Nos acompanhe

Paraíba

Deu na Globo News: João Pessoa é a 4ª Capital mais violenta do Brasil

Publicado

em

A informação nem chega surpreender, afinal, o cidadão paraibano, especialmente o pessoense, que enfrenta a violência todos os dias, sabe de sua perversidade. Não há rigorosamente ninguém no Estado que não tenha uma história de violência pra contar, envolvendo a si próprio, um amigo ou um parente. Por isso, os dados do Mapa da Violência por armas de fogo divulgados pela Globo News não foi novidade, segundo Helder Moura.

Apenas a constatação de que João Pessoa, onde se registraram 60,2 homicídios por grupo de 100 mil pessoas, ao longo de 2016, superou São Paulo (10,2 mortes por 100 mil habitantes) e Rio de Janeiro (13,6 assassinatos), que se apresentam no imaginário do brasileiro como Estados violentos, na verdade foram largamente ultrapassados pela Paraíba, que vem em 4º no ranking.

O Estado perde apenas para Fortaleza (81,5 mortes), Maceió (73,7) e São Luís (67,1), que lideram o ranking ao lado da Paraíba. Os dados são do Mapa da Violência produzido pelo Ministério da Justiça e da Saúde.

Continue Lendo

Paraíba

Xenofobia: Presidente do Botafogo-PB afirma que jogador Léo Campos não deve permanecer no time

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Após caso de suposta xenofobia que envolve a noiva do jogador Léo Campos, o presidente do Botafogo da Paraíba, Alexandre Cavalcanti, afirmou que jogador não deve mais permanecer no time, embora tenha considerado que ele não deve ser responsabilizado pelas declarações da noiva.

Em entrevista ao site Click PB, o presidente afirmou que “Não tem mais clima para Léo Campos permanecer aqui”. O jogador foi liberado pelo time por alguns dias e que amanhã ele se reunirá com a diretoria do clube, quando serão tomadas todas as decisões relativas ao futuro do atleta e sua permanência ou não no time.

O dirigente afirmou ainda que caso o jogador não permaneça no time, toda a negociação deve ocorrer de maneira amigável e consensual. “O time não tem como puní-lo. Ele nem estava em casa quando o fato aconteceu”.

O presidente do Belo destacou, ainda, a intolerância com relação ao caso. “As pessoas estão combatendo intolerância com intolerância. Eu nunca vi um negócio desses, é inimaginável”, destacou.

A polêmica envolvendo a noiva do lateral-esquerdo começou após sua esposa, Adriana Borba, compartilhar um vídeo nas redes sociais onde debocha do sotaque e dos costumes nordestinos. O caso causou bastante indignação na população local e os torcedores do clube, inclusive, foram às redes sociais pedir a saída do atleta.

 

Continue Lendo

Paraíba

Realização de matrículas de novatos na Rede Municipal de Ensino de Campina se encerra amanhã

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Encerram-se amanhã, 31 de janeiro, as matrículas para novatos na Rede Municipal de Ensino de Campina Grande. O processo teve início no último dia 16 de janeiro e segue oferecendo ao todo 8.279 vagas destinadas apenas para os novatos. São 6,718 direcionadas ao Ensino Fundamental I e II e ao Ensino de Jovens e Adultos (EJA), e 1,561 disponibilizadas para o ensino infantil.

Segundo o calendário pedagógico, o ano letivo de 2023 será iniciado em 13 de fevereiro. Este ano, a Seduc inicia a distribuição do novo fardamento escolar, composto por camisa, short e tênis. Além de todo o material didático que será distribuído para todos os estudantes matriculados nas escolas e creches do Município, acompanhado de mochila e estojo.

Matrículas

Para realizar a matrícula, pais, responsáveis legais ou o próprio estudante, no caso do EJA, devem procurar a unidade de ensino com toda a documentação necessária para efetivar a matrícula.

Documentos necessários:

– Cópia da Certidão de Nascimento/Certidão de Casamento;
– Carteira de vacinação ou Atestado atualizado;
– 02 fotos 3×4;
– Cópia de comprovante de Guarda ou Tutela (se for o caso);
– Cópia do comprovante de residência;
– Cartão SUS;
– Cartão Saúde de Verdade;
– Cartão Auxílio Brasil;
– Número do NIS do estudante;
– CPF e Identidade do estudante;
– Cópia do laudo médico para estudantes com deficiência referente à Classificação Internacional de Doença (CID).

Continue Lendo

Paraíba

Prefeitura de Cabedelo convoca ambulantes interessados em trabalhar durante os festejos de Carnaval

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Portos (SEICOP), inicia, nesta terça-feira (31), o cadastro de ambulantes interessados em trabalhar durante as festividade de Carnaval na cidade, que acontecem entre os dias 16 e 21 de fevereiro.

As solicitações devem ser feitas no Centro de Capacitação, localizado à Rua Ismael Farias S/N, Centro, das 9h às 14h. Estão sendo oferecidas, no total, 100 vagas, sendo 76 para carrinhos ( Isopor, Caipifruta e Churrasquinho); e 24 para Comidas e Bebidas. As inscrições seguem até o preenchimento total das vagas disponíveis.

Para se cadastrar, os interessados devem apresentar documento com foto e participarem dos cursos obrigatórios de Manipulação de Alimentos e Primeiros Socorros, que serão ofertados pela Prefeitura.

Os ambulantes que não se cadastrarem terão sua mercadoria apreendida e recolhida durante os dias de festejos.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (83)3250.3298 (whatsapp).

Carnaval – A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), preparou uma programação diversificada, que terá início no dia 16 de fevereiro, com blocos de rua e shows de bandas locais e nacionais na Praia do Miramar

Dentre as atrações nacionais confirmadas, estão a banda Babado Novo e o cantor Reinaldinho (ex-Terra Samba), que vão animar os foliões nos dias 17 e 21 de fevereiro, respectivamente, abrindo e fechando a programação dos shows.

Além deles, a festa também será animada por Ramon Schnnayder, Tracundum, Beto Movimento, James Souza, Bereguedê, Myra Maia, Capilé e Stylo Ousado; e pelos já tradicionais e aguardados blocos de ruas.

O Carnaval em Cabedelo tem como objetivo principal o fortalecimento, potencialização e a promoção da tradição dos eventos carnavalescos que aconteciam na Cidade na década de 90 e que potencializavam a cultura e a economia local, através do fortalecimento da identidade local e do turismo de eventos.

Continue Lendo