Nos acompanhe

Paraíba

Cartaxo entrega ampliação de escola e destaca prioridade dada à educação e à arte

Publicado

em

Um dia após receber o título da Unesco, que coloca João Pessoa na rota Mundial de Cidades Criativas em virtude do trabalho das artesãs do projeto Sereias da Penha, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, visitou, na manhã desta quarta-feira (1) o bairro da Penha para entregar a reestruturação e ampliação da Escola Municipal Antônio Santos Coelho Neto. Além de beneficiar os mais de 720 estudantes com um investimento superior a R$ 800 mil em diversas benfeitorias, a unidade de ensino ganhou uma creche com vagas para 150 alunos da Educação Infantil, que passará a funcionar a partir do início do ano letivo de 2018.

“João Pessoa foi abençoada com um título muito importante da Unesco, mostrando ao mundo que estamos trabalhando por uma cidade mais inclusiva, sustentável e que privilegia a arte popular e o artesanato e, agora, atendendo a uma demanda da comunidade, do Orçamento Participativo, dos professores, pais e alunos, estamos dando um novo padrão a esta escola. Ela foi totalmente reformada, ampliada com investimentos superiores a R$ 800 mil, para beneficiar mais de 720 alunos, deixando ela completamente pronta para uma nova creche que irá funcionar neste mesmo espaço, atendendo a mais 150 crianças. Só nos desenvolvemos a partir da educação e este investimento é mais uma demonstração do nosso compromisso”, afirmou Luciano Cartaxo.

A unidade já atende alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Além da ampliação para acolher 150 alunos da Educação Infantil, a escola ganhou um laboratório de informática com 15 novos computadores do Programa Geração Conectada – que está investindo R$ 3,3 milhões na expansão tecnológica da rede municipal com a compra de 2.200 novos computadores –, uma nova sala de áudio e vídeo, sala para equipamentos da banda marcial, escovódromo, a instalação de uma caixa d’água e novas instalações hidráulica e elétrica, para que a unidade possa receber climatização no próximo ano. Além disso, a Prefeitura Municipal de João Pessoa garantiu um segundo ônibus para realizar o tra nsporte escolar dos alunos que moram em comunidades carentes mais distantes da escola.

“A gestão do prefeito Luciano Cartaxo tem a sabedoria de ouvir a população nas reuniões do Orçamento Participativo e capacidade para atender ao que realmente interessa ao povo. Cada uma das demandas do pessoal da Penha sobre esta escola foi sendo concretizada, cada cantinho desta escola foi sendo humanizado. Não olhamos para trás, para o que deveria ter sido feito. Olhando pra frente, a gestão vai garantindo aos filhos da Penha uma escola mais acolhedora”, afirmou a secretária de Educação e Cultura, Edilma da Costa Freire.

A diretora da unidade de ensino, Rosilene do Bom Parto Ferreira, agradeceu pela reforma da escola e disse que ela era esperada pela comunidade escolar há mais de 20 anos. “A escola está alegre, todos que estão aqui sabem de tudo que já enfrentamos e de como ela está transformada a partir desta reestruturação. As crianças agora estão em um ambiente adequado e ficam mais atentas em sala de aula. Percebemos inclusive que o comportamento delas mudou. Só tenho a agradecer por este investimento porque tudo está melhor e mais seguro”, afirmou.

Artesanato e Arte popular – Acompanhado da primeira-dama, Maísa Cartaxo, do vice-prefeito Manoel Junior, de auxiliares da gestão municipal e do presidente Municipal do PSD, Lucélio Cartaxo, o prefeito visitou uma exposição permanente que fica na entrada da escola, “Penha: entre redes e promessas”. A exposição mostra a riqueza e referências culturais do bairro, a partir das perspectivas de artistas pessoenses e trabalhos de alunos da Escola Municipal Antônio Santos Coelho Neto, que produziram obras em diferentes estilos e técnicas, mostrando aspectos e detalhes do seu cotidiano e de seu patrimônio.

Esta riqueza cultural, expressa através da arte popular e do artesanato, sobretudo pelo trabalho do projeto ‘Sereias da Penha’, que tem Maísa Cartaxo como madrinha, foi o que levou João Pessoa a ser reconhecida pela Unesco, fazendo de João Pessoa a única cidade brasileira a ser reconhecida como Cidade Criativa no artesanato e arte popular. Desde esta terça-feira (31), a Capital paraibana está integrada a uma rede de cooperação internacional que traz mais visibilidade, credibilidade e mercado para diversas associações de artesãos da Capital.

Continue Lendo

Paraíba

TCE responsabiliza ex-prefeitos de Santa Rita por prejuízos de R$ 2.4 milhões aos cofres públicos

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas/PB, reunida em sessão ordinária híbrida, nesta quinta-feira (02), sob a presidência do conselheiro Fernando Catão, julgou irregulares – após análise de inspeção especial, várias obras de engenharia realizadas no município de Santa Rita em 2015, durante a gestão dos ex-prefeitos Reginaldo Pereira da Costa e Severino Alves Barbosa Filho. Eles foram responsabilizados por prejuízos aos cofres públicos na ordem de R$ 2.460.422,94, conforme o voto do relator, conselheiro Fábio Nogueira. Cabe recurso.

A inspeção especial no município de Santa Rita (proc. nº 08203/16), in loco, analisou os aspectos técnicos e financeiros que envolveram a execução de obras e serviços em reformas de escolas e creches da rede pública municipal, bem como drenagem, capeamento e recapeamento asfáltico em diversas ruas da cidade, incluindo na imputação os valores referentes à não comprovação da realização de controle tecnológico de concreto.

Os débitos apurados pelo órgão técnico do TCE e reiterados pelo Ministério Público de Contas foram atribuídos de forma individualizada a cada gestor, ou seja, ao ex-prefeito Reginaldo Pereira da Costa coube a responsabilização pelo montante de R$ 1.587.110,82. Para Severino Alves Barbosa Filho os prejuízos atingem a quantia de R$ 873.312,12. Os valores devem ser ressarcidos aos cofres públicos.

Denúncia – Os membros da Câmara julgaram procedente denúncia formulada por vereadores (proc. nº 16664/20), contra a ex-prefeita de Areia de Baraúna, Maria da Guia Alves, acerca de supostas irregularidades na realização de despesas com auxílio financeiro, referido em doações com base em lei municipal. Por falta de comprovação dos beneficiados, o órgão julgador responsabilizou a gestora e a ex-secretária de Assistência Social, Volffraniad Pinheiro Dias de Sá, pelo montante de R$ 195.211,84. Cabe recurso.

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas/PB é composta pelos conselheiros Fernando Rodrigues Catão (presidente), Fábio Túlio Nogueira, Antônio Gomes Vieira Filho e Renato Sérgio Santiago Melo (substituto). Em sua 2940ª sessão ordinária híbrida apreciou uma pauta de julgamento com 118 processos. Pelo Ministério Público de Contas atuou o procurador Marcílio Franca Filho.

Continue Lendo

Paraíba

Bruno Cunha Lima revela disposição para apararar arestas com vice-governador Lucas Ribeiro

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, afirmou, na tarde desta terça (02/02), em entrevista ao Correio Debate, que irá buscar o Governo do Estado para firmar parcerias em benefício da cidade. O gestor municipal destacou que está em busca de audiência para debater a proposta de um polo logístico para a região.

Em bora tenha sido oposição durante o período eleitoral, o prefeito destacou que o momento é de trabalho e união. “Por parte da prefeitura sempre houve ponte. Nós sempre estivemos abertos e vamos continuar abertos. Até porque todos os municípios precisam de parceria. Infelizmente, nunca houve ponte de lá pra cá”, afirmou Bruno.

Uma audiência já está sendo buscada pela prefeitura de Campina. “A gente vai propor audiência com o governo para apresentar uma proposta de polo logístico para Campina Grande”, revelou.

Confira áudio

Continue Lendo

Paraíba

Camila diz que não é hora de discutir 2024, mas revela desejo de disputar a prefeitura de Guarabira

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A deputada Camila Toscano revelou, na tarde desta quinta-feira (02/02), desejo em disputar a prefeitura de Guarabira em 2024. Em entrevista ao Correio Debate, Camila afirmou que é um “sonho” ser eleita prefeita e sentar na mesma cadeira que seu pai, Zenóbio Toscano (in memoriam) já sentou.

“Não tem como não pensar, é um sonho”, afirmou Camila.

A deputada ponderou ao afirmar que momento é de trabalho, mas que já pensa sobre as eleições municipais. “Seria uma honra ser escolhida pelo povo de Guarabira.”, enfatizou.

Confira áudio

Continue Lendo