Nos acompanhe

Notícias

Prefeito de João Pessoa acompanha primeiro dia de ações do Programa Amigos da Praia

Publicado

em

O programa Amigos da Praia mobilizou a população que frequenta a orla de Tambaú e Cabo Branco, no sábado (14), com o lançamento da edição 2023 da ação de educação ambiental. O prefeito Cícero Lucena participou da abertura da iniciativa e convocou a população para adotar hábitos de preservação do meio ambiente.

“Ser gestor é cuidar da rotina, da limpeza no dia a dia. Estamos vivendo um novo momento na cidade de João Pessoa, principalmente pelo crescimento turístico. Desta forma, é importante levar aos moradores e aos visitantes o quanto é importante manter a cidade limpa, por questão ambiental e de saúde. A Emlur vem fazendo esse trabalho com muita capacidade e competência”, disse o prefeito.

Cícero Lucena destaca o trabalho de conscientização a partir da musicalidade, com a apresentação do grupo de percussão da Emlur, Baticumlata, que utiliza materiais reciclados para produzir música. “A soma das ações de cuidado com a cidade faz com que João Pessoa torne-se um destino que o Brasil e o mundo querem conhecer, o que proporciona emprego e distribuição de renda, principalmente no setor do turismo”, complementa.

Durante o evento, a população recebeu orientações sobre o correto descarte de resíduos e outras ações de preservação do meio ambiente. O professor Jailson Cavalcanti, natural de Monteiro, está passando o final de semana em João Pessoa e recebeu o trabalho da equipe ambiental da Emlur. “Nós estamos recolhendo o lixo que produzimos, como amendoim e latinha de refrigerante. Acho que todos deveriam ter esse compromisso”, comenta, parabenizando o trabalho da Prefeitura. Nos próximos finais de semana, o Amigos da Praia vai ocorrer nas orlas de Manaíra, Bessa e Seixas.

Amigos da Praia – O programa é realizado pela Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente (Semam) e com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Secretaria de Turismo (Setur) e Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob).

O superintendente da Emlur, Ricardo Veloso, destaca o cuidado com as praias da Capital. “Fomos contemplados com o título de ter uma das praias mais limpas do país. Queremos preservar o bioma e cuidar da cidade. Não há como se falar em meio ambiente, sem limpeza. E para que a limpeza seja efetiva, é preciso ter o envolvimento da sociedade”.

O secretário de Meio Ambiente, Welison Silveira, afirma que a realização do programa no verão proporciona alcançar um número maior de turistas e dos moradores de João Pessoa que estão de férias. “O objetivo é despertar a consciência ambiental, mostrando a necessidade de preservação do meio ambiente. Queremos praias mais limpas e cidades mais sustentáveis”.

A pedagoga gaúcha Ana Clássimo, está em João pessoa pela terceira vez e elogia a limpeza da cidade. “Conheço todas as praias do Nordeste, mas sempre volto a João Pessoa. A praia é limpa, agradável e é diferente das demais. O povo é alegre, eu amo estar aqui”, comenta. Ela ainda dá o exemplo de visitante que cuida cidade. “Não vim de longe para deixar sujeira aqui não”, disse, em tom de brincadeira.

Mais resíduos – Conforme o superintendente executivo da Emlur, Igo Morais, o maior volume de pessoas nas praias durante o verão acarreta na maior produção de resíduos. “Os agentes participantes do programa orientam as pessoas a acondicionarem as embalagens de comida e bebidas consumidas enquanto estão na praia. Mas além do acondicionamento, é preciso descartar nos locais corretos. Para isto, há as papeleiras instaladas na faixa de areia e na calçadinha da orla. Se o banhista deixar a sacola na areia, vai poluir a vida marinha, quando a maré subir”.

A Semam instalou Tenda Verde e distribuiu mudas de árvores nativas à população. As equipes da Educação Ambiental da Secretaria prestaram informação sobre os cuidados com a preservação da vegetação fixadora de dunas, que é área protegida pela legislação ambiental, bem como sobre o cuidado com os resíduos.

ONGs – O trabalho realizado pela Prefeitura de João Pessoa é apoiado por organizações não-governamentais (ONGs). São elas: Peixes da Caatinga, Guajiru – Ciência, Educação e Meio Ambiente e Inpact Pesquisa e Ação. Também apoiam o programa a empresa Aquário Paraíba e o Grupo de Escoteiros Gemar Galé.

Continue Lendo

Negócios

Caixa Econômica Federal realiza leilões de 14 imóveis na Paraíba; veja como participar

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A Caixa Econômica Federal (CEF) realizará leilões online de 14 (quatorze) imóveis localizados na Paraíba. O primeiro e o segundo estão agendados para os dias 06 e 15 de março, respectivamente, às 10h.

Os interessados poderão utilizar recursos do FGTS ou de financiamento da própria Caixa para arrematar o imóvel desejado, porém, as condições de enquadramento a fim de obter a aprovação do crédito devem ser consultadas antes da participação nos eventos e podem variar de acordo com imóvel disponível.

Os possíveis compradores devem passar por um processo de habilitação prévia no site do leiloeiro para participar e, também, efetuar cadastro no site da Caixa para conseguir acessar a área do cliente.

Além dos 14 (quatorze) na Paraíba, outros 271 (duzentos e setenta e um) imóveis também estão disponíveis para serem adquiridos através dos mesmos leilões. No total, 175 (cento e setenta e cinco) são apartamentos, 97 (noventa e sete) são casas e 13 (treze) são terrenos. Confira:

Alagoas (2), Bahia (3), Ceará (7), Espírito Santo (6), Goiás (36), Mato Grosso (7), Mato Grosso do Sul (3), Minas Gerais (39), Pará (8), Paraná (15), Pernambuco (16), Piauí (7), Rio Grande do Norte (7), Rio Grande do Sul (25), Rondônia (2), Rio de Janeiro (19), Santa Catarina (12), São Paulo (52 imóveis), Sergipe (3) e Tocantins (2).

Clique aqui ou aqui para conferir o edital e todos os detalhes sobre os imóveis e pré-requisitos para participação nos leilões.

Continue Lendo

Paraíba

Novas Carteiras de Estudante de 2024 passam a ser emitidas em todo o Estado da Paraíba

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Após os Procons de Campina Grande e João Pessoa liberarem o processo de renovação da Carteira de Estudante, a Autarquia de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor da Paraíba (Procon-PB), autorizou, por meio da habilitação das Entidades Estudantis publicada no Diário Oficial desta sexta (23), a emissão dos novos documentos válidos para 2024. No total, oito entidades foram habilitadas e poderão emitir a Carteira de Estudante em todo o Estado da Paraíba, sendo elas:

Secundaristas
União Estadual dos Estudantes da Paraíba – UEEP
União dos Estudantes Secundaristas da Paraíba – UESP
Associação dos Estudantes Secundaristas da Paraíba – AESP

Universitárias
CUC – Conselho Universitário de Carteiras
Diretório Central dos Estudantes – DCE IFPB
Diretório Central dos Estudantes – DCE da Faculdade Maurício de Nassau
Diretório Central dos Estudantes – DCE UNIFIP
Diretório Central dos Estudantes – DCE UFPB

O Procon ressalta ainda que os estudantes devem procurar as entidades correspondentes ao seu grau de ensino, os alunos secundaristas só poderão confeccionar pelas entidades citadas acima (AESP, UEEP e UESP), e os alunos de curso superior pelos diretórios da sua instituição.

Para solicitar a Carteira de Estudante é preciso se dirigir aos postos de atendimento no Shopping Tambiá, em João Pessoa, e no Terminal de Ônibus de Campina Grande, ou ainda de forma online através do site www.estudante10.com.br.

Meia-passagem Intermunicipal – As entidades secundaristas habilitadas pelo Procon-PB, a UEEP, UESP e AESP garantem o direito ao benefício da meia-passagem intermunicipal, além de outros benefícios como a meia-entrada, estando também habilitadas pelo Procon de João Pessoa, garantindo, assim, a meia-passagem local, o passe legal.

As carteiras são fundamentais para que os estudantes possam usufruir de benefícios e descontos garantidos por lei.

Continue Lendo

Brasil

Imprensa nacional relembra escândalo e critica presença de Santiago na posse de Cappelli

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A imprensa nacional relembrou escândalo envolvendo o nome do deputado federal paraibano licenciado Wilson Santiago (Republicanos) e criticou a presença dele na cerimônia de posse de Ricardo Cappelli na Presidência da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

Na matéria publicada pela Folha, nesta sexta-feira (23/02), o escândalo do desvio de verbas públicas de obras contra a seca registrada no Sertão da Paraíba, e o suposto envolvimento de Santiago, foram lembrados. Bem como as articulações para nunca ter sido julgado de fato.

Confira a íntegra da matéria publicada no texto logo baixo ou clicando aqui:

Envolvido em escândalo de desvio de verba contra a seca comparece a posse de Cappelli

Envolvido em escândalo de desvio de verbas públicas de obras contra a seca no sertão da Paraíba, o secretário de Representação Institucional do governo paraibano, Wilson Santiago (Republicanos), participou da posse de Ricardo Cappelli como presidente da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial).

Santiago, que se licenciou em janeiro como deputado federal para assumir o cargo no governo estadual, chegou ao Ministério do Planejamento quando o evento já havia começado e ficou até o último discurso, feito pelo vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB).

Em 2019, Santiago teve o mandato suspenso por ordem do STF (Supremo Tribunal Federal) em meio a investigações de desvio de verbas públicas de obras contra a seca no sertão da Paraíba.

A representação ficou parada por mais de dois anos na Mesa Diretora da Casa até que o processo fosse aberto. Até o final da legislatura passada, o parecer preliminar, elaborado pelo deputado Alexandre Leite (União Brasil-SP), não foi apreciado pelo colegiado.

Mesmo após o escândalo, Santiago postou vídeo pedindo que o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) liberasse verbas para trecho de uma obra em que ele é acusado de receber R$ 1,2 milhão em propina.

Continue Lendo