Nos acompanhe

Negócios

Universidade desenvolve motor a etanol com mesmo consumo de motores à gasolina

Publicado

em

Após 14 anos de estudo, pesquisadores da UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais – conseguiram acabar com o conceito que o etanol consome 30% a mais em relação à gasolina graças às modificações no sistema de combustão do motor. A nova tecnologia será apresentada no “IV Seminário Sobre Etanol Eficiente” realizado pelo Instituto Nacional de Eficiência Energética no dia 25 de outubro, em Jundiaí

O motor movido a etanol com eficiência igual a do diesel e consumo de combustível inferior ao da gasolina acaba de ser desenvolvido por pesquisadores da UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais. O estudo acaba de ser concluído e prova que esta tecnologia pode facilmente ser adaptada em automóveis de pequeno e grande portes no país desde que haja interesse dos órgãos públicos e privados.

A viabilidade do motor movido a etanol será apresentada durante o “IV Seminário Sobre Etanol Eficiente”, organizado pelo INEE – Instituto Nacional de Eficiência Energética -, que será realizado no dia 25 de outubro, no Tech Center Mahle (Rodovia Anhanguera, sentido interior-capital, Km 49,7), das 8h30 às 17h, em Jundiaí (SP). O programa completo do evento e as inscrições estão disponíveis no site www.inee.org.br.

A pesquisa em laboratório, desenvolvida sob a coordenação do professor e engenheiro mecânico José Guilherme Coelho Baêta, do Centro de Tecnologia da Mobilidade da UFMG e palestrante no Seminário, resultou na criação de um motor 1.0, de 185 cavalos de potência e movido a etanol com eficiência superior aos movidos a gasolina e equivalente, em eficiência, aos que utilizam diesel. O estudo acaba com o conceito de que o etanol consome 30% a mais se comprado a gasolina. “O etanol sempre superou a gasolina em termos de eficiência energética. A novidade aqui é a paridade de consumo de combustível”, explica o professor.

Depois de 14 anos de estudos em busca de tornar o uso do etanol mais viável, pela primeira vez os pesquisadores conseguiram atingir o máximo de sua eficiência, inclusive superando os demais combustíveis. Os pesquisadores modificaram todo o sistema de combustão do motor e reduziram o tamanho da câmara de combustível para facilitar a queima do etanol com cargas elevadas.

O professor Baêta explica que o combustível fóssil tem uma vida útil pequena, de 40 anos, aproximadamente, e que no futuro não será possível depender só de sistemas elétricos. Por isso, é preciso desenvolver tecnologia a partir do uso de matrizes energéticas renováveis. “Cerca de 45% da matriz energética de combustível no Brasil vem de fontes renováveis, enquanto que em outros lugares do mundo este índice gira entorno de 11%. Isso significa que temos condições de sermos autossuficientes, adaptados à realidade do clima tropical”, compara.

Falta de incentivo
Desde o Proálcool – Programa Nacional do Álcool -, financiado pelo Governo Federal entre as décadas de 1970 e 1990 para substituir o petróleo por álcool combustível (termo usado para o etanol na época), não se investiu mais em larga escala em estudos e no desenvolvimento de tecnologias em projetos envolvendo o motor a etanol. O desinteresse das indústrias e universidades contribuíram para que o setor automobilístico brasileiro não se modernizasse de acordo com o potencial energético, tornando-se cada vez mais dependente da tecnologia estrangeira.

Como cada região do planeta dispõe de matrizes energéticas diferentes, as tecnologias desenvolvidas também são diferentes para adaptá-las. Segundo o professor Baêta, as montadoras da frota brasileira são multinacionais e as tecnologias dos veículos são trazidas de fora, desenvolvidas de acordo com os recursos energéticos estrangeiros e não com os renováveis que o Brasil dispõe.

“Ficamos atrasados no desenvolvimento de tecnologias nacionais e isso é uma ignorância do mercado, que não valoriza o que é daqui. Precisamos quebrar paradigmas e deixar de exportar nossas riquezas como matéria prima e, sim, exportar produtos já transformados aqui”, conclui o professor.

Seminário
O seminário discute ainda a utilização do etanol na frota da agroindústria brasileira, visando a redução de custos e de impactos ambientais, a utilização de tecnologias variadas e os desafios e perspectivas de uso do Certificado de Redução de Emissões (CRE) que será criado pelo programa RenovaBio.

Continue Lendo

Negócios

Brasileiros têm como principal expectativa para 2024 a aquisição da casa própria

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A maioria dos brasileiros está animada para realizar o sonho da casa própria neste ano. É o que aponta estudo realizado no final de 2023. A Pesquisa Radar, realizada pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), entrevistou cerca de 2 mil pessoas de todas as regiões do país, mostrando que 6 em cada 10 entrevistados (59%) têm a expectativa de que a economia do Brasil vai melhorar este ano. Os resultados mostram que 31% dos participantes querem adquirir a casa própria, 25% querem aplicar em investimentos bancários e 21% almejam reformar a casa neste ano.

Com o propósito de auxiliar na conquista do sonho da casa própria, a MRV, maior construtora e incorporadora da América Latina, oferece oportunidades exclusivas em quatro dos seus empreendimentos localizados na grande João Pessoa: Jardim dos Corais e Altiplano Village, que ficam na região do Altiplano, o Reserva Almagre e o Reserva Areia Vermelha, que estão em Ponta de Campina.

“Estamos com com condições comerciais especiais em empreendimentos na região do Altiplano e no bairro de Intermares, endereços valorizados no mercado imobiliário da Paraíba. Queremos colaborar com a realização do sonho das pessoas que desejam adquirir sua casa própria”, declara Thiago Resende, gestor comercial da MRV na Paraíba.

Empreendimentos MRV João Pessoa

Jardim dos Corais

O Jardim dos Corais é um condomínio fechado com três torres de 17 pavimentos (térreo + 16 andares) e unidades com vista para o mar do Cabo Branco. Localizado na região do Altiplano, o residencial conta com duas opções de plantas de apartamentos e oferece soluções sustentáveis para o dia a dia, como bicicletário, energia solar nas áreas comuns, dispositivos economizadores de água, dispositivos economizadores de luz, além de previsão para coleta seletiva.

Altiplano Village

O Altiplano Village é um projeto da linha Class que exalta a qualidade e elegância da marca em um dos bairros mais desejados da capital paraibana. Com acabamento diferenciado, apartamentos com plantas de 49 a 59 metros quadrados, com 1 ou 2 quartos (sendo 1 suíte), varanda e opção de área privativa, o Altiplano Village é, acima de tudo, um investimento em qualidade de vida e na credibilidade da MRV.

O empreendimento é composto por 3 torres de apartamentos, com térreo e mais 19 andares, totalizando 480 unidades, com todas as torres equipadas com dois elevadores e vagas de garagem para todas as unidades. Conta com diferenciais como quadras de Beach Tênis, Pet Place, piscinas e quadras esportivas.

Reserva Areia Vermelha e Reserva Almagre

Os condomínios Reserva Areia Vermelha e Reserva Almagre são duas construções que fazem parte de uma linha de produtos que valorizam ainda mais qualidade de vida e comodidade. Localizados em Intermares, os empreendimentos trazem inovações tecnológicas, itens de sustentabilidade, elevadores, varandas para contemplação da paisagem, assim como acabamento diferenciado com bancadas em granito, revestimento do piso ao teto nas áreas molhadas, laminado na sala e quarto, porcelanato, janelas e pisos com o melhor conforto acústico.

Para mais informações, acesse o site www.mrv.com.br e marque uma consulta com um corretor.

Sobre a MRV

Com mais de quatro décadas de mercado e o propósito de construir sonhos que transformam o mundo, a MRV é uma das cinco empresas que compõem a plataforma de soluções habitacionais MRV&CO. É considerada a maior construtora e incorporadora da América Latina, tendo como foco empreendimentos residenciais econômicos, com preços acessíveis para um público que busca o sonho da casa própria. Acesse e conheça mais sobre a MRV: www.mrv.com.br.

Continue Lendo

Negócios

Cinemas terão ingressos custando R$ 12 em João Pessoa

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A Semana do Cinema retorna para os cinemas de João Pessoa durante os dias 22 a 28 de fevereiro disponibilizando os ingressos por um valor único de R$ 12. Além dos ingressos, haverá promoções especiais para os combos de pipoca e refrigerante.

Em João Pessoa, a promoção vale para as salas da Cinépolis, Centerplex e Cinesercla. Com a taxa única, os usuários podem desfrutar de produções indicadas ao Oscar como Pobres Criaturas, de Yorgos Lanthimos, Zona de Interesse, de Jonathan Glazer, Anatomia de Uma Queda, de Justine Triet, e Vidas Passadas, de Celine Song.

Além disso, estreias como O Menino e a Garça, de Hayao Miyazaki e Ferrari, de Michael Mann também poderão ser aproveitados pelo público.

A Semana do Cinema é organizada pela Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas (FENEEC) em parceria com a Associação Brasileira das Empresas Exibidoras Cinematográficas Operadoras de Multiplex (ABRAPLEX), e tem o intuito de democratizar o acesso à Sétima Arte.

Continue Lendo

Negócios

Fevereiro tem sabores de verão com desconto na Sodiê Doces

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O mês de fevereiro na Sodiê Doces traz uma explosão de sabores de verão com desconto. Nesta temporada ensolarada, os bolos de Abacaxi com Coco e À Francesa foram os escolhidos para fazerem parte da promoção Bolos do Mês.

O Abacaxi com Coco #37 é uma celebração ao frescor e leveza. Esse bolo é elaborado com massa branca que combina harmoniosamente mousse branca de abacaxi fresco e cocada. Sua cobertura traz marshmallow, coco ralado e cerejas.

Já o À Francesa #01 é uma tentação para os amantes de chocolate. Sua massa de chocolate é recheada com brigadeiro e cocada, e a cobertura é um espetáculo à parte, com mousse de chocolate, raspas de chocolate e calda, além das cerejas decorativas finalizando o bolo.

Além dos Bolos do Mês, a Sodiê Doces apresenta o Festival de Verão, que oferece uma variedade de sobremesas e bebidas geladas para refrescar os dias quentes. Entre as opções, destaque para a Soda Italiana nas versões de frutas vermelhas, maçã verde, limão siciliano e abacaxi, milk shakes nos sabores limão, maracujá, Nutella e Ovomaltine, e chás gelados de pêssego e limão.

A Sodiê Doces surpreende com mais de 80 sabores de bolos, incluindo 17 opções da linha Zero Açúcar e receitas caseiras. Além disso, oferece uma variedade de docinhos, tortas açucaradas, uma carta exclusiva de cafés e uma linha de salgados, tanto fritos quanto assados.

Em João Pessoa, a loja está localizada na Rua Deputado José Mariz 1.055, no bairro Tambauzinho (funcionamento: segunda a sábado 10h às 20h e domingo e feriados 10h às 18h).

Os pedidos podem ser feitos e retirados na lojas ou no aplicativo Sodiê Doces Oficial, disponível nos dispositivos IOS e Android e via delivery por Whatsapp (83)99110.4545 e/ou iFood. Mais informações: @sodiedoces.joaopessoa.

Sodiê Doces – A Sodiê Doces, maior franquia de bolo do país, possui atualmente 372 lojas abertas no Brasil e duas unidades na cidade de Orlando, nos EUA. Em seu cardápio há mais de 80 variedades de sabores, uma linha Zero Açúcar, bolos caseiros e a versão vegana. Os bolos são elaborados à base de pão de ló, matéria-prima de primeira qualidade e frutas frescas. Também fazem parte do cardápio os docinhos (tradicionais, finos, belgas e bombom), balas de coco e sua linha exclusiva de salgados (cuja sede fica em Boituva – SP). Mensalmente a marca traz os Bolos do Mês, com dois sabores, que ganham desconto especial em todas as unidades. A rede fechou 2023 com faturamento de 640 milhões de reais, registrando crescimento de 15% em comparação com 2022 (560 milhões de reais) e 30 novas unidades.

Site: www.sodiedoces.com.br

Continue Lendo