo

Negócios

Setor de serviços na Paraíba cresce 11,4% e registra 2ª maior expansão do País, revela IBGE

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Com taxa de expansão acima de dois dígitos, o volume do setor de serviços na Paraíba apresentou o segundo maior crescimento do País em fevereiro deste ano, segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), que foram divulgados, nesta sexta-feira (12), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Paraíba registrou alta de 11,4% no faturamento do setor em fevereiro sobre o mesmo mês do ano passado.

A Paraíba (11,4%) e o Acre (19,5%) – que liderou o indicador em fevereiro – foram os únicos que apresentaram expansão acima de dois dígitos, enquanto o país cresceu 2,5%. No acumulado do primeiro bimestre, a Paraíba também acumula alta de dois dígitos (10%), segunda maior taxa também no indicador ao lado do Amazonas (10%), liderado pelo Acre (21,8%). A média do bimestre do País é de 3,3%.

PARAÍBA LIDERA NO NORDESTE – O crescimento da Paraíba no setor de serviços destoa entre os nove Estados na Região Nordeste, na comparação de fevereiro frente ao mesmo mês do ano passado. No ranking da Região, a Paraíba com 11,4%, lidera o índice. É seguido bem atrás pelo Piauí (6,1%). Com taxas mais modestas, aparecem os Estados de Sergipe (3,5%), Maranhão (3,3%) e Pernambuco (2,1%), enquanto Bahia e Ceará empatam com apenas 1,6%. Já os estados do Rio Grande do Norte (-0,3%) e Alagoas (-0,2%) foram os únicos que recuaram.

Segundo o IBGE, o avanço daquele mês foi acompanhado por quatro das cinco atividades e contou ainda com crescimento em 59,6% dos 166 tipos de serviços investigados. Entre os setores em crescimento de fevereiro frente ao ano passado, o de informação e comunicação exerceu o principal impacto positivo, impulsionado, principalmente, pelo aumento da receita em telecomunicações; desenvolvimento e licenciamento de softwares; suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação; TV aberta; e edição integrada à impressão de livros. Os demais avanços vieram dos profissionais, administrativos e complementares; dos prestados às famílias; e dos outros serviços.

A PESQUISA – A Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)  produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do setor de serviços do país e dos Estados, investigando a receita bruta de serviços nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, que desempenham como principal atividade um serviço não financeiro, mas excluídas as áreas de saúde e educação. Ao lado da administração pública, os setores de serviços e de comércio têm os maiores pesos na composição do PIB do País e dos Estados.

Continue Lendo